Imposto será DEVOLVIDO a brasileiros; veja se você irá receber em outubro

Decisão da Anatel pode gerar redução nas cobranças de telefone, internet e TV a cabo por meio da devolução de parte do imposto pelos serviços.

Empresas prestadoras de serviços de telecomunicações deverão diminuir as cobranças mensais. Isso porque a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) seja devolvido aos consumidores.

Leia também

Dessa forma, as operadoras deverão repassar a redução do ICMS nas contas. O anúncio foi feito pela Anatel no último dia 21 de setembro, dando um prazo de 15 dias para as empresas se adaptarem e cumprirem a medida cautelar, contando da publicação no Diário Oficial da União (DOU).

A decisão foi tomada após o Congresso aprovar a Lei Complementar nº 194/2022 que limita a alíquota do imposto sobre serviços essenciais a 17% ou 18%.

Imposto deve ser devolvido em outubro

A redução do ICMS foi aprovada em junho deste ano, com percentual que varia conforme o estado. Desde então, foi notada uma queda nos preços de alguns produtos e serviços, como no caso dos combustíveis e da energia. No entanto, as contas de internet, TV a cabo e telefone não apresentaram nenhum desconto até agora.

De acordo com Emmanoel Campelo, conselheiro da Anatel, a Agência tem recebido muitas reclamações por continuar cobrando altas taxas. A partir daí, a Anatel decidiu obrigar as empresas prestadoras de serviços de telecomunicações deverão devolver o imposto nas contas.

Campelo afirmou, em entrevista coletiva, que a expectativa é de que a o texto seja publicado ainda nesta semana. Sendo assim, a redução deve começar no mês de outubro. Segundo a Agência, a medida poderá ter efeitos retroativos das cobranças anteriores à publicação da Lei 194/2022.

Ou seja, contas que contavam com o ICMS acima de 18% antes da redução ter sido aprovada poderão ter o imposto devolvido nas próximas semanas. As operadoras que descumprirem a medida ficarão sujeitas a multas de até R$ 50 milhões previstas no o Regulamento de Aplicação de Sanções Administrativas.

“Sobre a cautelar do ICMS é tão simples quando se coloca, o comando principal é exatamente determinar que esse repasse, que esse valor que gerou esse desconto seja repassado ao consumidor, especialmente se a empresa já estiver usufruindo desse desconto”, disse Campelo.

Como será feito o desconto nas contas?

A medida cautelar da Anatel irá vigorar no país inteiro, com exceção das empresas que estão dentro do regime tributário em que não é aplicada a redução das alíquotas do ICMS.

Esse é o caso das prestadoras de serviço que optam pelo Simples Nacional. Isso porque essas operadoras já possuem uma tributação bem menor do que as demais.

As taxas cobradas são de 1,36% até 3,98% sobre o faturamento dos serviços desenvolvidos, como a oferta de internet. Além disso, as outras operadoras não poderão oferecer serviços adicionais para compensar o imposto devolvido ao consumidor. Campelo explicou que essa “solução” das empresas é irregular.

“Você oferecer serviço a mais como forma de compensar, e não fazer o ajuste, é você procurar jeitinho para descumprir a legislação. Anatel não vai ser complacente. Isso é absolutamente irregular. É algo bastante grave”, pontuou o conselheiro.

O desconto, segundo a Anatel, deve chegar a 10% ou 11%.

Leia também


você pode gostar também

Projeto de Lei pretende aumentar limite de pontos na CNH de profissionais

O PL está em discussão no Senado Federal. Confira neste texto qual é o novo limite de pontos na CNH que está sendo proposto e quais profissionais serão beneficiados com o aumento desse limite.

Tarifa de embarque deve ficar menor em 6 aeroportos a partir de 2023

A redução das tarifas de embarque, feita pela ANAC, segue determinação da Lei do Voo Simples. Veja quais aeroportos foram contemplados com a nova medida.

 Dicionário inglês elege “Gaslighting” como palavra do ano; veja o que significa

O dicionário inglês Merriam-Webster escolheu, no dia 28 de novembro de 2022, Gaslighting como a palavra mais procurada neste ano. Leia e descubra o seu significado.

Subsidiômetro: ferramenta da Aneel traz detalhes sobre tarifa de energia

O subsidiômetro é uma nova ferramenta da Aneel que busca simplificar e explicar aos consumidores detalhes sobre a tarifa de energia.

Cobrança do seguro DPVAT voltará a ser obrigatória no próximo ano?

Durante dois anos consecutivos, condutores ficaram isentos de pagar o DPVAT. A Caixa é a responsável por administrar o dinheiro.

525 milhões de anos: cientistas estudam o cérebro fossilizado mais antigo do mundo

O cérebro mais antigo conhecido pertence a uma criatura marinha de aproximadamente 1,5 cm de comprimento, que apresenta um sistema nervoso delicadamente preservado.