Concurso IBGE: inscrições para 206,8 mil vagas estão acabando; veja como fazer

As inscrições para o concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) serão encerradas nesta sexta-feira (21/01). Veja os detalhes.

Acaba nesta sexta-feira, 21 de janeiro de 2022, o período de inscrições do concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O certame objetiva a contratação temporária de profissionais que vão atuar no Censo Demográfico 2022.

Os editais nº 09/2021 e 10/2021, do processo seletivo simplificado, estão sob responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Serão preenchidas 5.450 vagas para a função de Agente Censitário Municipal, 18.420 vagas para Agente Censitário Supervisor e 183.021 vagas para a função de Recenseador.

De acordo com o IBGE, até pouco mais das 9h desta sexta-feira, havia mais de 1 milhão de candidatos inscritos (485.532 para o cargo de agentes censitários e 555.443 para a função de recenseador).

Inscrições do concurso IBGE estão acabando

As inscrições devem ser solicitadas, exclusivamente via internet pelo candidato, até as 16h do dia 21 de janeiro de 2022. Para isso, entre no site da Fundação Getúlio Vargas e solicite participação para o cargo que deseja concorrer.

É necessário realizar o pagamento de uma taxa no valor de R$ 57,50 para Recenseador ou R$ 60,50 para Agentes Censitários.

O candidato deverá escolher, no ato de inscrição, a localidade onde deseja atuar.

Concurso IBGE: provas objetivas

O processo seletivo simplificado será composto por uma prova escrita objetiva, que possui caráter eliminatório e classificatório. A prova será aplicada na data provável de 10 de abril de 2022, em dois turnos: das 14h30 às 18h para os candidatos aos cargos de Agentes Censitários e das 9h às 12h para Recenseadores.

Disciplinas

Os candidatos aos cargos de Agente Censitário Supervisor e Agente Censitário Municipal responderão a 60 questões, distribuídas da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo: 10 questões;
  • Ética no Serviço Público: 5 questões;
  • Noções de Administração e Situações Gerenciais: compostas por 15 questões;
  • Conhecimentos Técnicos: 20 questões.

Os inscritos para o cargo de Recenseador responderão a 50 questões, assim distribuídas:

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Matemática: 10 questões;
  • Ética no Serviço Público: 5 questões;
  • Conhecimentos Técnicos: 25 questões.

Leia também

você pode gostar também