Veja os 10 países com os salários mais altos do mundo em 2023

Em quais países ao redor do globo, você ganha mais dinheiro trabalhando? Confira a lista dos salários mais altos do mundo a seguir.

Se você está em busca de novas oportunidades profissionais no exterior, pode começar pesquisando quais são os países com os salários mais altos do mundo em 2023.

continua depois da publicidade

O mercado de trabalho internacional tem experimentado um crescimento significativo na economia atual, proporcionando cada vez mais oportunidades profissionais lucrativas. Veja onde é possível ganhar bem, fora do Brasil, a seguir.

Países com os salários mais altos do mundo

1. Luxemburgo

Leia também

Luxemburgo, uma nação minúscula com uma população de 640 mil habitantes, destaca-se como um dos países mais ricos e bem remunerados do mundo. Os salários médios dos trabalhadores atingem cerca de 68.000 dólares, os mais altos globalmente.

Assim como a Suíça, Luxemburgo não tem acesso ao mar, e a maioria de seus cidadãos fala pelo menos dois idiomas. As principais indústrias incluem finanças, aço, mineração, telecomunicações e turismo.

continua depois da publicidade

2. Islândia

Apesar de ser uma das nações mais pequenas, com uma população de cerca de 372 mil habitantes, a Islândia é também um dos países mais caros do mundo.

O país destaca-se por sua indústria turística florescente, beleza natural, águas termais, vulcões e balneários. Além disso, a Islândia lidera mundialmente no uso de energia geotérmica e hidrelétrica.

3. Suíça

Com uma população de 8,3 milhões de pessoas, a Suíça é uma nação próspera que oferece alguns dos salários mais altos do mundo, ultrapassando os 66.000 dólares anuais para o trabalhador médio.

continua depois da publicidade

Destaca-se em setores como finanças, chocolates, eletrônicos, produtos farmacêuticos, relógios e turismo. Muitas das principais empresas multinacionais têm sede na Suíça, mas a migração para lá pode ser um desafio para cidadãos da UE e estrangeiros.

4. Estados Unidos

A economia dos Estados Unidos é altamente desenvolvida e diversificada, desempenhando um papel importante em vários setores internacionais. O país é conhecido pelo seu sistema de imigração, atraindo talentos de todo o mundo e alcançando a excelência em diversas áreas profissionais.

Com setores como aeroespacial, engenharia, mineração, manufatura automotiva e agricultura em destaque, encontrar emprego nos EUA é relativamente fácil para cidadãos americanos ou aqueles com visto de trabalho correspondente.

continua depois da publicidade

5. Dinamarca

Assim como outros países escandinavos, a Dinamarca possui um elevado padrão de vida, acompanhado por remunerações que acompanham este ritmo.

O salário médio dos dinamarqueses ultrapassa os 57.000 dólares anuais, com uma mão de obra fortemente sindicalizada garantindo os direitos dos trabalhadores e trabalhos justos.

As principais indústrias dinamarquesas incluem mineração, metais, alimentos e bebidas, transporte, móveis, construção naval e produtos farmacêuticos. Apesar de ser uma nação relativamente pequena, as oportunidades de emprego podem ser limitadas para estrangeiros.

6. Países Baixos

Os Países Baixos sempre se destacaram pelo alto padrão de vida, com pesquisas indicando que os holandeses estão satisfeitos com suas vidas devido ao excelente sistema de saúde, escolas e uma população predominantemente multilíngue.

As principais indústrias incluem agricultura e pesca excepcionais, engenharia elétrica e mecânica avançada, produtos farmacêuticos, turismo e microeletrônica.

7. Alemanha

A Alemanha possui a maior economia da Europa e é uma das nações mais desenvolvidas e ricas do mundo. Com uma renda per capita de cerca de 56.000 dólares, o país destaca-se por sua sólida infraestrutura, sistema educacional bem desenvolvido e distribuição equitativa de riqueza. As indústrias lucrativas incluem farmacêutica, saúde, manufatura, turismo, transporte e agricultura.

8. Bélgica

A Bélgica sempre foi famosa por seus elevados padrões de vida e educação. Com uma população predominantemente bilíngue ou trilíngue, o país se destaca em setores como cerveja, chocolates, transporte, engenharia, montagem de automóveis, instrumentos científicos, têxteis e turismo.

O salário médio dos belgas é um pouco mais de 55.000 dólares anuais, e conseguir emprego, especialmente para estrangeiros, pode exigir um visto de trabalho da UE.

9. Austrália

A Austrália, conhecida por sua vida selvagem única e paisagens impressionantes, oferece salários médios anuais superiores a 54.000 dólares por ano, mesmo para trabalhadores não qualificados.

O país possui uma indústria turística em ascensão, serviços financeiros bem desenvolvidos, além de setores de aço, equipamentos industriais e minerais. A imigração para a Austrália é rigorosa, aceitando apenas trabalhadores qualificados.

10. Noruega

Por fim, a Noruega, considerada um dos lugares mais caros do mundo, apresenta um salário médio anual de 54.027 dólares. O país é conhecido por sua próspera indústria de gás e petróleo, sendo a que mais contribui financeiramente.

Além disso, a Noruega é um importante exportador de pescado, madeira, têxteis e aquicultura. Com baixos índices de criminalidade e uma população feliz, a nação é uma opção atraente para quem busca oportunidades de trabalho no exterior.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade