Você é super inteligente? Veja 4 características que definem a condição

A super inteligência é multidimensional, e pode ser despertada em diversas áreas do conhecimento humano.

Você já se perguntou se poderia ser super inteligente? Conhece alguém que sempre pareceu estar à frente dos demais? Dependendo de determinadas características, é possível identificar em algumas pessoas comportamentos que a integrem no grupo dos super inteligentes.

Leia também

Existem diversas habilidades capazes de constituir a inteligência. Ela é, afinal, multidimensional e maleável. É possível apresentar capacidades intelectuais elevadas desde o nascimento, por meio da genética, ou por desenvolvimento em fatores ambientais. Certas características, porém, tornam mais fácil diferenciar tais indivíduos.

De acordo com a Associação Mensa Brasil, uma entidade que reúne pessoas com grandes capacidades intelectuais representada pela Mensa Internacional, estes indivíduos se destacam dos demais por várias questões.

Vale lembrar que a Mensa é a principal organização de alto QI do mundo, e devota sua existência à identificação e fomentação da inteligência humana para benefício da sociedade, incentiva pesquisas sobre o tema, e fornece um ambiente intelectual e socialmente estimulante para seus membros.

Características que definem a super inteligência

Na pesquisa da associação, a autora Yolanda Benita (2007) elenca certas características emocionais que traduzem os superdotados. Por sua vez, Webb (1993) traz atributos que são comuns entre eles. É comum que estes indivíduos passem com maior frequência por problemas de ordem social e emocional, por exemplo.

Já Ourofino (2005) traz quatro características que normalmente são avaliadas de maneira equivocada como déficit de atenção e hiperatividade, quando na verdade podem estar relacionadas à superdotação. São elas:

  1. Alto nível de energia;
  2. Menor necessidade de sono;
  3. Excitabilidade elevada;
  4. Devaneio criativo.

Por outro lado, nem todos os indivíduos superdotados apresentam as mesmas características. Apesar do perfil heterogêneo, certas questões são evidenciadas. Outras podem ser a preferência por novos ambientes, desenvolvimento físico precoce, aquisição de linguagem e conhecimento verbal precoce e curiosidade intelectual.

Na Cartilha Saberes e Práticas da Inclusão, organizada pela Secretaria da Educação Especial do MEC de 2006, são citadas características que crianças superdotadas podem apresentar. São elas:

  • Curiosidade elevada;
  • Vocabulário avançado em uma idade precoce;
  • Maior interesse em um assunto específico, com dedicação especial a ele;
  • Ótima memória;
  • Maior facilidade para a aprendizagem;
  • Facilidade em fazer observações inteligentes;
  • Pouca necessidade de orientação de professores e mentores no geral.
  • Desempenho elevado em comparação aos seus colegas;
  • Criatividade;
  • Liderança e autoconfiança.

A superdotação

O universo que envolve a superdotação é, por si só, extremamente polêmico. Além de gerar controvérsias, ele está em constante evolução, considerando que a inteligência é multidimensional. Ela aborda esferas variadas, como conceitos mais amplos e complexos de até onde o ser humano pode chegar.

Neste sentido, as pesquisas possuem vários focos: a psicopedagogia, que envolve fatores psicológicos, sociológicos e educacionais, a neurobiologia, que valoriza mecanismos cerebrais, e até mesmo o papel da genética no desenvolvimento da inteligência.

O próprio MEC incorporou como conceito legal o Relatório Marland, de 1972, que define a superdotação humana. De acordo com este conceito, crianças portadoras de altas habilidades e com desempenho notável são aquelas que apresentam estes aspectos, isolados ou combinados:

  • Capacidade intelectual;
  • Aptidão acadêmica geral ou específica;
  • Capacidade de liderança;
  • Talento especial para as artes visuais, dramáticas e música;
  • Capacidade psicomotora;
  • Pensamento produtivo ou inventivo.

As pessoas possuem interesse no tema da inteligência há muitos anos. Tentar defini-la é comum, mas é essencial ter em mente que este assunto é amplo. Afinal, ser um indivíduo inteligente é algo de grande desejo social, mas tentar resumir a função em poucas palavras pode ser nocivo ao desenvolvimento.

Ao lidar com uma criança que exiba comportamentos similares aos indícios de superdotação, é importante não se limitar a avaliações psicológicas e neuropsicológicas. O acompanhamento deve ser constante.

Leia também


você pode gostar também

“Subir para cima”: 11 exemplos de pleonasmo para evitar no dia a dia

"Subir para cima", "descer para baixo" ou "sair para fora": confira alguns exemplos de pleonasmo para evitar no dia a dia.

Estes 5 sinais mostram se o seu amigo está apaixonado por você

Tem percebido que a pessoa com a qual tem amizade quer algo mais sério contigo, concurseiro? Fique por dentro dos cinco sinais de que o seu amigo está apaixonado por você.

Confira 3 signos que, geralmente, preferem ficar sozinhos

Existem alguns signos que, geralmente, preferem ficar sozinhos e apreciam a solidão mais do que ninguém. Confira quais deles integram a lista.

11 carros incríveis para quem é apaixonado por tecnologia

Se você é fã de carteirinha do universo automotivo, conheça 11 carros incríveis e tecnológicos, com funções incríveis de motorização, conforto e segurança.

Entenda para que realmente serve o lado preto da raquete de ping pong

A raquete de ping pong é um dos principais instrumentos do tênis de mesa, mas nem todas as pessoas conhecem para que realmente serve o lado preto dessa ferramenta.

7 hábitos que realmente podem prejudicar a sua produtividade

Quer realmente ser aprovado em um concurso público e alcançar a tão sonhada estabilidade financeira? Conheça os sete hábitos que prejudicam a sua produtividade e deixam a sua aprovação mais longe.