Novo RG começa a ser emitido em 4 estados; veja locais e como proceder

Residentes do Rio Grande do Sul já podem emitir o novo RG desde julho e, agora, moradores de outros quatro estados também podem obter o documento atualizado.

Nesta quinta-feira (04/08), começa a ser emitida a primeira leva do novo RG nos estados do Acre, Goiás, Minas Gerais e Paraná. Oficialmente chamada de Carteira de Identidade Nacional (CIN), a cédula reúne informações de outros documentos, como passaporte e título de eleitor.

A partir de 2022, as unidades federativas devem se adaptar às mudanças para unificar a carteira de identidade em todo o país. Antes do novo formato, cada estado podia emitir um Registro Geral (RG) com características e número próprios. Agora, o documento será igual em todo o território brasileiro.

Vale ressaltar que o novo RG também já está sendo emitido no estado do Rio Grande do Sul desde 26 de julho. Os órgãos expedidores terão até março de 2023 para terminar a adequação e passar a liberar apenas o formato atualizado da cédula. Enquanto isso, algumas localidades ainda poderão imprimir a antiga carteira de identidade.

Onde tirar o novo RG

novo rg, novo documento de identidade, novo modelo de rg
Foto: Reprodução / Governo Federal – Decreto 10.977/22

A obtenção do documento, segundo o governo federal, é totalmente gratuita e não precisa ser feita imediatamente. Isso porque a transição acontecerá de forma gradual e os documentos antigos ganharam validade de 10 anos. Sendo assim, quem for tirar a primeira via nos estados citados já receberá o novo RG.

Aqueles que quiserem renovar a cédula também terão acesso à CIN. No caso dos moradores do Rio Grande do Sul, a emissão deve ser feita no posto de Identificação do IGP (Instituto Geral de Perícias). Esse fica localizado na Avenida da Azenha, nº 255, Azenha, Porto Alegre – CEP 90160-004.

Dos estados que começaram a emitir o novo RG neste dia 04 de agosto, apenas dois informaram onde é possível obter o documento:

  • Acre: Instituto de Identificação Raimundo Herminio de Melo, localizado na Rua Milton Maciel, s/n, Santa Cecília, Rio Branco – CEP 69909-000;
  • Goiás: Instituto de Identificação de Goiás, localizado na Rua 66, quadra 139, 12 – Setor Central, Goiânia – CEP 74055-070.

Para os moradores de Minas Gerais e do Paraná, os postos de atendimento ainda serão divulgados.

O que muda com o novo RG

Uma das principais mudanças com o lançamento da CIN é voltado para o design, sendo emitida nas cores verde e amarelo igualmente para todos os cidadãos. A cédula também carregará dispositivos de segurança para evitar fraudes. Outro ponto tem a ver com a numeração do documento, que será a mesma do CPF.

“Hoje, é possível emitir, ou possuir, 27 documentos nas 27 unidades da federação do país, cada uma com um número. Isso causa uma confusão enorme e também abre uma porta incrível para fraudes – inclusive de parentes falecidos”, explicou o diretor Departamento de Canais e Identidade Digital do Ministério da Economia, Luiz Carlos Miyadaira Ribeiro.

A fala foi dada em entrevista ao programa de rádio A Voz do Brasil, na segunda-feira (02/08). Em sua pronunciamento, ele afirmou que “o novo modelo veio em função de eliminar essa anomalia do principal processo de identificação civil do brasil, que é o RG”.

Com a numeração unificada, os cidadãos precisarão regularizar o CPF junto ao site Receita Federal. Outras mudanças que surgem com o documento atualizado são:

  • QR Code para leitura das informações por meio de dispositivos digitais;
  • Código MRZ, que já existe em passaportes, para leitura das informações por meio de equipamentos;
  • Versão digital com a mesma validade;
  • Impressão em papel ou plástico;
  • Período de renovação variável conforme a faixa etária do cidadão.

Versão digital do novo RG

Durante a entrevista ao programa de rádio, Ribeiro comentou sobre a versão digital do novo RG que poderá ser acessada por meio de aplicativo. O acesso à cédula online é feito a partir do QR Code, existente no modelo impresso, que servirá para conferência de autenticidade.

“Essa é uma mudança muito legal, [o novo RG] continua sendo emitido em papel e vale em todo o território nacional. Porém, a partir do aplicativo Gov.BR, assim que o cidadão tiver posse do seu documento físico, ele tem, ao mesmo tempo, o documento digital”, pontuou o diretor.

Segundo ele, o aplicativo já é acessado por mais de 40 milhões de Brasileiros. Além disso, Ribeiro pontuou que a CIN digital é válida como documento oficial e pode ser utilizada em qualquer situação. A entrevista completa pode ser assistida pelo canal do YouTube do Governo (TV BrasilGov):

YouTube video

Leia também

você pode gostar também

Lei que prevê antecipação de feriados entra em vigor; veja regras

Medida Provisória que flexibiliza regras trabalhistas durante calamidade entrou em vigor nesta terça-feira (16/08).

Concurso Aeronáutica tem inscrições abertas para 225 vagas; veja Edital

Concurso Aeronáutica oferece oportunidades nas áreas de tráfego aéreo, meteorologia, eletromecânica, comunicação, entre outras.

CNH poderá ter nova regra decisiva da Contran em 2022; veja qual é

Nova regra para CNH cria um manual para o condutor e também desobriga curso teórico para algumas categorias.

Salário mínimo 2023: governo propõe valor para o ano que vem; veja qual é

Lei de Diretrizes Orçamentárias, sancionada por Jair Bolsonaro (PL), prevê salário mínimo de R$ 1.294 em 2023. Saiba os detalhes.

ITR 2022: prazo para declaração é aberto no país; quem precisa fazer?

Prazo para fazer a declaração do ITR 2022 junto à Receita Federal começou nesta segunda-feira, 15/08, e segue até 30 de setembro.

Empréstimo da Caixa oferece até R$ 100 mil para negativados; saiba contratar

O Penhor Caixa é uma modalidade de empréstimo da Caixa Econômica Federal que oferece condições especiais de negociação e quitação para pessoas com o nome sujo.