Recursos Humanos: 7 características de quem tem perfil para a área

Sempre se identificou com a área de Recursos Humanos? Conheça as principais qualidades que os profissionais desse ramo devem ter, para ter sucesso em sua carreira.

O setor de Recursos Humanos (RH) se faz necessário em qualquer organização que deseja prosperar no mercado. Afinal, gerir pessoas de forma que elas possam continuar tendo a motivação necessária para exercer suas funções, com o máximo de empenho, pode ser um desafio que exige algumas características dos profissionais dessa área.

Essa matéria selecionou sete qualidades comportamentais necessárias aos colaboradores cujo perfil tem compatibilidade com a área de RH. Se você tem familiaridade com as tarefas que permeiam esse setor, continue a leitura até o final e aumente as chances de ter uma carreira de sucesso.

Características que o profissional de Recursos Humanos deve ter

1) Saber se comunicar clara e assertivamente

Todo profissional de Recursos Humanos deve ter facilidade para se expressar com a máxima clareza e assertividade com os outros colegas de equipe. Somente dessa forma os resultados podem ser alcançados. Quando existem ruídos ou falhas na comunicação, discussões e mal entendidos podem acontecer no dia a dia.

Mas vale ressaltar que essa habilidade não se restringe somente a capacidade de “falar bem”. É preciso estabelecer um diálogo que tenha sintonia com o colaborador, ou seja, saber ouvir e procurar entender as suas necessidades também faz parte de uma comunicação com eficiência.

2) Saber lidar com desafios diários

Outra qualidade comportamental dos profissionais de Recursos Humanos. Os desafios permeiam essa área todos os dias, principalmente em empresas com muitos funcionários. Por isso, se você tem habilidade para lidar com os obstáculos do cotidiano, pode se dar bem nessa carreira.

Independentemente do seu nível de complexidade, o profissional de RH precisa ter a maturidade para solucionar tudo com bastante calma e justiça, seja um erro no contracheque de um colaborador ou uma denúncia de assédio moral na empresa, por exemplo.

3) Empatia

Quem trabalha diretamente com gestão de pessoas, precisa ter empatia. Ou seja, é preciso saber reconhecer as dificuldades ou os problemas de cada funcionário e tentar identificar possíveis soluções para amenizá-los. Em outras palavras, é se colocar no lugar do outro, sempre procurando entender suas emoções e sentimentos.

O profissional de Recursos Humanos que tem empatia consegue conviver mais pacificamente com os outros colegas de trabalho e pode evitar desentendimentos pela falta de tato para entender (ou lidar) as suas necessidades, sejam elas profissionais ou pessoais.

4) Visão estratégica

Essa também é uma das qualidades de quem tem o perfil da área de Recursos Humanos. Visão estratégica é a habilidade de “enxergar” todo o cenário no qual a empresa está inserida, saber se antecipar aos problemas, além de identificar oportunidades que possam contribuir para o crescimento do negócio.

A visão estratégica permite que o profissional não se prenda somente às tarefas que fazem parte da sua rotina diária, já que cria metas e objetivos (que tenham compatibilidade com a política da organização) no dia a dia, contribuindo para melhorar consideravelmente a sua performance.

5) Capacidade de mediar situações

Muitas vezes, o profissional de Recursos Humanos precisa saber mediar situações entre os funcionários. Ou seja, ele precisa administrar o tempo que cada colaborador expõe suas reclamações ou dúvidas, escutar ambas as versões e, em hipótese alguma, permitir o desrespeito dentro do ambiente corporativo.

Em suma, é necessário ter jogo de cintura, mas de uma maneira que o lado profissional sempre prevaleça. Mediar desavenças e conflitos também faz parte da rotina de quem trabalha no setor de RH. Se você tem essa qualidade, pode ter mais chances de se dar bem.

6) Imparcialidade e objetividade

O profissional de Recursos Humanos também deve sempre prezar pela imparcialidade na hora de gerir conflitos entre os funcionários. Ele deve assumir uma postura neutra (sem deixar o lado pessoal ficar em evidência), independentemente da situação.

Além disso, quem trabalha nessa área deve ter objetividade no dia a dia. O ideal é que não haja “rodeios” na hora do diálogo entre o colaborador e o setor de RH. Dessa forma, não existem perdas de tempo e, consequentemente, de produtividade. Mas lembre-se de que objetividade não significa falta de educação ou pressa, combinado?

7) Proatividade

O que você acharia de um profissional da área de Recursos Humanos que não tem nenhuma iniciativa diante de uma situação que pode prejudicar toda a empresa? Quem tem afinidade com essa área precisa ter proatividade. Ficar de braços cruzados esperando uma ordem ou solicitação do superior para agir, não é recomendado.

Estar sempre pronto para dar o primeiro passo diante de um problema, assumir outras funções, pensar em soluções ou projetos que tenham a viabilidade necessária para se alcançar os objetivos e ter a capacidade de se antecipar aos obstáculos, são maneiras de demonstrar que você é uma pessoa que tem proatividade.

Leia também

você pode gostar também

Por que os palitos de pirulito têm um pequeno furinho na ponta?

Sempre fez questão de aprimorar os seus conhecimentos e tem a curiosidade aguçada, concurseiro? Então, descubra para que serve o furinho na ponta dos palitos de pirulito.

Entenda de onde surgiu o “sentido horário” dos relógios

Você já se perguntou por que o relógio gira em sentido horário? Este é um padrão que vem de relógios de sol antigos. Leia e entenda a seguir.

Afinal, qual é a verdadeira diferença entre poema e poesia? Entenda aqui

Apesar de parecerem idênticos, o poema e a poesia possuem algumas diferenças vitais, e que são de conhecimento essencial no mundo literário.

Grampeador tem função “secreta” que muitas pessoas ainda não conhecem

Embora todos nós usemos um grampeador de vez em quando, você provavelmente não conhece este tipo de uso secreto para ele.

15 nomes antigos que voltaram a ser populares no Brasil

Alguns dos nomes retrôs são muito populares hoje em dia no Brasil, sejam femininos ou masculinos. Confira alguns deles abaixo.

Como começar a empreender? Veja 7 dicas para ter um negócio de sucesso

Está querendo começar a empreender em 2023 e pretende alcançar o êxito profissional? Fique por dentro de sete dicas para ter um negócio de sucesso.