Projeção da inflação para 2023 está acima do esperado, segundo boletim

Boletim divulgado na semana passada projetou a inflação para 2023 acima do limite esperado. As informações servirão para a atuação do novo Ministério da Economia neste ano.

Na última segunda-feira (16), o mercado financeiro aumentou a projeção da inflação para 2023, alertando o setor econômico em todo o país. Além disso, a mensuração afeta o Produto Interno Bruto (PIB) e as taxas de juros e câmbio.

A previsão é que o novo Ministério da Economia utilize o boletim como referência para as medidas implementadas ao longo deste ano. Atualmente, equipe ministerial do presidente Lula (PT) está responsável pela aplicação das medidas previstas no plano de governo. Saiba mais a seguir:

O que diz o boletim sobre a inflação de 2023?

Em primeiro lugar, o Boletim Focus estima que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve fechar o ano em 5,39%. Divulgado pelo Banco Central (BC) na semana passada, o cálculo modificou a projeção anterior de 5,36%.

Além disso, no começo deste ano, a estimativa é que a inflação de 2023 fosse de 5,27%. Entretanto, o percentual continua acima da meta de inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Anteriormente, a previsão é que a inflação fosse de 3,25%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, tanto para cima quanto para baixo. Ou seja, a inflação poderia variar entre 1,65% e 4,75%, porém, sem chegar ao patamar divulgado pelo BC nos últimos dias.

No geral, a instituição financeira utiliza da taxa Selic para alcançar a meta inflacionária. De acordo com o Comitê de Política Monetária (Copom), a taxa básica de juros foi definida em 13,75% ao ano, mas encontra-se em seu maior nível desde janeiro de 2017.

Diante das projeções, a expectativa é que a Selic permaneça inalterada. Porém, a próxima reunião do Copom está agendada para acontecer no dia 31 de janeiro e 1º de fevereiro de 2023, com possibilidade de modificações.

O Boletim Focus é divulgado semanalmente, com base na projeção de 100 instituições do mercado, e abrangendo outros indicadores econômicos do país. Apesar das mudanças, a previsão é que a inflação de 2024 continue no patamar de 3,70% e em 3,50% em 2025.

Como isso afeta o PIB e outras taxas?

Como consequência direta da nova projeção da inflação, há uma redução na expectativa de crescimento do PIB em 2022. A queda de 0,01 no percentual colocou a taxa no patamar de 0,77%, diferente da projeção de 1,5% estabelecida anteriormente pelo Focus.

A estimativa é que a economia cresça até o patamar de 1,90% em 2025, porém, depende das movimentações econômicas do país nos próximos meses. Em relação às taxas de juros e câmbio, há uma previsão de mudança da Selic, apesar das expectativas de representantes do mercado.

Contudo, espera-se que a Selic em 2023 desça de 13,25% para 12,50% até o final do ano. Mais ainda, chegará a 8,25% em 2025 se as previsões das outras taxas forem realizadas, principalmente no que se refere ao PIB e a inflação.

Qual a importância do Boletim Focus?

Como se trata de uma análise realizada com diversas instituições, são aplicadas metodologias variadas até que se alcance um percentual aproximado. Atualmente, o Boletim Focus é a principal fonte do Sistema Expectativa do Banco Central.

Comumente, esses valores são utilizados como referência para a precificação de bens de consumo nacionais, mas também para o mercado de importações e exportações. Em especial por adotar como indicador a taxa de câmbio, crescimento do PIB, Selic, IPCA, IGPM e outras taxas importantes.

Ademais, é utilizado para projeções da expectativa dos agentes econômicos, ainda que não estejam vinculados diretamente o Banco Central. Como exemplo desses agentes econômicos pode-se citar empresas e universidades que trabalham com bolsas de estudo e bolsas de pesquisa.

Leia também

você pode gostar também

5G: Mais de 75 cidades brasileiras têm sinal autorizado pela Anatel

Nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) liberou o sinal de 58 em mais de 75 cidades brasileiras, localizadas próximos de capitais. A expectativa é continuar ampliando o acesso à tecnologia.

Censo 2022: IBGE deve liberar os resultados em abril

Após uma sequência de adiamentos e entraves na realização do Censo 2022, o IBGE atualizou a previsão de divulgação dos resultados. As operações seguem ao longo de fevereiro.

Motocicletas ficarão isentas do IPVA 2023? Entenda a nova lei

No último ano, o projeto legislativo que prevê a isenção para motocicletas foi sancionado com força de lei. Porém, existem condições específicas de elegibilidade para a medida.

Bradesco tem mais de 40 vagas de emprego disponíveis; veja os cargos

Vagas de emprego disponíveis são destinadas a diversas áreas, em agências da instituição bancária, espalhadas por todo o país.

Detran fará mutirão de renovação da CNH; veja onde e como participar

A renovação da CNH deve ser feita periodicamente pelos motoristas. Caso não façam, estarão sujeitos ao pagamento de multa e a perda de sete pontos na carteira, por exemplo.

Vale-alimentação deve ter novas regras a partir de março de 2023

Vale-alimentação deixará de ser regulado pelo Banco Central, facilitando a entrada de novas empresas no mercado. Veja o que muda.