Imposto sindical voltará em 2023? Veja decisão do novo ministro

Imposto sindical e reajuste do salário mínimo foram temas abordados pelo ministro do Trabalho em cerimônia da troca de cargo.

Nesta semana, o novo ministro do Trabalho, Luiz Marinho, participou de uma entrevista coletiva e falou sobre alguns planos do atual governo para os trabalhadores. Na ocasião, Marinho foi questionado sobre um possível retorno do imposto sindical em 2023.

A tarifa existiu até 2017, quando foi instituída a Reforma Trabalhista, e era um desconto obrigatório do salário de trabalhadores formais do regime CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). O valor recolhido, como o próprio nome já diz, era repassado para os sindicatos, como forma de manutenção das atividades desses.

Governo vai retomar Imposto Sindical em 2023?

imposto sindical, retomada do imposto sindical, fim do imposto sindical, imposto sindical 2023
Ministro nega a volta do imposto sindical no novo governo. Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

De acordo com o ministro do Trabalho, o tributo não faz parte da pauta do governo Lula e não há motivos para essa discussão. “Esquece o imposto sindical, não existirá mais no Brasil”, afirmou. Atualmente, essa tarifa é opcional e requer a autorização do trabalhador para que o desconto seja feito da folha de pagamento.

“Fortalecimento [dos sindicatos] passa pelo processo de privilegiar a negociação coletiva”, explicou o ministro. Segundo ele, outros mecanismos serão utilizados para reforçar o trabalho dessas entidades. A fala foi dada durante a cerimônia de transmissão do cargo no Ministério de Trabalho e Emprego, em Brasília.

Ministro do Trabalho tem planos para o salário mínimo

O imposto sindical não foi o único assunto mencionado por Luiz Marinho durante a coletiva. O ministro também se posicionou em relação ao atual formato utilizado para reajustar o salário mínimo. Hoje, a correção é feita com base no índice de inflação fechado no ano-base.

O percentual é acrescido sobre o piso nacional. Em 2023, o valor foi firmado em R$ 1.320, reajustado acima da inflação de 2022, tendo ganho real pela primeira vez após três anos sem. No entanto, a política para realizar o cálculo pode mudar. Isso porque o atual governo quer retomar o sistema de valorização adotado nos mandatos anteriores do PT.

Entre os anos de 2003 e 2016, a correção do piso era baseada na inflação mais o índice de crescimento da economia do Brasil no ano em questão. Segundo Marinho, a proposta para o retorno desse formato será enviada para o Congresso Nacional ainda no primeiro semestre de 2023.

“Salário mínimo até maio, mesmo formato da política anterior. Se tivesse sido mantida, o salário mínimo estaria superior ao anunciado pelo presidente. Vamos retomar construindo no diálogo”, disse o ministro. “Vamos construir um processo para regular [assuntos] como remuneração”, pontuou.

Leia também

você pode gostar também

Novo golpe: erro no pagamento por aproximação é sinal de alerta

Agora os criminosos conseguem bloquear o pagamento via aproximação e, assim, clonar o cartão usado pelas vítimas; conheça o golpe e veja como se proteger.

Concursos importantes no DF: veja quais vagas estão abertas

Concursos importantes estão abertos no Distrito Federal (DF). Confira quais as oportunidades e como solicitar participação.

Litígio Zero: contribuintes já podem aderir ao programa de renegociação de dívidas

Anunciada no início de janeiro pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, essa é uma das medidas para diminuir o rombo no caixa do governo em 2023.

Tem feriado em fevereiro? Veja qual é o dia da folga para trabalhadores

Quer planejar com antecedência os seus dias de folga? Então veja como será o mês de fevereiro em relação a feriados e pontos facultativos.

Concurso Correios será realizado em 2023?

Concurso Correios pode ter um edital publicado em breve. Último grande certame do órgão foi realizado em 2011.

Nota de R$ 50 rara pode valer uma BOLADA; saiba por que

Confira quais são as cédulas de R$ 50 que podem valer até 80 vezes. Elas são muito procuradas por colecionadores, possuindo alto valor no mercado nacional.