Já posso tirar a CNH sem frequentar autoescola? Veja o que se sabe

Projeto de lei de autoria de senadora visa obter CNH sem frequentar autoescola. Veja se a medida já está valendo e como será realizada.

Para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e poder conduzir veículos no território nacional, é necessário passar por diferentes etapas burocráticas e custosas. Em muitos locais, o valor final do documento pode chegar a R$ 4 mil. Projeto de lei que está em andamento propõe obter CNH sem frequentar autoescola.

De acordo com o texto, boa parte dos gastos vai para os Centros de Formação de Condutores, conhecidos como autoescolas, onde os interessados têm aulas práticas e teóricas de direção e trânsito. O alto custo para garantir o documento acaba inviabilizando o acesso ao documento por pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Já é possível tirar CNH sem frequentar autoescola?

Ainda não. O Projeto de Lei (PL) n° 6485/2019, da senadora Kátia Abreu (PDT – TO), estabelece o fim da obrigatoriedade da autoescola para a obtenção da CNH e também a gratuidade da carteira de motorista para alguns cidadãos, mas ainda está em tramitação.

Caso o projeto vire lei, os condutores não vão precisar entrar em autoescola para tirar a habilitação. Conforme a autora do projeto, o alto custo para obter a CNH acaba inviabilizando o acesso ao documento, principalmente considerando a realidade do país.

Segundo sua justificativa, mais de 50 milhões de cidadãos com mais de 18 anos receberiam até um salário mínimo, tornando inviável o pagamento de uma habilitação no modelo atual.

Em razão disso, o projeto de lei propõe gratuidade das taxas necessárias para o processo de tirar a CNH. O projeto ainda visa o credenciamento de instrutores independentes, com idade superior a 25 anos e, ao menos, três anos de habilitação.

Caso o projeto de lei seja aprovado e vire lei, as pessoas que pretendem tirar a CNH poderão contratar profissionais particulares, desde que sejam credenciados, para realizar a quantidade de aulas que julgar pertinente. Os departamentos de trânsito, no entanto, vão precisar adotar normas mais exigentes para os exames de habilitação.

CNH sem autoescola: qual a situação do projeto?

cnh autoescola, fim da autoescola
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

Após apresentação em 2019, o Projeto de Lei foi para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) do Senado apenas em 2022. O senador Fabiano Contarato foi escolhido como relator do texto, que ele está em tramitação.

Quando o relatório da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania terminar, haverá votação interna para definir se o projeto é constitucional ou não, e se tem viabilidade para se tornar em lei.

Depois, o texto poderá seguir para outra comissão caso seja necessário e, posteriormente, encaminhado à Câmara dos Deputados. Assim, caso também tenha sinal positivo, seguirá para sanção ou veto presidencial.

Regras para tirar e renovar CNH

Enquanto o projeto de lei não é aprovado, ficam mantidas as regras para tirar a primeira via ou renovar o documento no país. Para tirar a CNH é preciso, inicialmente, ter 18 anos completos, saber ler e escrever, além de possuir documento de identidade com CPF e comprovante de residência.

Cumprindo esses requisitos básicos, o cidadão deverá preencher um formulário de inscrição online e pagar uma taxa ao Detran do seu estado. Logo em seguida, será submetido aos testes psicológicos e de aptidão física e mental, comprovando a capacidade de conduzir veículos.

A partir da concluir essa etapa, deverá cumprir as 45 horas exigidas sobre a legislação de trânsito, que corresponde ao curso teórico e técnico de condução. Depois, o interessado vai realizar a prova teórica.

Caso seja aprovado, terá início o curso prático, mediante o pagamento da taxa de Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, e deve-se cumprir o mínimo de horas/aula conforme a categoria da carteira a ser obtida. Por fim, o cidadão é avaliado em exame de direção veicular junto ao Detran do estado.

Já o processo de renovação da CNH é mais simples. Após o vencimento do documento, deverá solicitar uma nova. Assim, será preciso entrar em contato com o Detran, via internet ou de forma presencial. Os motoristas precisam completar um formulário com as informações de identificação pessoal e quitar os valores do Documento de Arrecadação Estadual.

Geralmente, a renovação é liberada após quitação de débitos provenientes de multas ou contas atrasadas, a partir da realização de exames clinícos.

Leia também


você pode gostar também

Com as novas regras da CNH, o que suspende o documento em 2022?

As novas regras da CNH contam com limite de pontos variável, gerando três possíveis cenários para a suspensão do documento.

Não recebeu a restituição do IR? Consulta ao 5º lote será liberada nesta sexta (23)

A Receita Federal deve liberar a consulta ao 5° lote da restituição do IR ainda nesta semana. Os contribuintes poderão verificar se serão contemplados.

Nota Fiscal Paulista libera mais de R$ 37 milhões; veja quem pode sacar

Nota Fiscal Paulista corresponde ao ICMS recolhido por comércios, repassado aos contribuintes que pediram para incluir o CPF na nota.

Não sabe se cometeu multa de trânsito? Veja como consultar pelo CPF

A consulta às multas de trânsito é realizada pela internet. O procedimento permite que os condutores confiram os detalhes de cada infração.

Agente de Trânsito poderá ter piso de R$ 4,5 MIL? Veja o que se sabe

Uma proposta enviada ao Senado Federal pede a criação de um piso salarial para o cargo de Agente de Trânsito que conta com remunerações variadas.

Eleições 2022: quem não votou em 2020 poderá votar neste ano?

Faltando pouco mais de 10 dias para o primeiro turno, muitas dúvidas sobre a eleição deste ano aparecem. Veja se quem não votou em 2020 poderá votar neste ano.