Cadastro no Auxílio Brasil será feito pelo CadÚnico; veja como atualizar e se cadastrar

Auxílio Brasil será o substituto do Bolsa Família e contará com mais pessoas inclusas.

A criação do Auxílio Brasil foi anunciada pelo governo federal em agosto de 2021. O programa será o substituto do Bolsa Família e contará com mais pessoas inclusas. Além disso, o governo pretende subir os valores dos repasses e ofertar mais benefícios.

continua depois da publicidade

Apesar do anúncio do programa ter sido feito, o governo federal ainda não chegou a um consenso sobre os valores do repasse. O Ministério da Economia trabalha com pagamentos de R$ 300. No entanto, existem dificuldades em encontrar os recursos necessários para os depósitos. Ao mesmo tempo, o presidente Jair Bolsonaro chegou a ventilar a possibilidade do valor ser superior a R$ 300.

Como confirmar cadastro e fazer inscrição no Auxílio Brasil

Como o Auxílio Brasil é o substituto do Bolsa Família, será necessário que o interessado esteja regularizado no Cadastro Único (CadÚnico) e deve estar em situação de pobreza ou extrema pobreza, conforme os critérios do programa.

Caso o interessado não faça parte do CadÚnico, é possível se registrar. Para isso, é necessário ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou posto de atendimento do Cadastro Único da sua cidade. No local, é preciso estar com o CPF ou Título de Eleitor próprio e um dos seguintes documentos para os demais membros da família:

continua depois da publicidade
  • CPF;
  • RG;
  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani), para indígenas.

No CRAS ou no posto de atendimento, um funcionário público fará todos os procedimentos legais e depois informará a situação. Atualmente, a fila do Bolsa Família é de cerca de 1,2 milhão de pessoas.

Como consultar a inscrição no Cadúnico

Se você já está inscrito no Cadastro Único é possível verificar seus dados e atualizá-los por meio do aplicativo “Meu CadÚnico” (iOS ou Android). Lá ainda é possível tirar dúvidas e ver diversos detalhes sobre o CadÚnico.

continua depois da publicidade

A Caixa Econômica Federal, responsável pelos repasses do Bolsa Família, possui um número de telefone gratuito. Basta ligar para 0800 707 2003 de qualquer local do país.

Leia também

você pode gostar também

BPC: saiba como atualizar cadastro para não perder o benefício

Para não perder o BPC, os inscritos no programa devem realizar a atualização cadastral até o prazo estabelecido pelo governo. Saiba mais.

Calendário Bolsa Família de setembro: confira as datas atualizadas

Bolsa Família de setembro tem pagamentos médios de R$ 686,89. Famílias que se encaixam na regra de proteção recebem apenas parte do benefício.

Bolsa Família: nova regra pode barrar a inclusão destes beneficiários

Bolsa Família de setembro incluiu 550 mil novos beneficiários. No entanto, nova regra do governo federal pode impedir o aumento de algumas famílias no programa.

NOVO auxílio de R$ 1,3 mil é aprovado em Comissão da Câmara

A ideia seria de fornecer a assistência em cinco parcelas diferentes, possivelmente pagas de mês em mês. Saiba mais detalhes.

INSS: veja 17 doenças que dão direito à aposentadoria por invalidez

A aposentadoria por invalidez é garantia aos segurados do INSS que precisem ser afastados do trabalho por incapacidade permanente, sem possibilidade de reabilitação.

Estudantes inscritos no Bolsa Família poderão ter novo benefício em 2023

O projeto de lei, com nº 781/23, prevê a inclusão do programa "Meu Cantinho de Aprovação" no Bolsa Família. Confira as regras.