Atenção: chuvas intensas podem atingir 1,7 mil cidades, informa INMET

Segundo o Inmet, há risco de temporais no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia e Mato Grosso do Sul a partir desta segunda-feira, 12/12.

A semana começa com fortes precipitações em boa parte do país. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas para os estados da Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro e parte do Mato Grosso do Sul.

O aviso, publicado às 9h18 desta segunda-feira (12), será válido até às 10h desta terça (13/12). A previsão é de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 milímetros por dia e 100 mm/dia, com ventos intensos de 60 km/h a 100km/h. Conforme o Inmet, também há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Chuvas intensas no país: veja áreas que podem ser afetadas

  • Central Mineira;
  • Zona da Mata;
  • Vale do Rio Doce;
  • Presidente Prudente;
  • São José do Rio Preto;
  • Metropolitana de Curitiba;
  • Central Espírito-santense;
  • Leste de Mato Grosso do Sul;
  • Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba;
  • Noroeste Espírito-santense;
  • Campinas, Oeste de Minas;
  • Bauru;
  • Piracicaba;
  • Vale do Mucuri;
  • Norte de Minas;
  • Sul/Sudoeste de Minas;
  • Itapetininga;
  • Sul Espírito-santense;
  • Campo das Vertentes;
  • Jequitinhonha;
  • Ribeirão Preto;
  • Araçatuba;
  • Macro Metropolitana Paulista;
  • Marília;
  • Metropolitana de Belo Horizonte;
  • Norte Central Paranaense;
  • Sudoeste de Mato Grosso do Sul;
  • Araraquara;
  • Sul Fluminense;
  • Vale do Paraíba Paulista;
  • Noroeste Fluminense;
  • Centro Sul Baiano;
  • Litoral Norte Espírito-santense;
  • Baixadas;
  • Centro Fluminense;
  • Noroeste de Minas;
  • Metropolitana de São Paulo;
  • Assis;
  • Extremo Oeste Baiano;
  • Litoral Sul Paulista;
  • Metropolitana do Rio de Janeiro;
  • Vale São-Franciscano da Bahia;
  • Norte Pioneiro Paranaense;
  • Centro Norte de Mato Grosso do Sul;
  • Norte Fluminense;
  • Sul Baiano;
  • Noroeste Paranaense.

Confira a lista completa de cidades sob risco de chuvas intensas no alerta publicado pelo site Alert-AS.

Fenômenos provocam áreas de instabilidade no Brasil

Sabe-se que os diferentes fenômenos climáticos estão diretamente associados às variações de temperatura da superfície das águas dos oceanos.

Assim, além da presença do La Niña no Pacífico equatorial, pelo terceiro ano consecutivo, os acumulados de chuva também são influenciados por um corredor de umidade, que vai da Região Norte até o sul da Bahia, além do calor e a Alta da Bolívia.

A Alta da Bolívia é um sistema típico da primavera/verão da América do Sul, que também recebe o nome de monção. A palavra monção é derivada da palavra árabe mausim, que significa estação; portanto, esse fenômeno se refere à mudança sazonal na direção dos ventos entre o continente e o oceano.

Desse modo, a Alta da Bolívia é caracterizada por uma área de alta pressão atmosférica, cujo o centro fica geralmente sobre a Bolívia e com sua circulação no sentido anti-horário, em altos níveis da atmosfera, o que contribui para a formação de nuvens carregadas pelo Brasil.

Por outro lado, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), próximo ao Amapá, provoca chuvas nas faixas leste e norte do país.

Recomendações de segurança

Por fim, o Inmet recomenda que, em caso de temporais:

  • Evite se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda de galhos e de descargas elétricas;
  • Não pare ou estacione seu veículo próximo a torres de transmissão e placas de propaganda;
  • Em casa, deixe aparelhos elétricos e quadro geral de energia desligados durante tempestades.

Para maiores informações, entre em contato com à Defesa Civil (telefone 199) e com o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia também

você pode gostar também

5G: Mais de 75 cidades brasileiras têm sinal autorizado pela Anatel

Nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) liberou o sinal de 58 em mais de 75 cidades brasileiras, localizadas próximos de capitais. A expectativa é continuar ampliando o acesso à tecnologia.

Censo 2022: IBGE deve liberar os resultados em abril

Após uma sequência de adiamentos e entraves na realização do Censo 2022, o IBGE atualizou a previsão de divulgação dos resultados. As operações seguem ao longo de fevereiro.

Motocicletas ficarão isentas do IPVA 2023? Entenda a nova lei

No último ano, o projeto legislativo que prevê a isenção para motocicletas foi sancionado com força de lei. Porém, existem condições específicas de elegibilidade para a medida.

Bradesco tem mais de 40 vagas de emprego disponíveis; veja os cargos

Vagas de emprego disponíveis são destinadas a diversas áreas, em agências da instituição bancária, espalhadas por todo o país.

Detran fará mutirão de renovação da CNH; veja onde e como participar

A renovação da CNH deve ser feita periodicamente pelos motoristas. Caso não façam, estarão sujeitos ao pagamento de multa e a perda de sete pontos na carteira, por exemplo.

Vale-alimentação deve ter novas regras a partir de março de 2023

Vale-alimentação deixará de ser regulado pelo Banco Central, facilitando a entrada de novas empresas no mercado. Veja o que muda.