Se encontrar ISTO na Praia, simplesmente CORRA e peça ajuda

O animal, que pode ser encontrado em praias brasileiras, libera toxinas que causam queimaduras de até o terceiro grau. Confira mais detalhes.

Não há nada melhor do que dedicar um tempinho do dia a dia para descansar, ainda mais quando estamos falando de viagens para o litoral brasileiro. As ondas do mar realmente têm o potencial de acalmar os ânimos e purificar os pensamentos. Só quem viveu sabe.

continua depois da publicidade

Por outro lado, sabemos que as profundezas dos oceanos são compostas por inúmeras criaturas marítimas. Algumas delas, inclusive, são bastante perigosas para o ser humano. Em nossa matéria, vamos discorrer sobre um destes animais que pode ser encontrado nas praias.

Caso encontre este animal no mar, saia de perto o quanto antes

Caravela-portuguesa

Foto: Pixabay

Leia também

Muitos banhistas já encontraram uma criatura gelatinosa em praias brasileiras, inclusive no litoral paulista. Visto de longe, o animal é bonito devido à sua coloração forte e arroxeada. Estamos falando da caravela-portuguesa! Já ouvi falar desta criatura?

Ela pode ser encontrada principalmente em águas mais quentes dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. São formadas por uma parte que boia, além de tentáculos.

continua depois da publicidade

Aliás, a caravela-portuguesa pode super ser confundida com águas-vivas devido à aparência. Os animais, em contrapartida, pertencem ao grupo dos cnidários e são formados por basicamente uma colônia de outros seres vivos.

Ao encontrar a caravela-portuguesa, tenha bastante cuidado. Isso porque a criatura solta toxinas prejudiciais ao corpo humano e causam queimaduras de até o terceiro grau.

Mesmo sendo comumente vistos em mar aberto, estes animais podem acabar aparecendo em praias. As caravelas-portuguesas tendem a não atacar seres humanos, levando em consideração de que se alimentam apenas de pequenos organismos marinhos (peixes e plâncton).

continua depois da publicidade

Por outro lado, cuidado para não entrar em contato com algum de seus tentáculos enquanto estiver nas águas da praia. Isso porque o ato pode causar:

  • Vermelhidão;
  • Coceira;
  • Queimaduras de até o terceiro grau.

E em algumas casos, é possível que a pessoa sofra complicações fatais. Vale destacar que, mesmo estando mortas, as caravelas-portuguesas ainda são capazes de liberar toxinas por meio de seus tentáculos. Então, nada de mexer nelas para saciar alguma curiosidade.

Espero que não chegue a esse ponto, mas, caso a seu pele entre em contato com o animal, o recomendado é limpar a região com vinagre e retirar os filamentos expelidos pelo animal com o suporte de uma lâmina de barbear, por exemplo, também molhada em vinagre.

continua depois da publicidade

De qualquer maneira, a melhor forma de se prevenir é correr antes que os tentáculos entre em contato com a sua pele. Todo cuidado é pouco quando estamos lidando com animais perigosos que vivem no mar.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade