Por que é impossível afundar no Mar Morto?

O Mar Morto é um destino natural incrível, resultado de um processo geológico e climático, que desperta a curiosidade e o interesse de muitas pessoas.

O Mar Morto é um dos lugares mais fascinantes e misteriosos do mundo. Localizado entre Israel, Jordânia e Cisjordânia, é o ponto mais baixo da superfície terrestre, a mais de 400 metros abaixo do nível do mar.

continua depois da publicidade

Ele também é conhecido por ser um lago onde é praticamente impossível afundar. Mas quais as razões por trás disso? Continue lendo e entenda a seguir.

A origem e a composição do Mar Morto

O Mar Morto não é um mar, mas sim um lago salgado sem saída para o mar. Ele foi formado pelo movimento das placas tectônicas árabe e africana, que criaram uma fenda na crosta terrestre chamada de Vale do Rift.

Leia também

A sua principal fonte de água é o rio Jordão, que deságua no seu extremo norte. No entanto, como o clima da região é muito quente e seco, a água evapora-se rapidamente, deixando para trás os sais e os minerais que ela carrega. Estima-se que ele perca cerca de 7% do seu volume a cada ano.

continua depois da publicidade

Essa evaporação contínua faz com que ele tenha uma salinidade muito alta, cerca de 10 vezes maior do que a dos oceanos. Enquanto a média de sal nos mares é de 35 gramas por litro de água, no Mar Morto é de 300 gramas.

Além disso, a sua composição química é diferente da dos outros corpos de água, pois contém uma enorme quantidade de cloreto de magnésio, cloreto de cálcio e cloreto de potássio, além do cloreto de sódio (o sal de cozinha). Esses sais conferem a sua aparência, uma cor azul-esverdeada e uma textura oleosa.

continua depois da publicidade

Por que ninguém afunda nestas águas?

A principal consequência da alta salinidade do Mar Morto é a sua flutuabilidade. Isso significa que qualquer objeto ou pessoa que entrar em contato com as suas águas terá uma tendência a flutuar, sem precisar fazer esforço.

Isso ocorre porque a densidade da água salgada é maior do que a densidade dos corpos, que são formados principalmente por água doce. Assim, ela exerce uma força para cima, chamada de empuxo, que equilibra o peso dos corpos, impedindo que eles afundem.

Essa característica torna o lago uma atração turística única, pois permite que as pessoas boiem com facilidade e experimentem uma sensação de leveza e relaxamento. Muitos visitantes aproveitam para ler um livro, tirar uma foto ou simplesmente admirar a paisagem enquanto flutuam nas suas águas.

continua depois da publicidade

Além disso, o local possui uma lama negra que é rica em minerais e que é usada para tratamentos de beleza e de saúde, pois tem propriedades hidratantes, anti-inflamatórias e cicatrizantes.

No entanto, nem tudo é maravilha no Mar Morto. A sua salinidade extrema também impede que haja vida em suas águas, daí o seu nome. Com exceção de algumas bactérias e algas que conseguem se adaptar às condições hipersalinas, nenhum outro organismo consegue sobreviver nesse ambiente.

Os peixes e as plantas que chegam lá pelo rio Jordão morrem rapidamente e se transformam em "estátuas de sal". Por isso, o Mar Morto é considerado um ecossistema improdutivo, que não contribui para a biodiversidade do planeta.

Curiosidades sobre o Mar Morto

Apesar de não abrigar vida, o Mar Morto tem alguns benefícios para os seres humanos. Além de ser um destino turístico e terapêutico, ele também tem um valor histórico e cultural.

O lago foi mencionado na Bíblia como o local onde ocorreram alguns episódios importantes, como a destruição de Sodoma e Gomorra, a fuga de Davi de Saul e a ascensão de Herodes.

Nas suas proximidades, foram encontrados os Manuscritos do Mar Morto, uma coleção de textos antigos que revelam aspectos da religião e da sociedade judaica.

Quais os riscos da água salgada?

Este lugar também apresenta alguns riscos para os seus visitantes e para o seu futuro. A alta concentração de sal e de minerais na água pode causar irritação nos olhos e na pele, por isso é recomendável evitar mergulhar a cabeça e lavar-se com água doce após o banho.

Além disso, a ingestão acidental do líquido pode provocar náuseas, vômitos e desidratação, por isso é preciso ter cuidado para não engolir ou aspirar a água. Outro perigo é o de se cortar com os cristais de sal que se formam nas margens e no fundo do lago, que podem ser afiados e causar infecções.

O Mar Morto pode desaparecer?

Devido à exploração excessiva da água do rio Jordão para fins agrícolas e industriais, o nível do Mar Morto vem diminuindo drasticamente nas últimas décadas.

Estima-se que ele tenha perdido cerca de um terço da sua superfície desde os anos 1950. Se essa tendência continuar, o lugar poderá se tornar um pequeno lago salgado ou até mesmo secar completamente. Isso teria consequências graves para o meio ambiente, para a economia e para a cultura da região.

 

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade