INMET alerta: 1,7 mil cidades podem ser atingidas por chuvas intensas nesta terça, 6

Alerta de chuvas intensas foi emitido nesta terça-feira, dia 06/12, para grande parte do país. De acordo com o Inmet, há risco de corte de energia elétrica.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta terça-feira (06/12), novo alerta de chuvas intensas em grande parte do país, com validade até às 10h da manhã de quarta-feira (07/12).

O alerta tem “perigo” como grau de severidade. Assim, o instituto prevê chuvas entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia. Além disso, os ventos intensos podem ficar entre 60 e 100 km/h.

De acordo com o Inmet, há risco de corte de energia elétrica, alagamentos, queda de galhos de árvores e de descargas elétricas nesse tipo de chuva.

Lista de áreas com risco de chuvas intensas

  • Centro Goiano;
  • Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba;
  • Leste Goiano;
  • Central Mineira;
  • Nordeste Paraense;
  • Ocidental do Tocantins;
  • Centro-Sul Mato-grossense;
  • Vale do Acre;
  • Sul Goiano;
  • Presidente Prudente;
  • São José do Rio Preto;
  • Marajó;
  • Sudeste Paraense;
  • Nordeste Mato-grossense;
  • Leste de Mato Grosso do Sul;
  • Campinas;
  • Oeste de Minas;
  • Bauru;
  • Piracicaba;
  • Sul/Sudoeste de Minas;
  • Itapetininga;
  • Centro Norte de Mato Grosso do Sul;
  • Baixo Amazonas;
  • Norte Mato-grossense;
  • Leste Rondoniense;
  • Sudoeste Paraense;
  • Ribeirão Preto;
  • Araçatuba;
  • Sudeste Mato-grossense;
  • Norte Goiano;
  • Noroeste Paranaense;
  • Macro Metropolitana Paulista;
  • Centro Amazonense;
  • Marília;
  • Norte Central Paranaense;
  • Sudoeste de Mato Grosso do Sul;
  • Sudoeste Amazonense;
  • Araraquara;
  • Pantanais Sul Mato-grossense;
  • Norte Pioneiro Paranaense;
  • Sul Fluminense;
  • Vale do Paraíba Paulista;
  • Sul Amazonense;
  • Noroeste Goiano;
  • Sudoeste Mato-grossense;
  • Noroeste de Minas;
  • Oriental do Tocantins;
  • Metropolitana de São Paulo;
  • Assis;
  • Norte Amazonense;
  • Metropolitana do Rio de Janeiro;
  • Norte de Minas;
  • Distrito Federal;
  • Madeira-Guaporé;
  • Sul de Roraima;
  • Campo das Vertentes;
  • Extremo Oeste Baiano;
  • Metropolitana de Belo Horizonte;
  • Litoral Sul Paulista;
  • Vale do Juruá;
  • Oeste Paranaense;
  • Sul do Amapá;
  • Zona da Mata.

Confira todos os municípios listados no alerta pelo site do Alert-AS do Inmet.

Previsão climática para o mês de dezembro

Durante o último mês do ano de 2022, a chuva deve permanecer na maior parte do Brasil. Conforme o Inmet, até o dia 12 de dezembro, os maiores acumulados de chuva serão registrados no leste de Santa Catarina, do Paraná e de São Paulo, além do sul de Minas Gerais e de áreas de Rondônia, Acre e Amazonas.

Isso é devido às áreas de instabilidade, além de uma massa de ar quente e úmida que atua nesses locais, que recebe influência de fenômenos naturais como o La Niña.

Por outro lado, o mês começa com tempo seco em parte do Nordeste e Rio Grande do Sul, sendo este último um dos estados que tem sofrido com temporais nos últimos dias.

Ainda há previsão de chuvas acima da média (superiores a 50 milímetros) no Pará e no Amapá. Volumes dentro ou acima da média estão previstos para o Sudeste e Centro-Oeste.

Por fim, uma forte onda de calor deve atingir o Sul do Brasil ainda essa semana, principalmente no oeste e noroeste do estado gaúcho, segundo a MetSul.

Instruções de segurança

O Inmet recomenda que, em caso de rajadas de vento: não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda de galhos e descargas elétricas. Além disso, evite estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda; sempre que possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Por fim, em caso de situação de inundação ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos. Em caso de dúvidas, acione a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia também

você pode gostar também

Litígio Zero: saiba quem pode renegociar dívidas com o governo

O novo programa de renegociação de dívidas, lançado pelo governo federal, possibilitará que pessoas físicas e empresas obtenham descontos para quitar débitos junto à Receita Federal.

WhatsApp tem nova função de Comunidades no Brasil; veja como funciona

Entenda melhor o novo recurso do WhatsApp e aprenda como criar sua própria comunidade no mensageiro da Meta.

Estágio Caixa tem 6,8 mil vagas abertas; saiba como se inscrever

Estágio Caixa Econômica Federal é destinado a estudantes do ensino médio, técnico e superior. Veja como participar.

Pagamento em cheque cai em desuso e Pix pode ter influenciado

Pagamento por meio de cheque especial segue caindo. Redução chega a 94% em comparação com o ano de 1995.

Venda de férias está prevista na CLT; veja as regras e como funciona

Comum entre os trabalhadores, prática acontece em empresas, entretanto existem algumas regras e limites previstos na lei para a venda de férias.

IPTU atrasado gera multa para o contribuinte

A multa para o contribuinte que não paga o IPTU no prazo correto é acumulativa, e varia de acordo com o período de inadimplência do cidadão.