O que são aqueles pontinhos brancos que ficam nos morangos?

Os pontos brancos são uma parte natural da fruta e totalmente seguros para consumo. Mas eles são sementes? Descubra a seguir.

Os morangos são frutas deliciosas e nutritivas, que podem ser consumidas de diversas formas: in natura, em sucos, geleias, bolos e sorvetes. Mas você já reparou que eles têm uns pontinhos brancos na superfície?

continua depois da publicidade

Muitas pessoas pensam que esses pontinhos são as sementes, mas, na verdade, não são. Continue lendo e entenda a seguir.

O que são os pontos brancos nos morangos?

Na verdade, os morangos não são frutas, mas sim pseudofrutos, ou seja, estruturas que se formam a partir de outras partes da flor, como o receptáculo, que é a parte carnosa e vermelha que comemos.

Leia também

Os pontinhos brancos são chamados de aquênios, isto é, frutos secos que não se abrem quando maduros.

continua depois da publicidade

Cada aquênio contém uma única semente em seu interior, sendo a responsável pela reprodução dos morangueiros, que são as plantas que produzem os morangos.

Os aquênios são importantes para a dispersão das sementes, pois quando os morangos caem no solo e se decompõe, eles liberam as sementes que podem germinar e dar origem a novas plantas.

Além disso, esses pontinhos brancos também contribuem para a textura e o sabor dessas frutas, pois contêm compostos fenólicos, ou seja, antioxidantes naturais que protegem as células do envelhecimento e de doenças.

continua depois da publicidade

Quais os benefícios do morango?

O morango é uma fruta muito interessante e saudável do ponto de vista nutricional. Ele é rico em vitaminas, minerais, fibras e água, e tem poucas calorias, sendo ótimos alimentos para a dieta.

Não é à toa que o morango é um objeto de estudo valioso para os cientistas, que descobriram alguns dos seus principais efeitos na saúde, como:

É bom para o coração

Um estudo da Universidade de Nevada e da Universidade Estadual de Oklahoma investigou os benefícios desta fruta para a saúde cardiovascular, função cognitiva e metabólica.

continua depois da publicidade

A pesquisa comparou três doses de morango em pó durante quatro semanas, em um experimento com 33 participantes.

Além disso, foram coletadas amostras de sangue, medidas corporais, pressão arterial, dados sobre o restante da dieta e níveis de atividade física, tanto no início quanto no final de cada fase do período analisado.

Os resultados mostraram que a dose de 32 gramas de morango em pó por dia reduziu a insulina, a resistência à insulina e o colesterol LDL no sangue.

Por outro lado, a dose de 13 gramas de morango em pó por dia aumentou o tamanho das partículas de HDL.

Os autores também destacam que os morangos são ricos em polifenóis e fibras, que podem ter efeitos benéficos na saúde cardiovascular e na prevenção de doenças como diabetes tipo 2 e câncer.

Previne a demência

Morangos podem ajudar a prevenir a demência e a depressão em pessoas de meia-idade com problemas metabólicos, conforme sugere um estudo recente publicado na revista Nutrients.

Os pesquisadores ministraram a 30 voluntários com excesso de peso e resistência à insulina um pó de morango ou um placebo por 12 semanas.

Os que tomaram o pó de morango tiveram menos interferência na memória e menos sintomas depressivos do que os que tomaram o placebo.

Os cientistas acreditam que os morangos reduziram a inflamação no cérebro causada pela idade e pelo excesso de gordura abdominal.

Contudo, os resultados são limitados pelo pequeno tamanho da amostra, pela curta duração e pelo controle dietético. Além disso, ao introduzir um novo alimento em sua dieta, é sempre recomendado obter aconselhamento de um nutricionista.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade