CadÚnico: como se inscrever e saber se já está incluído na base de dados?

CadÚnico é uma base de dados do governo que aponta quais programas e assistências devem ser ofertados aos cidadãos.

O CadÚnico (Cadastro Único) é uma das principais formas de se obter benefícios do governo federal. Programas como Bolsa Família e Casa Verde e Amarela são vinculados ao sistema. Confira como se inscrever e saber se já está ou não fazendo parte do registro.

Vale ressaltar que o Cadastro Único foi criado pelo governo federal com o objetivo de registrar as pessoas consideradas vulneráveis socioeconomicamente ou que precisam de alguma assistência. Assim, com a base de dados, o governo consegue oferecer o programa mais adequado possível.

Como se inscrever no CadÚnico

Para se inscrever no CadÚnico, o interessado deve se deslocar até o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do seu município. É preciso que a pessoa responsável pelo registro leve seu CPF ou Título de Eleitor. Além disso, é necessário estar com algum documento dos familiares. Para os membros da família, são aceitos:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (pessoas de origem indígena).

Como saber se estou inscrito no CadÚnico:

Para saber se você está ou não inscrito no CadÚnico, existem três opções. A primeira é pelo site do governo federal. A segunda é por meio de ligação gratuita para o número 0800 707 2003, central de atendimento da Caixa Econômica Federal.

Ainda existe a alternativa de baixar o aplicativo do Cadastro Único (disponível para Android e iOS). É necessário fazer o login e informar a senha. Caso a pessoa não tenha conta, basta criar uma nova.

Benefícios do Cadastro Único

Confira a seguir os benefícios que estão atrelados ao CadÚnico (Cadastro Único):

  • Programa Bolsa Família (futuro Auxílio Brasil);
  • Programa Minha Casa, Minha Vida (atual Casa Verde e Amarela);
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI;
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para Pessoas com Deficiência (PcD);
  • Isenção de taxas em concursos públicos (conforme a lei).

Leia também

você pode gostar também