Protetores de animais ficam em alerta nesta Sexta-feira 13; saiba o porquê

Os protetores de animais sempre ficam em alerta durante esta época do ano, por conta da sexta-feira 13 e o perigo que um grupo específico passa a correr. Entenda mais.

Com a chegada de mais uma sexta-feira 13, um dia popularmente conhecido como um período de infortúnios, as ONGs de animais voltam a ficar em alerta. Afinal, a data é perigosa para uma espécie distinta, por conta de uma tradição antiga e de um preconceito pautado no medo irracional da data por estar associada ao azar.

Esta espécie, por sua vez, é a do famoso gato preto, animal que fica mais suscetível a sofrer agressões e até mesmo ser sacrificado em rituais por conta da época. Para evitar este fim, várias instituições diminuem ou vetam doações nas sextas-feiras 13, por exemplo. Determinadas ONGs sequer abrem seus centros na semana seguinte à data, no Dia das Bruxas ou em feriados religiosos.

Mas afinal, por que esta data está rodeada de tantas superstições? E de onde vem esta ideia equivocada de que o gato preto traria azar? Entenda mais sobre esta crença ultrapassada abaixo.

Protetores de animais ficam em alerta nesta sexta-feira 13: entenda

O gato é um animal que remonta aos tempos mais antigos do mundo. Suas crenças são milenares; no Egito, por exemplo, os felinos eram adorados como deuses. Com a ascensão do cristianismo na Europa, porém, os símbolos pagãos, ou seja, todos aqueles não associados ao Deus cristão, tomaram uma conotação negativa.

Por anos, grupos religiosos fervorosos disseminaram a ideia de que gatos pretos eram encarnações de espíritos maliciosos e amaldiçoados, o que os tornou um símbolo da má sorte, bem como os companheiros das bruxas, figuras erroneamente consideradas diabólicas. A partir de então, começou a era do preconceito e perseguição contra estes felinos.

Em relação à bruxaria, por sua vez, as mulheres associadas a esta prática eram apenas curandeiras que utilizavam fontes naturais para lidar com doenças. Para afastar os ratos de suas casas, mantinham os gatos por perto. Durante a Inquisição, período de ação dos grupos da Igreja Católica que perseguiam a heresia e a bruxaria, estas praticantes começaram a ser capturadas e mortas em fogueiras; e os gatos tinham o mesmo fim.

A população de gatos pretos chegou a diminuir exponencialmente no continente europeu durante esta era. Muitos historiadores associam a queda do número de felinos à peste bubônica. Afinal, sem os bichanos, mais ratos perambulavam pelas ruas e causavam doenças.

Problemas supersticiosos atuais

Estas teorias errôneas geram impactos até hoje, principalmente em abrigos e ONGs animais. Por exemplo, os gatos pretos são os que têm mais dificuldade em encontrar um lar. Na sexta-feira 13, centros de adoção raramente realizam o processo quando se trata desta raça, já que existe a grande possibilidade do animal ser adotado para ser sacrificado.

Atualmente, sabe-se bem que praticar atos de abuso, maus-tratos, mutilar e ferir animais silvestres, domésticos, nativos, exóticos e domesticados é um crime. O ato gera uma detenção de três meses a um ano, bem como uma multa; isso é definitivo na Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98.

Até mesmo os gatos brancos podem ser usados em rituais de sacrifícios, o que faz com que estes bichanos também entrem na lista de alerta. Sejam eles totalmente pretos ou brancos, é preciso tomar cuidado e informar o centro mais próximo para evitar acidentes e infortúnios.

Leia também

você pode gostar também

Novidades do MEI 2023: veja o que muda para os empreendedores

Os microempreendedores individuais (MEIs) precisam ficar de olho no reajuste dos valores de contribuição e outras mudanças que ocorrerão neste ano de 2023.

Projeto regulamenta NOVA profissão no setor de turismo

O Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal pretende regulamentar uma nova profissão no setor de turismo, a fim de promover mais segurança aos trabalhadores e viajantes.

Brasil criou 2 milhões de postos de trabalho em 2022, segundo o Caged

De acordo com dados divulgados pelo governo federal, houve saldo positivo de postos de trabalho com carteira assinada em 2022.

Valores a Receber: Banco Central alerta para golpe do dinheiro esquecido

Criminosos estão divulgando uma oferta falsa a respeito de montantes supostamente esquecidos no BC; veja como se proteger.

Reforma Tributária deve ser votada sem aumento nos impostos

De acordo com declaração do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a reforma tributária deve ser neutra, sem aumento nos impostos.

Guia mensal do MEI 2023 já pode ser emitida com os valores atualizados

Reajuste do pagamento mensal está vigente. Taxas para microempreendedores individuais variam de R$ 66 a R$ 162.