Calendário do Auxílio Emergencial: confira datas atualizadas (5ª, 6ª e 7ª parcelas)

Caixa disponibilizou todas as novas datas do calendário auxílio emergencial, que são referentes à quinta, sexta e sétima parcelas.

Calendário das parcelas 5, 6 e 7 do auxílio emergencial foi liberado pela Caixa, com pagamentos que variam entre R$ 150 e R$ 375. De acordo com o governo, haverá transferência de sete parcelas até o final do programa.

Leia também

Os depósitos da 5ª parcela para quem não faz parte do Bolsa Família começaram a ser feitos no dia 20 de agosto de 2021. Já os saques serão liberados em momento posterior (a partir de 1º de setembro), no sentido de evitar aglomerações. Os prazos são escalonados conforme o mês de aniversário dos beneficiários.

Em relação aos beneficiários do Bolsa Família, o calendário do auxílio emergencial continuará seguindo as datas habituais do respectivo programa. Ou seja, sempre nos últimos 10 dias úteis de cada mês, tendo em vista o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

A quinta parcela do auxílio emergencial para Bolsa Família, por sua vez, já começou a ser feita e vai até o dia 31 de agosto. Para esse público em específico, será possível fazer saque e transferência no mesmo dia previsto para os depósitos em contas poupança.

Inicialmente, a ideia era de conceder quatro parcelas do programa para todos os contemplados, conforme calendário auxílio emergencial 2021. Entretanto, o governo anunciou uma nova prorrogação do auxílio emergencial no dia 05 de julho, com mais três pagamentos.

O programa, dessa forma, terá sete parcelas no total, sendo a última prevista para ser paga em outubro deste ano de 2021. No dia 12 de agosto de 2021, a Caixa disponibilizou todas as novas datas do calendário auxílio emergencial, que são referentes à quinta, sexta e sétima parcelas.

“Presidente Bolsonaro prorroga por três meses pagamento do Auxílio Emergencial 2021 à população de baixa renda afetada pelo Covid-19 [sic]. Pagamento será possibilitado por meio de MP que abre crédito extraordinário em favor do Ministério da Cidadania”, comunicou a Secretaria-Geral da Presidência da República.

Calendário auxílio emergencial 2021: veja as datas atualizadas de pagamentos

Calendário auxílio emergencial 2021: 5ª parcela

Veja calendário auxílio emergencial referente à quinta parcela do benefício em 2021:

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro20/0801/09
Fevereiro21/0802/09
Março21/0803/09
Abril22/0806/09
Maio24/0809/09
Junho25/0810/09
Julho26/0813/09
Agosto27/0814/09
Setembro28/0815/09
Outubro28/0816/09
Novembro29/0817/09
Dezembro31/0820/09

Calendário auxílio emergencial: 6ª parcela

Veja calendário auxílio emergencial referente à sexta parcela do benefício em 2021:

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro21/0904/10
Fevereiro22/0905/10
Março23/0905/10
Abril24/0906/10
Maio25/0908/10
Junho26/0911/10
Julho28/0913/10
Agosto29/0914/10
Setembro30/0916/10
Outubro01/1018/10
Novembro02/1019/10
Dezembro03/1019/10

Calendário auxílio emergencial: 7ª parcela

Veja calendário auxílio emergencial referente à sétima e última parcela do benefício em 2021:

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro20/1001/11
Fevereiro21/1003/11
Março22/1004/11
Abril23/1005/11
Maio23/1009/11
Junho26/1010/11
Julho27/1011/11
Agosto28/1012/11
Setembro29/1016/11
Outubro30/1017/11
Novembro30/1018/11
Dezembro31/1019/11

Calendário auxílio emergencial 2021: 5ª parcela para Bolsa Família

Para Bolsa Família, Caixa começou a pagar a 5ª parcela do auxílio emergencial no dia 18 de agosto de 2021.

Número final do NISDatas de pagamento
NIS 118 de agosto de 2021
NIS 219 de agosto de 2021
NIS 320 de agosto de 2021
NIS 423 de agosto de 2021
NIS 524 de agosto de 2021
NIS 625 de agosto de 2021
NIS 726 de agosto de 2021
NIS 827 de agosto de 2021
NIS 930 de agosto de 2021
NIS 031 de agosto de 2021

Calendário auxílio emergencial 2021: 6ª parcela para Bolsa Família

Para Bolsa Família, Caixa começará a pagar a 6ª parcela do auxílio emergencial no dia 17 de setembro de 2021. Veja calendário auxílio emergencial para esse público:

Número final do NISDatas de pagamento
NIS 117 de setembro de 2021
NIS 220 de setembro de 2021
NIS 321 de setembro de 2021
NIS 422 de setembro de 2021
NIS 523 de setembro de 2021
NIS 624 de setembro de 2021
NIS 727 de setembro de 2021
NIS 828 de setembro de 2021
NIS 929 de setembro de 2021
NIS 030 de setembro de 2021

Calendário auxílio emergencial 2021: 7ª parcela para Bolsa Família

Para Bolsa Família, Caixa começará a pagar a 7ª parcela do auxílio emergencial no dia 18 de outubro de 2021. Acompanhe o calendário de pagamentos do auxílio emergencial:

Número final do NISDatas de pagamento
NIS 118 de outubro de 2021
NIS 219 de outubro de 2021
NIS 320 de outubro de 2021
NIS 421 de outubro de 2021
NIS 522 de outubro de 2021
NIS 625 de outubro de 2021
NIS 726 de outubro de 2021
NIS 827 de outubro de 2021
NIS 928 de outubro de 2021
NIS 029 de outubro de 2021

Leia também


você pode gostar também

Auxílio-inclusão de R$ 606 passa a ter novas regras; veja quem pode pedir

Portaria autorizou a adição de mais pessoas no auxílio-inclusão de R$ 606. Confira quem poderá ser beneficiado com o repasse.

Quem tem depressão pode receber o auxílio-doença em 2022? Veja regras

Segurados do INSS que precisarem ser afastados do trabalho temporariamente em razão de doença têm direito ao auxílio-doença.

Auxílio Brasil de R$ 600: veja calendário com últimos lotes de agosto

Auxílio Brasil de R$ 600 foi antecipado no mês de agosto. Por isso, os repasses já estão próximos do fim. Confira quem ainda recebe.

Empréstimo Auxílio Brasil: 17 bancos vão oferecer crédito; veja prazo para pedir

Milhões de pessoas poderão solicitar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil. Diversas instituições financeiras já estão inscritas para oferecer o crédito.

Auxílio-doença do INSS 2022: veja valor e como solicitar o benefício

O benefício pode ser solicitado pelo site, através do aplicativo do Meu INSS ou diretamente pelo telefone, após avaliação médica e social com profissionais do instituto.

Quem pode obter inscrição no CadÚnico? Veja regras atualizadas

Famílias de baixa renda que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou até 3 salários mínimos de renda mensal total devem estar inscritas no projeto.