Afinal, o que significa a categoria ACC na CNH? Descubra aqui

No Brasil, há seis categorias da CNH, sendo uma delas a ACC. Mas o que ela significa? Descubra a resposta neste texto.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é o documento obrigatório a qualquer cidadão brasileiro que queira conduzir veículos automotores terrestres. Além de conter os dados pessoais do condutor, a carteira de motorista traz também a informação de qual categoria de veículos um determinado condutor está habilitado a dirigir.

No Brasil, há seis categorias, sendo uma delas a ACC. Mas você sabe o que significa tal categoria? Se não, descubra a seguir.

O que significa a categoria ACC na CNH?

A categoria ACC na CNH significa que condutor tem permissão exclusiva para conduzir ciclomotores ou cicloelétricos. Os ciclomotores são veículos de duas ou três rodas com potência máxima de 50 cilindradas e velocidade máxima de 50/h.

Já os cicloelétricos são veículos de duas ou três rodas com potência máxima de 4KW, com velocidade máxima de 50km/h. A somatória de pesos não pode exceder 140 kg (motorista, passageiro e carga).

Quais são as outras categorias da CNH?

Como dito, no país, são seis as categorias da CNH. Além da ACC, há ainda as seguintes:

  • Categoria A na CNH: condutor com permissão para dirigir veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro na lateral;
  • Categoria B na CNH: destinada a condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria B. O veículo deve ter peso bruto total que não exceda 3,5 toneladas e lotação de até oito lugares, excluído o do motorista;
  • Categoria C na CNH: condutor com permissão para dirigir veículo da categoria B e veículo motorizado destinado ao transporte de carga. Nesse caso, o peso bruto total não pode exceder 3,5 toneladas;
  • Categoria D na CNH: condutor com permissão para dirigir veículos das categorias B e C e de veículo motorizado destinado ao transporte de passageiros. A lotação desse veículo não pode ultrapassar os oito lugares, excluído o do motorista;
  • Categoria E na CNH: condutor habilitado a conduzir uma combinação de veículos em que a unidade tratora esteja incluída nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulada tenha 6.000 kg ou mais de peso bruto total, ou, ainda, cuja lotação exceda a oito lugares.

Quais são as novas categorias da CNH?

Desde 1º de junho deste ano está em vigor a nova CNH que trouxe diversas mudanças. Uma delas está relacionada a inclusão de novas categorias no documento, que somadas as já existentes, totalizam 13 modalidades de habilitação. Conheça cada uma delas a seguir:

  • Categoria na A1 na CNH: motorista com permissão para conduzir veículos de duas rodas de até 125 cilindradas;
  • Categoria B1 na CNH: abrange triciclos e quadriciclos;
  • Categoria C1 na CNH: abrange veículos pesados de transporte de carga de até 7,5 toneladas. Esses veículos podem ter reboque, mas desde que não ultrapasse 750 kg;
  • Categoria D1 na CNH: abrange veículos de passageiros com lotação máximo de 17 pessoas, contando o motorista. O comprimento desses veículos devem ser de no máximo 8 metros. O reboque não pode ultrapassar os 750 kg;
  • Categorias BE, CE, C1E, DE e D1E na CNH: cada uma dessas categorias possui especificações referentes veículos pesados. Esses veículos podem ter reboque e semirreboque, obedecendo um limite de peso. Essas categorias também trazem especificações relacionadas a idade e tempo de habilitação.

É preciso fazer curso teórico e prático para as novas categorias?

A resposta é não. Isso porque as categorias da CNH não mudaram. Na verdade, elas foram incluídas para seguir o padrão internacional e, assim, facilitar a fiscalização do documento em outros países. No Brasil, as categorias da CNH continuam sendo as mesmas: ACC, A, B,C, D e E.

Leia também

você pode gostar também

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.

11 profissões que você nem sabia que já existiram

Conheça um pouco mais sobre as profissões que você nem sabia que já existiram e que só são relembradas em documentários da TV ou nos livros escolares.