Afinal, quem criou o primeiro drone? Quando a tecnologia surgiu?

A história dos drones ou aeronaves não tripuladas remonta a muito mais anos do que imaginamos à primeira vista. Leia e confira a seguir.

Os drones também chamados de veículos aéreos não tripulados (VANTs), ou UAVs por sua sigla em inglês, não são algo novo. É verdade que esses equipamentos agora são mais populares e acessíveis para os consumidores, mas um drone não limita sua definição a multirrotores.

Desse modo, um pequeno avião de brinquedo controlado por rádio também pode ser considerado um drone, pois não é tripulado por uma pessoa. Originalmente, eles eram controlados por frequências de rádio. No entanto, é a partir dos anos 80 e 90 que começaram a tomar a forma que conhecemos hoje. Mas, afinal, quando essa tecnologia surgiu? Confira um pouco da história dos drones a seguir.

Origem dos drones

O enorme gênio e construtor do primeiro drone chama-se Abraham Karem. Ele também é chamado de pai da tecnologia UAV (Unmanned Aerial Vehicles), e nasceu em 1973 em Bagdá, Iraque.

Desde muito jovem, Abe Karem foi um entusiasta da aeronáutica. Ele também tinha uma enorme paixão por ciência e tecnologia. Aos 14 anos já trabalhava em seus primeiros aeromodelos na garagem da sua casa.

Mais tarde, em 1970, já formado em Aeronáutica, Karem mudou-se para os EUA. Naquela época, ele construiu o drone americano mais incrível e bem-sucedido na história dos drones. Algum tempo depois de seu enorme sucesso, Karem criou a empresa Landing System. Durante esse período criou o Albatross, utilizando apenas materiais reciclados.

Após uma demonstração incrível com o Albatross, Karem recebeu financiamento da DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency), a agência do Departamento de Defesa norte-americano, para criar drones ainda mais avançados.

Evolução dos drones

Embora em 1849 os austríacos já montassem bombas em balões de ar quente não tripulados para os lançarem sobre Veneza, a verdade é que o primeiro drone já havia aparecido no papel em 1907.

Dez anos depois, em 1917, os militares tomaram conhecimento desta tecnologia e desenvolveram uma bomba voadora controlada por rádio, embora nunca tenha sido usada.

Em 1936 receberam o nome de “Dynamic Remotely Operated Navigation Equipment” ou Drone, um aparelho cujo zumbido lembra o som produzido pelas lâminas dos drones.

E a evolução continuou. Durante a Segunda Guerra Mundial, em 1943, os alemães construíram o Fritz X, uma bomba de controle remoto para afundar navios. Posteriormente, o mundo militar lançou as bases da tecnologia com Abe Karem, mas o verdadeiro boom veio na década de 1990 com a popularização da tecnologia e o nascimento dos “drones artesanais”.

Como são os drones hoje?

Atualmente, os drones podem ter câmeras aéreas multiespectrais de pequeno formato e produzir imagens tanto do ambiente visível quanto do espectro infravermelho; esta capacidade técnica oferece um complemento importante para a fotografia aérea tradicional e até mesmo para imagens de satélite de alta resolução.

Como os VANTs podem voar muito baixo e seguir padrões rígidos e repetitivos, eles podem criar imagens detalhadas com resolução de um centímetro ou, melhor ainda, permitir a criação de imagens tridimensionais.

Para além da utilização recreativa que lhe é dada por muitas pessoas, e da utilização profissional por parte de todos aqueles que as utilizam para fotografias aéreas, existe atualmente muita investigação em curso para lhe dar novas funções que auxiliem em tarefas que até então eram perigosas de serem executadas por seres humanos.

Por exemplo, durante a erupção do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, há alguns meses, as imagens captadas pelos drones foram fundamentais para conhecer o estado da zona impossível de aceder por via terrestre. Nos últimos anos, utilizações futuristas também foram atribuídas ao uso de drones, como o transporte de encomendas.

Hoje, os drones são muito populares e estão ao alcance de qualquer pessoa. Isso é evidenciado pelo fato de haver uma grande variedade de modelos (alguns até são controlados por aplicativos móveis e não precisam mais de controle remoto) e preços.

Leia também

você pode gostar também

7 sinais de que você deveria mudar de profissão

Está insatisfeito com o seu atual emprego? Então conheça os sete sinais de que você deveria mudar de profissão e cogite uma transição de carreira.

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.