IR: mais de 1 milhão de pessoas entram na malha fina; saiba resolver o problema

Atualmente, já foram retidas um total de 1.032.272 declarações do IR que caíram na malha fina, 2,7% de mais de 38 milhões.

De acordo com uma divulgação da Receita Federal na última quinta-feira (22), mais de 1 milhão de pessoas entraram na malha fina do Imposto de Renda de 2022. Neste sentido, foram retidas um total de 1.032.272 declarações do IR, o que equivale a 2,7% do total de 38.188.642 declarações deste ano, enviadas de março até setembro.

Leia também

Ainda neste mês, a Receita deve emitir 444 mil correspondências para todos os contribuintes que tenham declarações na malha fina. O objetivo é alertar sobre o problema, e no caso de erro na declaração, é preciso autorregularizar a situação imediatamente.

Além disso, a Receita Federal ainda aconselha que aqueles incluídos na malha fina confiram o extrato para verificar a pendência e, assim, retificar a declaração. Para fazer a conferência, é preciso acessar o Centro de Atendimento Virtual (e-CAC) da Receita.

Como resolver pendências e evitar a malha fina

Após acessar o e-CAC, o cidadão deve informar um certificado digital, caso o tenha, ou o login no portal Gov.br. Da mesma forma, é possível inserir o número do CPF/CNPJ, junto do código de acesso e da senha.

Feito o login, é necessário clicar em “Meu Imposto de Renda”, localizado no lado esquerdo da tela. A partir de então deve aparecer uma linha do tempo com todas as declarações entregues, principalmente as mais recentes. Assim, o contribuinte deve conferir a de 2022, para saber se o documento caiu na malha fina ou não, bem como a razão da pendência.

O problema pode ser resolvido de várias formas. Uma delas é fazer a correção por meio de uma declaração retificadora, sem pagar multa ou penalidade. Após processada a declaração, ela deve voltar para a fila de restituições, e será paga no próximo lote residual.

Por outro lado, caso o contribuinte seja notificado ou intimado pela Receita Federal, não será mais possível retificar a declaração. Neste sentido, é preciso apresentar, até mesmo virtualmente, os comprovantes e documentos que possam justificar os valores declarados que tenham sido apontados como pendência.

Este Processo Digital para a Malha Fiscal pode ser aberto no e-CAC. Para isso, é necessário entrar no espaço “Onde encontro”, e consultar “Malha Fiscal – Atendimento”. No caso do cidadão não querer enviar os documentos com antecedência, ele pode aguardar o comunicado da Receita.

Neste comunicado, estarão detalhados todos os documentos que devem ser apresentados, bem como o prazo de entrega.

Dados sobre a malha fina

Ainda com base na divulgação da Receita, de todas as declarações retidas, 811.782 possuem imposto a restituir. Este número representa 78,6% do total que está incluído atualmente na malha fina.

Enquanto isso, 198.541, ou 19,2%, possuem imposto a pagar, e 21.956, ou 2,1%, estão com saldo zero, o que significa que não tem nada a pagar ou a restituir.

O principal motivo para as declarações terem sido retidas foi a omissão de rendimentos, segundo a Receita Federal. Entre eles, estão ações judiciais, rendimento de aluguel e salários.

Logo depois, em um total de 28,6%, estão problemas de dedução, que incluem gastos médicos, contribuições para a previdência oficial ou privada e pagamento de pensão alimentícia.

Leia também


você pode gostar também

Multi+: rival da Netflix chega ao Brasil com assinatura acessível; veja valores

Você já conhece a Multi+? Ela é o novo serviço de streaming que chegou ao mercado brasileiro com preços bastante atrativos. Leia e descubra como funciona seus planos de assinatura.

Como será o tempo no mês de dezembro? INMET divulga a previsão

Semelhante ao que aconteceu nos últimos meses, a chuva deve se intensificar em alguns estados e aplacar em outros por causa do fenômeno natural La Niña.

Escavação no Coliseu encontra vestígios alimentares de 2 mil anos atrás

A construção do Coliseu começou sob o governo de Vespasiano, em 72 d.C., e foi concluída oito anos depois, durante o império de Tito.

Cadastro Positivo oferece benefícios a bons motoristas; saiba participar

O Registro Nacional Positivo de Condutores oferece benefícios aos bons motoristas, como descontos e incentivos pela conduta no trânsito. Porém, existem regras específicas para participar.

Projeto prevê limite de juros em consignado para famílias de baixa renda

O projeto em tramitação no Senado Federal possui como principal objetivo controlar o endividamento das famílias brasileiras de baixa renda, por conta dos juros acumulados através dos empréstimos consignados no país.

INMET alerta: risco de tempestade e chuvas intensas em mais de 1,6 mil cidades

Avisos de chuvas intensas e tempestade são válidos até às 10h deste sábado (03/12), segundo o órgão. Veja áreas que podem ser afetadas.