Vale manter contato? 5 pistas que indicam se a pessoa te quer bem

Conheça cinco indícios se uma pessoa te quer bem em todos os âmbitos da sua vida e veja se vale ou não a pena manter contato com ela.

A convivência humana é algo complexo e delicado ao mesmo tempo. Para nos darmos bem uns com os outros é preciso se valer de algumas habilidades comportamentais para que o cotidiano seja mais pacífico e menos estressante. Mas como saber uma pessoa realmente quer o seu bem? Conheça cinco sinais que podem indicar que ela tem uma maior conexão emocional com você e avalie se vale a pena manter contato.

Veja as atitudes que indicam se a pessoa te quer bem

1. Ela apoia os seus estudos para concurso

Uma das coisas mais agradáveis no que tange as relações pessoais é receber apoio incondicional de alguém mais próximo, independente de qual seja o seu objetivo. Suponha que você esteja estudando arduamente para prestar um disputado concurso público.

Se a pessoa apoia os seus estudos e até incentiva para que você não desista dos seus sonhos profissionais, vale manter contato com ela.

Receber apoio emocional para alcançar qualquer objetivo que seja benéfico no futuro, pode ser de grande valia e fortalece qualquer tipo de relação. Apoio significa compreensão, concessão e, sobretudo, cooperação no dia a dia.

Afinal, nada pode tirar o seu foco, que é ser aprovado no certame. Por isso, se você percebe que está recebendo todo o apoio para continuar firme e forte nos estudos, pode se sentir um privilegiado.

2. Ela não menospreza as suas pequenas vitórias

Uma pessoa que realmente te quer bem, jamais vai menosprezar as suas pequenas vitórias, seja no trabalho ou na sua fase de preparação para as provas do concurso.

E não importa se for uma meta semanal que foi alcançada em seu cronograma de estudos ou se você conseguiu emagrecer dois quilos, por exemplo. Se ela comemorar junto contigo, também vale a pena manter contato.

Quando alguém deseja o nosso bem de verdade, essa pessoa não fica nos bajulando o tempo inteiro, já que isso pode soar como falsidade ou interesse. Pelo contrário, ela se mantém imparcial e, ao mesmo tempo, te apoiando, para que suas metas sejam alcançadas.

Agora, se a pessoa “torce o nariz” e aparenta chateação só porque você está no caminho certo para alcançar seus objetivos, é melhor tomar cuidado.

3. Ela realmente escuta suas dores e te dá conselhos

Outro sinal importante que indica que vale a pena manter contato com uma pessoa, é quando ela se torna o seu “muro das lamentações”. Todo nós somos passíveis de errar em nossa vida, sem exceção. Por isso, se ela escuta suas dores e anseios do cotidiano e, de quebra, te aconselha a seguir um caminho que considera mais viável, pode continuar investindo nessa relação.

Uma pessoa que é realmente nossa amiga, sem segundas intenções ou fingimento, sabe nos escutar quando mais precisamos e sem fazer nenhum tipo de julgamento.

Além de ouvir todo o nosso desabafo, ela ainda nos aconselha e aponta qual seria a melhor alternativa para resolver esse ou aquele problema que tanto nos aflige. E o melhor: sem “apontar” dedos para ninguém.

4. Ela não fica chateada quando você não pode sair

A plena compreensão de um contexto é considerada uma das maiores habilidades de um indivíduo sensato. Por isso, se a pessoa não fica chateada quando você não pode sair, seja por causa dos estudos, do trabalho ou simplesmente porque está cansado demais para isso, ela merece toda a sua consideração.

Por mais que a pessoa queira muito a sua companhia ao lado dela, se ela conseguir compreender as circunstâncias pelas quais você não pôde sair e não emitir nenhum tipo de julgamento precipitado, vale muito a pena manter contato com ela.

Isso é sinal de que ela não é egoísta e tem maturidade suficiente para entender que é algo transitório. Além disso, virão outras oportunidades de vocês saírem.

5. Ela não “toca nas suas feridas” durante conversas

Mais um clássico sinal de que vale a pena manter contato com uma pessoa. O bom senso é uma característica peculiar e importantíssima para o fortalecimento das relações humanas. Por isso, se a pessoa não “toca nas suas feridas”, não fica com indiretas ou apontado seus erros do passado durante as conversas, seguramente ela é merecedora do seu apreço.

É importante termos a consciência dos nossos pontos fracos e da nossa vulnerabilidade em algumas situações. Mas uma pessoa do nosso convívio que tem esse discernimento e simplesmente releva aquilo que já passou ou que não agrega valor em um diálogo saudável, pode acrescentar muita coisa boa em nossa vida, não é?

Leia também


você pode gostar também

Pagam bem: 5 profissões para quem não quer trabalhar com atendimento

Se você é uma pessoa introvertida e não gosta de lidar com público, conheça cinco profissões para quem não quer trabalhar com atendimento.

5 filmes da Netflix para se inspirar e ter motivação nos estudos

Se você anda meio sem inspiração para continuar estudando para as provas do concurso, conheça cinco filmes da Netflix que podem te motivar.

Concurso INSS: o que levar em conta na hora de estudar leis? Veja 5 dicas

Vai prestar o concurso INSS e precisa ser aprovado? Conheça cinco dicas incríveis sobre como estudar leis.

Conheça 7 tipos de aprendizagem e suas vantagens durante os estudos

Está começando a estudar para um concurso público? Conheça os sete tipos de aprendizagem e as vantagens de cada um deles.

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.