Conheça as 10 raças de cachorro mais "bravas" do mundo

Apesar de existirem raças que tendem a ser mais 'bravas', o comportamento de um cão é determinado pela criação, socialização e ambiente em que vive.

A maioria dos cães é naturalmente carinhosa e simpática, mas é importante reconhecer que algumas raças podem apresentar comportamentos mais desafiadores, especialmente em relação a estranhos. Isso significa que os tutores desses cães precisam investir mais na socialização e no treinamento para garantir um convívio saudável.

continua depois da publicidade

Vale ressaltar que o comportamento de um cão é influenciado por uma combinação de fatores, incluindo genética, ambiente, educação e personalidade individual. Neste artigo, vamos explorar algumas raças de cães que têm uma tendência a serem mais agressivas e discutir como a socialização e o treinamento adequados podem desempenhar um papel fundamental na criação de cães equilibrados e seguros.

10 raças de cachorro mais propensas à agressividade

1. American Pit Bull Terrier

Leia também

Os American Pit Bull Terriers frequentemente são vistos como uma das raças mais controversas em relação à agressividade. Originalmente criados para lutas de cães, eles ganharam a reputação de serem agressivos e perigosos. No entanto, é importante destacar que esse comportamento pode ser o resultado de má criação, falta de socialização ou treinamento inadequado. Com socialização precoce, treinamento positivo e supervisão adequada, esses cães podem se tornar excelentes animais de estimação.

2. Rottweiler

Os Rottweilers são cães de grande porte e fortes, originalmente criados como cães de guarda e pastoreio de gado. Eles são conhecidos por sua lealdade e proteção à família, mas também podem apresentar comportamentos agressivos se não forem socializados e treinados adequadamente.

continua depois da publicidade

3. Pastor-Alemão

Os Pastores Alemães são cães inteligentes e versáteis, frequentemente usados em funções de aplicação da lei, busca e salvamento, e proteção. Eles são conhecidos por sua inteligência, coragem e lealdade, mas também podem ser agressivos se não forem socializados e treinados desde cedo. Esses cães têm uma natureza protetora e requerem treinamento cuidadoso para direcionar seu instinto de proteção de forma apropriada.

4. Doberman Pinscher

Os Dobermans são cães de porte médio a grande, conhecidos por sua inteligência, velocidade e habilidades de proteção. Originalmente criados como cães de guarda e proteção pessoal, esses cães podem se tornar agressivos se não forem estimulados, socializados e treinados adequadamente para manter seu equilíbrio.

continua depois da publicidade

5. Chow-Chow

Os Chow Chows são cães de aparência única, com uma pelagem espessa e uma língua azulada. Eles são conhecidos por sua independência e lealdade à família, mas também têm a reputação de serem agressivos em certas situações. Esses cães podem ser desafiadores em termos de obediência e socialização, requerendo um treinamento cuidadoso.

6. Akita Inu

O Akita Inu é uma raça de cão japonesa, conhecida por sua lealdade, robustez e inteligência. Eles têm uma personalidade forte e dominante, e podem ser reservados com estranhos. A socialização precoce e o treinamento consistente desde filhotes são essenciais para garantir um comportamento equilibrado.

7. Pastor-Belga-Malinois

Os Pastores Belgas Malinois são cães robustos, conhecidos por sua inteligência e habilidades de proteção. São animais de alta energia e requerem uma quantidade significativa de exercício físico e mental, além de treinamento consistente e adequado.

continua depois da publicidade

8. Dálmata

Os Dálmatas são cães de aparência única, conhecidos por sua energia e personalidade independente. No entanto, podem ser teimosos e desafiadores se não receberem uma educação firme e consistente.

9. Fila Brasileiro

O Fila Brasileiro, originário do Brasil, é um excelente cão de guarda, mas requer proprietários experientes. Esses cães podem ser muito protetores e desenvolver um comportamento incontrolável se não forem bem treinados.

10. Bulmastife

Os Bulmastifes são conhecidos por serem muito sensíveis e confiáveis quando se trata de segurança. Através de treinamento constante, esses cães se tornam muito leais e obedientes, mas podem ser agressivos se não forem socializados desde cedo.

Conclusão

Embora essas raças de cães tenham uma tendência a comportamentos mais desafiadores, é fundamental compreender que, com a devida atenção, socialização e treinamento, eles podem se tornar animais de estimação amorosos e equilibrados. A criação responsável desempenha um papel crucial em moldar o comportamento desses cães, e cada animal merece a oportunidade de uma vida feliz e saudável, independentemente de sua raça.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade