Quem é MEI tem direito às parcelas do seguro-desemprego? Confira

De acordo com o governo federal, MEI pode solicitar e receber o seguro-desemprego. No entanto, é preciso cumprir alguns critérios.

O seguro-desemprego é pago para trabalhadores formais demitidos sem justa causa. Algumas dessas pessoas, porém, possuem o registro microempreendedor individual (MEI). Quando uma pessoa com carteira assinada, que tenha MEI, perde o emprego ela pode solicitar as parcelas?

continua depois da publicidade

A resposta oficial do governo federal é sim. No entanto, por ter esse cadastro, o Ministério do Trabalho e Previdência explica que o sistema entende que o cidadão possui renda. Dessa forma, o benefício é bloqueado.

Mas é preciso ficar atento, porque existem alguns critérios que permitem a liberação do seguro-desemprego para quem é MEI. São eles:

  • Renda mínima: o trabalhador não pode ter renda igual ou superior a um salário mínimo vigente durante o recebimento das parcelas;
  • MEI inativo: é possível entrar com recurso administrativo comprovando a situação para conseguir o pagamento.

Seguro-desemprego para MEI: como entrar com recurso

Interessados em entrar com recurso para conseguir o benefício, devem:

continua depois da publicidade
  1. acessar o portal Gov.BR;
  2. Rolar a página, encontrar o link "Cadastrar recurso relativo ao seguro-desemprego" e selecionar;
  3. Clicar no botão verde "iniciar" e seguir os passos.

Outra forma de entrar com recurso para conseguir o seguro-desemprego mesmo sendo MEI é pelo aplicativo Sine-Fácil. Nesse caso, é necessário já ter solicitado o benefício. Então, você deve:

  1. Entrar no app (Android e iOS) e ir em “Seguro-Desemprego".
  2. Em seguida, clicar na opção “Consultar Seguro-Desemprego”.
  3. Acessar a página de "Requerimento".
  4. Ir na função “Notificações” e conferir porque as parcelas do seguro-desemprego estão bloqueadas;
  5. Selecionar a opção “Recurso” e clicar em “Cadastrar Recurso”;
  6. Preencher o campo “Justificativa”, explicando que o MEI está inativo;
  7. Clicar em “Enviar”.
  8. Anexar as cópias dos documentos que possam embasar a sua justificativa para a solicitação de recurso;
  9. Confirmar o pedido de recurso e seguir as instruções da plataforma.

Então, basta aguardar a resposta da sua solicitação, lembrando também do critério de renda mínima citado acima.

continua depois da publicidade
Leia também

Concursos em sua
cidade