Raro alinhamento de seis planetas poderá ser visto no final do ano

Um fenômeno raro acontece no céu do país no final desse mês, trazendo a possibilidade de ser visto a olho nu em lugares estratégicos.

O Sistema Solar é formado por oito planetas, além de milhares de outros corpos celestes que orbitam a estrela maior, o Sol. A formação do Sistema Solar só foi possível a partir do colapso entre objetos celestes.

Todavia, um raro alinhamento de seis planetas poderá ser visto no final do ano, junto com outros fenômenos que sempre acontecem no céu. Esse tipo de fenômeno, inclusive é muito raro de acontecer e promete ser um espetáculo para quem conferir.

Planetas alinhados no céu

Os eventos cósmicos de dezembro reservam um evento raro nos céus do Brasil. O grande destaque do mês é o alinhamento de seis planetas do Sistema Solar, que a partir do dia 23 de dezembro poderão ser observados a olho nu.

Nesse sentido, os planetas poderão ser observados em um curto período de tempo, entre o fim da tarde e o início da noite. A aparição ocorre em sequência, com Vênus, Mercúrio, Saturno, Júpiter, Urano e Marte e dura uma semana.

Este evento astronômico é considerado como marcante pela comunidade científica e acontece por Mercúrio encontrar-se em uma posição retrógrada, percorrendo uma direção oposta a de outros corpos do Sistema Solar.

Posição dos planetas

A partir do dia 23 de dezembro será possível enxergar seis planetas do Sistema Solar alinhados no céu. O fenômeno é raro e acontece por uma semana, sempre no fim da tarde e início da noite e se o céu estiver limpo e aberto, será possível observar facilmente.

Os planetas se posicionam de forma alinhada e em sequência. Vênus e Mercúrio vão ser breves em suas aparições e ficam a Oeste do Sol. Do lado Leste vão ficar Júpiter, Urano e Marte, em uma posição um pouco mais alta do que outros.

Nesse sentido, Saturno e seus anéis ficam ao lado da Lua e basta ter um pouco de atenção para enxergá-lo no céu limpo e aberto. Por sua vez, Mercúrio fica visível até o fim do ano, um fato extremamente raro – justamente por este ser o planeta mais difícil de ser observado a olho nu.

O Sistema Solar

O Sistema Solar é uma estrutura que se formou ao longo do tempo, resultado de um colapso de uma nuvem de corpos celestes, evento conhecido como nebulosa solar. A explosão ocorrida originou o Sol e outros elementos, como os planetas e satélites.

Essa estrutura astronômica possui oito planeta, além de outros corpos celestes orbitando o Sol. Nesse sentido, os planetas que compõem o Sistema Solar são:

  • Mercúrio;
  • Vênus;
  • Terra;
  • Marte;
  • Júpiter;
  • Saturno;
  • Urano;
  • Netuno.

Corpos celestes

Além dos planetas, o Sistema Solar é composto por outros corpos celestes que transitam pelo sistema. Nesse sentido, é possível falar na presença de outros elementos, com características bastante exclusivas:

  • Asteroides – corpos que orbitam outros objetos que estão no Sistema Solar. Possuem dimensões variadas, podendo ser grandes, médios ou pequenos e causar maiores ou menores impactos, além de movimentação própria;
  • Cometas – estes corpos celestes apresentam uma cauda luminosa bem característica. Possuem gelo, rochas, minerais e outros elementos em sua formação, sendo muito extensos e irregulares;
  • Meteoroides – são formados por fragmentos de rocha que se movimentam pelo Sistema Solar e podem acabar entrando na atmosfera terrestre, a depender de sua localização e de outros fatores. Todavia, quando um meteoroide entra na atmosfera, é chamado de meteoro. Quando ele cai no solo, é chamado de meteorito.

Leia também

você pode gostar também

NASA: viagem para Marte pode acontecer ainda em 2023

Uma equipe de cientistas explica que a propulsão térmica a laser pode reduzir o tempo de viagem, que atualmente é de cerca de seis meses.

5G: Mais de 75 cidades brasileiras têm sinal autorizado pela Anatel

Nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) liberou o sinal de 58 em mais de 75 cidades brasileiras, localizadas próximos de capitais. A expectativa é continuar ampliando o acesso à tecnologia.

Censo 2022: IBGE deve liberar os resultados em abril

Após uma sequência de adiamentos e entraves na realização do Censo 2022, o IBGE atualizou a previsão de divulgação dos resultados. As operações seguem ao longo de fevereiro.

Motocicletas ficarão isentas do IPVA 2023? Entenda a nova lei

No último ano, o projeto legislativo que prevê a isenção para motocicletas foi sancionado com força de lei. Porém, existem condições específicas de elegibilidade para a medida.

Bradesco tem mais de 40 vagas de emprego disponíveis; veja os cargos

Vagas de emprego disponíveis são destinadas a diversas áreas, em agências da instituição bancária, espalhadas por todo o país.

Detran fará mutirão de renovação da CNH; veja onde e como participar

A renovação da CNH deve ser feita periodicamente pelos motoristas. Caso não façam, estarão sujeitos ao pagamento de multa e a perda de sete pontos na carteira, por exemplo.