Pelo Pix, já é possível sacar até R$ 500 em lojas; saiba como funciona

Agora, quem precisar de dinheiro em espécie poderá sacar por meio do Pix em estabelecimentos comerciais que oferecem o serviço.

Na última semana, o Banco Central lançou duas novas funções do Pix permitindo saque de até R$ 500 em dinheiro. Os serviços estão disponíveis em estabelecimentos comerciais. Ou seja, não é necessário ir até um caixa eletrônico para a retirada.

Quais são as novas funções do Pix?

As novas ferramentas são o Pix Saque e o Pix Troço. Por meio delas, o consumidor faz uma transferência para a loja, que deverá devolver o valor em espécie. Para isso, é necessário que o comerciante trabalhe com o sistema por QR Code.

Cada estabelecimento poderá decidir se quer ou não participar. Caso opte por oferecer os serviços, também poderá escolher se quer trabalhar com os dois ou apenas um. O funcionamento será:

  • Pix Saque: a quantia recebida em notas deve ser a mesma transferida. Nesse caso, o QR Code pode ser estático ou dinâmico;
  • Pix Troco: valerá apenas para compra de produtos ou serviço. Assim, é necessário adquirir algo, enviar valor superior ao preço estabelecido e o dinheiro em espécie será a diferença entre as quantias. O QR Code utilizado deve ser dinâmico.

Vale ressaltar que o BC limitou o valor das transações, sendo de R$ 500 para períodos diurnos e R$ 100 para transações noturnas. Dentro dessa faixa, os estabelecimentos podem criar seus próprios limites para o saque pelo Pix.

Quem pode participar do saque pelo Pix?

Tanto pessoas físicas como jurídicas podem realizar um Pix com a intenção de sacar valores. No entanto, no segundo caso, é necessário verificar quais são os acordos da empresa com o banco para realizar esse tipo de operação de pagamento.

De acordo com o Banco Central, a ideia é que os estabelecimentos comerciais recebam mais clientes ao oferecer esses serviços. Isso porque, ao contar com as novas funções do Pix, a loja em questão se tornará mais atrativa.

O BC também informou que, a cada transação usando o Pix Saque ou o Pix Troço, o comerciante receberá uma espécie de cashback. A remuneração poderá ser de R$ 0,25 até R$ 0,95 por operação.

O valor recebido vai depender das condições firmadas entre estabelecimento e instituição financeira. Vale ressaltar ainda que as lojas não poderão colocar taxas sobre o serviço quando um cliente quiser sacar dinheiro pelo Pix.

Leia também

você pode gostar também