Soft skills são cobradas no mercado; veja o que são e como desenvolvê-las

Conheça o que são soft skills, quais delas são as mais cobradas pelas empresas e como desenvolvê-las.

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exigente, o que obriga os profissionais a terem um número cada vez maior de habilidades comportamentais, conhecidas como soft skills. Preparamos esse post que vai te mostrar o que é isso, quais são as mais cobradas pelas empresas e como desenvolvê-las. Ficou interessado? Basta continuar a leitura.

O que são soft skills?

Chamamos de soft skills as habilidades comportamentais de um profissional dentro do ambiente de trabalho e até na sua vida pessoal. Ou seja, é a maneira que ele lida com o outro no dia a dia, como é sua interação quando está em grupo e, principalmente, como ele gerencia as suas próprias emoções, especialmente diante de situação estressantes ou pouco favoráveis.

Entretanto, as soft skills podem ser bem difíceis de serem mensuradas, já que estamos falando basicamente de emoções e sentimentos, que é algo subjetivo, pois tem relação íntima com a personalidade.

Por isso, a maioria das empresas valoriza e muito aquele profissional que tem as suas habilidades comportamentais bem desenvolvidas.

Quais são as soft skills mais cobradas pelo mercado?

Agora que você sabe o que são soft skills, conheça quais delas são as mais benéficas e cobradas pelas empresas:

1) Inteligência emocional

Trata-se da plena capacidade de reconhecer e gerenciar as suas próprias emoções, bem como saber lidar com as emoções do outro durante o convívio diário, principalmente diante de situações estressantes ou adversas, que fazem parte do cotidiano empresarial.

2) Resiliência

É a plena capacidade de adaptação diante de uma situação desfavorável ou algum tipo de mudança abrupta. Ou seja, é quando uma pessoa lida com os mais variados problemas com inteligência. Um profissional resiliente é bastante cobiçado.

3) Comunicação assertiva

Mais uma das soft skills mais valorizadas do mercado, já que é extremamente importante em diversas funções. Saber se comunicar de forma clara, objetiva e passível de entendimento, é primordial dentro das organizações, já que evita falhas, perda de tempo e prejuízos.

4) Confiança

Um colaborador que demonstra confiança e segurança na execução das suas tarefas do dia a dia, bem como nas decisões tomadas, também pode ser bastante disputado pelos negócios.

5) Motivação

Demonstrar motivação com o trabalho e ter atitudes positivas que demonstram essa habilidade comportamental, costuma ser vista com bons olhos pelo mercado. Um profissional motivado tende a trabalhar com muito mais empenho.

6) Saber trabalhar em equipe

O ambiente de trabalho é constituído por pessoas. Por isso, o trabalho em equipe é fundamental. Um funcionário que sabe trabalhar em equipe e pratica a sinergia, para que as tarefas sejam executadas de uma maneira assertiva, é bem-visto pelas empresas.

7) Gestão do tempo

Mais uma das soft skills mais exigidas pelo mercado. Trata-se da capacidade de organizar e, sobretudo, gerenciar (com a máxima assertividade) o tempo no ambiente de trabalho.

Aquele profissional que faz bom uso do seu tempo, com o foco nos resultados da empresa, também é um dos mais disputados do mercado.

8) Flexibilidade

Um profissional que é flexível costuma se adaptar mais facilmente diante das mudanças e a novos cenários. Essa qualidade é fundamental para as empresas, já que nem todos conseguem ter a flexibilidade necessária para lidar com determinadas situações.

9) Segurança

Outra das soft skills mais cobradas pelo mercado. Um colaborador que é seguro em suas decisões e não demonstra medo ou receio, também é bem-visto pelos gestores das empresas. Afinal, para se acertar em cheio, é preciso estar seguro de si mesmo.

Mas como desenvolver as soft skills?

Conheça dicas que podem te ajudar a desenvolver as principais soft skills mais exigidas pelas empresas:

  • Primeiramente, procure se conscientizar da importância das habilidades comportamentais para a sua carreira e entenda como elas podem ser úteis para o seu crescimento profissional.
  • Invista no desenvolvimento das soft skills que ainda precisam ser aprimoradas, depois de identificá-las corretamente. Existem cursos e treinamentos online e gratuitos que podem ser bastante úteis.
  • Tenha muita disciplina e paciência, pois nada acontece da noite para o dia.
  • Exercite a escuta ativa, já que, muitas vezes, podemos aprender somente escutando o que os outros (ou uma situação) têm para nos dizer ou mostrar.
  • Busque o autoconhecimento. Quando nos conhecemos melhor, conseguimos gerenciar as nossas emoções e sentimentos com mais assertividade.
  • Seja receptivo aos feedbacks, já que a opinião alheia costuma ser importante no que tange ao desenvolvimento das habilidades comportamentais.

Viu como as soft skills são importantíssimas para que a sua carreira profissional decole rumo ao sucesso? Agora é colocar a mão na massa e procurar desenvolvê-las.

Leia também


você pode gostar também

Pagam bem: 5 profissões para quem não quer trabalhar com atendimento

Se você é uma pessoa introvertida e não gosta de lidar com público, conheça cinco profissões para quem não quer trabalhar com atendimento.

5 filmes da Netflix para se inspirar e ter motivação nos estudos

Se você anda meio sem inspiração para continuar estudando para as provas do concurso, conheça cinco filmes da Netflix que podem te motivar.

Concurso INSS: o que levar em conta na hora de estudar leis? Veja 5 dicas

Vai prestar o concurso INSS e precisa ser aprovado? Conheça cinco dicas incríveis sobre como estudar leis.

Conheça 7 tipos de aprendizagem e suas vantagens durante os estudos

Está começando a estudar para um concurso público? Conheça os sete tipos de aprendizagem e as vantagens de cada um deles.

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.