Bolsonaro afirma que pretende privatizar os Correios

O atual Presidente confirmou que a ideia é privatizar os Correios até 2021, mas reconheceu a dificuldade pelo grande porte da Instituição.

bolsonaro afirma que pretende privatizar os correios

Nesta quinta-feira (20), em cerimônia no Palácio do Planalto, o Presidente Jair Bolsonaro deu uma declaração confirmando que já está sendo traçado um plano para a privatização dos Correios. “Se bem que algumas instituições não serão privatizadas enquanto eu for presidente. Mas os Correios caminham para a privatização. Até porque foram foco no passado de grandes escândalos. E também é monopólio que não pode ter prejuízo.”

Os rumores da privatização não são de hoje e já no início de janeiro, o porta-voz da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o governo iria se empenhar em desestatizar a empresa. Porém, o próprio presidente reconheceu que esse não é um processo fácil. “A gente pretende. Se pudesse privatizar hoje, eu privatizaria, mas não posso prejudicar o servidor do Correio, é isso”, declarou.

O prazo estipulado para a conclusão da transição dos Correios para a iniciativa privada está previsto para o final de 2021, conforme explicou Salim Mattar, secretário de Desestatização do Ministério da Economia. A ideia é que nesse tempo a mudança seja bem arquitetada não dando margem para erros, uma vez que a empresa é de grande porte e a mudança irá impactar mais de 100 mil funcionários.  

Compartilhe

Comentários