Concurso PRF: em novo parecer, TRF derruba suspensão do certame

Concurso PRF foi suspenso após MPF entrar na Justiça. Agora, Cebraspe e PRF conseguem derrubar a paralisação do certame.

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) aceitou o recurso do Cebraspe em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para a derrubada da liminar que suspendia o concurso PRF. A decisão partiu do desembargador federal Guilherme Diefenthaeler.

Na decisão, o desembargador apontou o efeito suspensivo para o retorno do certame. “Em uma análise perfunctória dos autos, que é a exigível ao momento, verifico que estão presentes os requisitos para a concessão do efeito suspensivo pretendido”, escreveu em decisão.

Sobre a suspensão do concurso PRF

O concurso PRF foi suspenso pela segunda vez no começo do mês de setembro. Dessa vez, a decisão foi após o Ministério Público ter entrado com uma ação apontando falhas na aplicação do TAF (Teste de Aptidão Física). O MPF exige as seguintes alterações:

  • Anulação da barra fixa do TAF para candidatos do sexo feminino no Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Pernambuco;
  • Anulação da barra fixa para todos os participantes do Piauí;
  • Anulação do teste de shuttle run na Bahia;
  • Anulação da corrida de 12 minutos para todo o país;
  • Nova aplicação do TAF aos candidatos que foram considerados como prejudicados;
  • Candidatos que passarem na reaplicação da TAF devem ser chamados;
  • Impedimento de divulgação do edital da primeira fase com os convocados para o Curso de Formação Profissional. Edital só sairia após uma revisão do desempenho da reavaliação do TAF.

Sobre o concurso PRF

O concurso PRF conta com 1.500 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, sendo que a remuneração inicial prevista será de R$ 9.899,88. A banca organizadora do certame é o Cebraspe. Já foram realizadas todas as etapas, com exceção do Curso de Formação Profissional. Veja a sequência:

  • Provas objetivas (1ª fase);
  • Provas discursivas;
  • Avaliação psicológica;
  • Procedimento biopsicossocial (exclusivo para PcD);
  • Heteroidentificação (somente autodeclarados negros);
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Prova de títulos;
  • Avaliação médica;
  • Investigação social;
  • Curso de Formação Profissional (2ª fase).

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais