Pirâmide da aprendizagem: saiba o que é e como aplicar nos estudos

Conheça um pouco mais sobre a pirâmide da aprendizagem e descubra como ela pode te auxiliar nos estudos para as provas do concurso.

Quando o assunto é aprender conteúdo para as provas do concurso, existem algumas metodologias bastante práticas que podem dar conta dessa missão, que não é impossível. Mas você já percebeu como está o seu nível de aprendizagem no dia a dia?

Se ele não está lá essas coisas, é bem provável que esteja tentando aprender da forma errada. Dessa maneira, vamos te apresentar a pirâmide da aprendizagem, que pode ser uma excelente ferramenta na hora de estudar.

O que é a pirâmide da aprendizagem?

Trata-se de um modelo gráfico, bastante usado em todo o mundo, para fazer uma representação do potencial de absorção do conhecimento de uma pessoa, quando a mesma está estudando algum conteúdo específico. O “cone de aprendizagem” como também é conhecida, enfatiza o aprendizado ativo e passivo.

Por exemplo, quando o concurseiro está inserido em um método de aprendizagem passivo, a retenção das informações costuma ser menor. Quando o candidato opta pelo aprendizado ativo, as chances de absorção do conteúdo aumentam bastante.

Como funciona a pirâmide da aprendizagem?

pirâmide da aprendizagem
Foto: Concursos no Brasil / Canva PRO

 

A pirâmide da aprendizagem faz uma espécie de organização visual de todas as atividades que são responsáveis pela maneira na qual as pessoas absorvem o conhecimento. Cada uma das camadas varia de acordo com a capacidade de reter as informações.

Todas as representações da pirâmide da aprendizagem fazem as seguintes atribuições em relação a cada atividade:

Aprendizagem passiva

10% quando o concurseiro lê

Se você é daqueles que preferem aprender somente através da leitura, independente de qual assunto seja, a sua capacidade de absorção, segundo a pirâmide da aprendizagem, é de apenas 10%. O nosso cérebro não costuma reter informações adquiridas através de uma simples leitura.

20% quando o concurseiro escuta

A pirâmide da aprendizagem também sugere que a capacidade de absorção do conhecimento dobra se o candidato escutar a explicação de um determinado conteúdo. Ou seja, se você apenas escutar um podcast de uma aula, por exemplo, a retenção do seu cérebro é de 20%.

30% quando o concurseiro observa

Se você é fã de aulas expositivas, saiba que a sua capacidade de absorção do conhecimento vai para 30%? É verdade. A pirâmide da aprendizagem atribui que o aprendizado adquirido através da observação é maior, se comparado com a leitura ou escuta.

50% quando o concurseiro observa e escuta

Quem estuda através do método de observação e da escuta, o cérebro consegue reter 50% de todas as informações. Por isso, se você tem o hábito de estudar assistindo atentamente as aulas e escutando um podcast sobre os assuntos, está indo no caminho certo.

Mas ainda não é o ideal.

Aprendizagem ativa

70% quando o concurseiro interage

Se você costuma estudar para as provas do concurso se interagindo com os outros candidatos e com os professores, a retenção do conteúdo aprendido já vai para 70%.

A interação pode ser entendida como: conversas, perguntas, repetições, explicações, reproduções, debates e definições.

80% quando o concurseiro faz atividades práticas

Imagina você estudar para um certame e conseguir reter 80% de todo o conteúdo. Seria ótimo, não é? Aquele concurseiro que estuda escrevendo, interpretando, revisando, identificando, comunicando, demonstrando, praticando e diferenciando, certamente vai conseguir essa proeza.

Quanto maior o envolvimento com o conteúdo, melhor para o cérebro.

95% quando o concurseiro ensina para os outros

Chegamos na base da pirâmide da aprendizagem, em que todos os candidatos que desejam passar com mérito em qualquer concurso público, devem se espelhar.

A pirâmide da aprendizagem sugere que o candidato que estuda explicando para os outros o que acabou de aprender, fazendo resumos ou esquemas frequentes, estruturando o conteúdo, fazendo definições, mapas mentais e conexões entre os assuntos, o seu cérebro consegue reter 95% das informações.

Mas porque a metodologia de aprendizado ativa é melhor?

Agora que você conheceu o “caminho das pedras” a respeito do seu aprendizado e sabe como potencializá-lo, descubra porque a metodologia ativa é muito mais eficiente:

  • Retenção maior do conhecimento, se comparada com o aprendizado passivo;
  • Forte estímulo ao pensamento crítico (não se esqueça da prova de redação, concurseiro);
  • Dá mais motivação para aprender;
  • Maior envolvimento do candidato com o conteúdo que precisa ser aprendido;
  • Autoconfiança mas bem desenvolvida no dia a dia;
  • Os problemas são resolvidos de uma forma mais simples e dinâmica.

Viu como a pirâmide da aprendizagem pode ser de grande valia para conhecer um pouco mais sobre o funcionamento do seu cérebro na hora de reter o conhecimento?

Leia também


você pode gostar também

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.

Concurso INSS: veja 5 dicas infalíveis para aplicar durante os estudos

As dicas infalíveis para aplicar durante os estudos do concurso INSS permitem que o concurseiro tenha mais organização nas etapas de aprendizagem e revisão do conteúdo.

Veja 5 coisas que você não pode colocar no seu currículo em 2022

Está procurando emprego? Saiba o que não colocar no currículo em 2022 e aumente as chances de ser convocado para uma entrevista.

5 profissões que pagam bem aos que desejam ter jornada de 20 horas semanais

Se você sempre sonhou em ter um alto salário mas sem trabalhar demais, conheça cinco profissões que pagam bem e trabalham pouco.

Profissões de Humanas: veja os 5 cargos mais bem pagos do Brasil

Sonha em começar uma carreira que paga um alto salário? Conheça cinco profissões de Humanas que podem transformar isso em realidade.