Novo RG tem emissão confirmada no país; veja estados que já aderiram

O novo RG está sendo implementado no Brasil gradativamente, com seis estados emitindo a nova versão enquanto as instituições se adaptam às alterações previstas em lei.

Em agosto, mais quatro estados começaram a emitir o novo RG no país. A princípio, o Rio Grande do Sul inaugurou a emissão por parte das Secretarias de Segurança Pública, mas nesta semana, o Acre, Goiás, Minas Gerais e Paraná iniciaram a transição gradual para a nova versão da Carteira de Identidade Nacional (CIN).
– ESTA nota de R$ 1 é vendida por R$ 16 MIL; entenda o motivo do valor

Além dessas regiões, o Distrito Federal também foi um dos primeiros a distribuir o novo RG para os cidadãos. A princípio, terão acesso somente aqueles que possuem o CPF regularizado e estão solicitando a primeira via, mas a expectativa é que todos os estados da federação emitam o documento até março de 2023.

Em resumo, esse é o prazo máximo previsto para adaptação das instituições responsáveis em relação às mudanças e novas regras do documento. Ainda em fase inicial e de testes, os primeiros documentos foram distribuídos entre representantes do Governo Federal e participantes do projeto do novo RG em junho deste ano.

O que muda com o novo RG?

novo rg, novo documento de identidade, novo modelo de rg
Foto: Reprodução / Governo Federal – Decreto 10.977/22

Em primeiro lugar, as alterações no RG pretendem aproximar o documento dos padrões internacionais, mantendo a competitividade nacional em relação à segurança e os processos que envolvem a identificação civil. Neste sentido, há ainda a adição de mais marcas d’água e mecanismos de segurança para garantir a autenticidade.

Porém, a principal mudança refere-se à unificação da informação dos brasileiros com base no CPF, e não mais no RG. Desse modo, será necessário que os cidadãos regularizem a situação cadastral com os órgãos vigentes e responsáveis para acessar o documento em sua versão atualizada.

Segundo a legislação atual, cada cidadão pode emitir um novo número de RG cada vez que muda de estado ou região. Sendo assim, estima-se que um brasileiro pode ter até 27 registros ao longo da vida, o que gera um grande número de dados nos bancos das empresas e organizações, além de dificultar o trabalho do Governo Federal.

Com a unificação através do CPF, não será necessário emitir novos registros ou mesmo um outro tipo de código de identificação. Assim, será possível trabalhar melhor as informações de cada cidadão, garantindo mais segurança e combatendo qualquer tipo de fraude ou crime envolvendo a identidade dos brasileiros.

Em relação ao design, o novo RG mantém as dimensões que possuía anteriormente, mas ganha novos tons de verde, amarelo e azul em referência à bandeira nacional. Além disso, as informações dispostas no documento ganham nova distribuição quando impressas.

Outras novidades da CIN no país

YouTube video

Outra novidade interessante é a presença do QR Code, que consta na Carteira Nacional de Habilitação desde 2017. Dessa forma, será possível portar o documento também em sua versão digital, através de um aplicativo que está em desenvolvimento.

A expectativa é que a plataforma integre outras informações, como carteira de trabalho, mas sem substituir as versões originais. Portanto, ficará a critério do cidadão qual a forma de portar e apresentar o documento, sendo fundamental guardar as versões impressas.

Neste mesmo sentido, o novo RG irá contar com o código Machine Readable Zone (MRZ) presente nos passaportes. Ou seja, poderá ser utilizado como documento de viagem para identificação dos brasileiros nos países membros do Mercosul.

Além disso, irá permitir o embarque automático nos terminais de autoatendimento dos aeroportos. Porém, os cidadãos não poderão descartar o passaporte, pois ainda será cobrado em outros países por conter informações importantes.

Leia também

você pode gostar também

Lei que prevê antecipação de feriados entra em vigor; veja regras

Medida Provisória que flexibiliza regras trabalhistas durante calamidade entrou em vigor nesta terça-feira (16/08).

Concurso Aeronáutica tem inscrições abertas para 225 vagas; veja Edital

Concurso Aeronáutica oferece oportunidades nas áreas de tráfego aéreo, meteorologia, eletromecânica, comunicação, entre outras.

CNH poderá ter nova regra decisiva da Contran em 2022; veja qual é

Nova regra para CNH cria um manual para o condutor e também desobriga curso teórico para algumas categorias.

Salário mínimo 2023: governo propõe valor para o ano que vem; veja qual é

Lei de Diretrizes Orçamentárias, sancionada por Jair Bolsonaro (PL), prevê salário mínimo de R$ 1.294 em 2023. Saiba os detalhes.

ITR 2022: prazo para declaração é aberto no país; quem precisa fazer?

Prazo para fazer a declaração do ITR 2022 junto à Receita Federal começou nesta segunda-feira, 15/08, e segue até 30 de setembro.

Empréstimo da Caixa oferece até R$ 100 mil para negativados; saiba contratar

O Penhor Caixa é uma modalidade de empréstimo da Caixa Econômica Federal que oferece condições especiais de negociação e quitação para pessoas com o nome sujo.