Soft skills: 16 habilidades do profissional do futuro

Conforme o Fórum Econômico Mundial, existem competências que estão no centro das atenções e que serão cruciais para o profissional do futuro.

A digitalização, automação e a vida pós-pandemia remodelaram o cenário de trabalho. Conforme indicado pelo Relatório sobre o Futuro do Emprego do Fórum Econômico Mundial (FEM), até 2025, 50% dos trabalhadores precisarão se reciclar.

continua depois da publicidade

Para enfrentar esse novo ambiente de trabalho, é crucial identificar as habilidades profissionais que serão mais valorizadas no futuro.

As competências profissionais englobam conhecimentos, comportamentos e atitudes que conduzem a resultados específicos, e as mais demandadas no mercado estão listadas abaixo.

16 habilidades do profissional do futuro

Leia também

1. Inteligência emocional

Inteligência emocional refere-se à habilidade de perceber, controlar e avaliar as próprias emoções, bem como compreender, interpretar e responder às emoções das pessoas ao redor.

continua depois da publicidade

Esta competência torna-se essencial em situações de pressão, como cumprir prazos apertados, contribuindo para resolver conflitos e motivar equipes, promovendo uma cultura de colaboração e segurança psicológica nos departamentos.

2. Domínio da tecnologia

A proficiência em tecnologia é essencial em diversas carreiras, tornando os profissionais mais atrativos para os recrutadores. A literacia digital, que implica a familiarização com diversas tecnologias, precisa ser continuamente atualizada para acompanhar as inovações emergentes.

3. Persuasão

A capacidade de persuasão envolve descrever de maneira atrativa os benefícios de uma ideia, produto ou serviço, buscando consenso. Essa competência, fundamental no mundo dos negócios, é valiosa tanto para empreendedores em busca de investidores quanto para profissionais em entrevistas de emprego.

continua depois da publicidade

4. Adaptabilidade

Adaptabilidade refere-se à capacidade de ajustar pensamentos e ações para enfrentar novas situações. Essa habilidade é essencial para mudar a forma de comunicação, lidar com mudanças de políticas nas organizações e é valorizada pelas empresas, mostrando disposição para a melhoria contínua.

5. Solução de problemas

Estamos perante um ambiente muito novo, um mundo onde a tecnologia impera e com ela surgem novos problemas para os quais não há precedentes. Por isso, serão muito valiosas as pessoas que conseguirem pensar de forma disruptiva em como resolver os problemas.

continua depois da publicidade

6. Espírito empreendedor

Profissionais empreendedores possuem a capacidade de criar oportunidades ou ideias de trabalho. Isso não se limita à criação de empresas, incluindo também fontes de renda independentes ou o desenvolvimento de projetos inovadores no ambiente laboral.

7. Mentalidade de crescimento

A mentalidade de crescimento envolve perceber desafios profissionais como meios de aprendizado contínuo. Profissionais com essa competência são motivados por desafios, encaram falhas como oportunidades de desenvolvimento e acreditam que habilidades podem ser aprimoradas com prática e esforço.

8. Autogestão

Vivemos em um mundo tão rápido e com tantas informações ao mesmo tempo, que é hora não só de delegar, mas de desenvolver a autogestão, que em suma é a responsabilidade e a atitude de um colaborador perante o seu trabalho. Para desenvolver esta habilidade é fundamental trabalhar aspectos como tolerância ao estresse, flexibilidade e aprendizagem ativa.

9. Atitude positiva

Uma atitude positiva no trabalho, caracterizada por otimismo e alegria, aumenta a vontade de exercer suas funções, demonstra automotivação e facilita a interação interpessoal. Essa qualidade contribui para melhorar o moral da equipe e moldar a cultura organizacional.

10. Flexibilidade e resiliência

As novas gerações de trabalho têm seu caminho atrelado à resiliência. Com tantas mudanças, o mais importante é nos adaptarmos a elas e isso deve ser cada vez mais rápido e orgânico.

A flexibilidade será necessária tanto na forma de trabalhar como nas ferramentas necessárias para realizar o trabalho. Para isso é fundamental aprender coisas novas constantemente. Se você estiver preparado, a mudança sempre trará oportunidades de melhoria.

11. Trabalho em Equipe

A capacidade de impactar os outros é um dos maiores desafios da atualidade e quando dizemos impacto, queremos dizer deixar uma marca positiva nas equipes. Portanto, para desenvolver esta competência é fundamental trabalhar a liderança e seus diferentes estilos, o humanismo, a influência social, a empatia e a escuta ativa.

12. Pensamento crítico

Pensamento crítico envolve analisar fatos para tomar decisões importantes, sendo uma habilidade valiosa na resolução de problemas complexos.

13. Criatividade

Além do pensamento crítico, é preciso pensar “fora da caixa”, ou seja, fora do estabelecido, da forma comum, encontrando soluções diferentes, inovadoras e em alguns casos “únicas” para os desafios que surgem.

14. Ética

Empregadores valorizam uma forte ética de trabalho, incluindo pontualidade, conclusão de tarefas no prazo e cumprimento de objetivos com base em boas práticas e princípios éticos.

15. Iniciativa

Demonstrar iniciativa significa agir sem ser mandado, buscar conhecimento, perseverar diante de desafios e identificar oportunidades, destacando-se pela ação proativa.

16. Gerar valor humano em um mundo robotizado

Segundo o FEM, estima-se que até 2025 cerca de 85 milhões de empregos poderão desaparecer devido à automação derivada dos avanços tecnológicos.

Por esta razão, trabalhos que tenham componentes intrinsecamente humanos impossíveis de serem replicados por uma máquina serão muito importantes. É aí que todas as competências que vimos ao longo deste artigo se tornam ainda mais relevantes.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade