Matemática para concursos: veja conteúdos mais abordados e dicas de estudo

Fique por dentro dos principais assuntos de Matemática para concursos que são mais cobrados pelos editais.

Se os números não são o seu forte, pois você sempre teve dificuldades de lidar com eles e não sabe como estudar Matemática para concursos, está lendo o artigo certo. Vamos te mostrar quais são os conteúdos mais abordados nas provas e dar dicas valiosas sobre como estudar essa disciplina, que tira o sono de milhares de concurseiros. Vamos lá?

Matemática para concursos: assuntos mais cobrados nas provas

Antes de mais nada, é conveniente ressaltar que o concurseiro precisa se pautar sempre pelo edital do certame que vai prestar. Nem sempre todos os conteúdos das provas de Matemática para concursos citados abaixo necessariamente irão cair.

Em primeiríssimo lugar, regra de três simples e porcentagem são assuntos bastante cobrados nas provas de Matemática para concursos públicos. Além disso, não se esqueça de estudar raciocínio lógico, estatística e Matemática financeira básica.

Conheça outros conteúdos que podem cair nas provas dessa disciplina:

  • Probabilidades;
  • Razão e proporção;
  • Frações;
  • Princípio fundamental da contagem;
  • Equações do 1 e 2 graus;
  • Sistema métrico decimal;
  • Operações com frações;
  • Produtos notáveis;
  • Cálculo da área de figura planas;
  • Matrizes e determinantes;
  • Juros simples e compostos;
  • Progressão aritmética e geométrica;
  • Operações com números decimais;
  • Divisibilidade;
  • Análise combinatória;
  • Álgebra;
  • Problemas matemáticos com operações básicas;
  • Operações financeiras (porcentagem, desconto, lucro, prejuízo, juros simples e compostos).

Esses são os principais conteúdos abordados nas provas de Matemática para concursos, aos quais os candidatos devem ficar atentos. Lembrando que nem todos eles são cobrados pelos editais.

Dicas para estudar Matemática para concursos públicos

De nada adianta somente conhecer os assuntos cobrados nas provas de Matemática dos certames e não saber como estudá-los, certo? Por isso, conheça algumas dicas úteis que devem ser colocadas em prática durante a fase de preparação do concurseiro:

Jamais tente aprender tudo de uma vez

Quando o assunto é Matemática para concurso, é preciso muita dedicação, um tempo considerável de estudo e paciência do candidato, principalmente se ele não tiver um bom domínio dessa matéria.

Por isso, mesmo que a data das provas esteja próxima, jamais tente aprender todos os conteúdos cobrados no edital de uma única vez, pois isso só vai te confundir ainda mais. Organização é essencial.

Consistência sempre

Para se alcançar o sucesso em qualquer área da vida, ter consistência é importantíssimo. E na hora de estudar Matemática para concursos, essa regra também vale e muito.

Estudar freneticamente durante um ou dois dias e só voltar a estudar essa matéria daqui a uma semana, não rola. Por isso, tenha constância em seu período de preparação para as provas do certame.

Cuidado com a exaustão mental

A Matemática é uma disciplina que exige bastante da nossa mente, já que os conteúdos, em sua maioria, exigem a máxima atenção e muito raciocínio. Por isso, o concurseiro deve ter cuidado com a exaustão mental, pois ela pode prejudicá-lo no dia a dia.

A dica aqui é estudar, de forma alternada, Matemática e outras matérias da área de Humanas, por exemplo. Dessa forma, a sua mente não vai sentir aquela incômoda sensação de esgotamento no final do dia.

Sem calculadora

O erro de milhares de concurseiros é estudar Matemática para concursos usando calculadora e confiando que na hora das provas vão conseguir se sair bem sem ela. Isso não existe. Na hora dos estudos, seja em casa ou no cursinho preparatório, não use calculadora.

Dessa forma, você vai se acostumar a fazer os cálculos matemáticos necessários da maneira certa e sem depender da calculadora. Por mais que ela traga mais praticidade e precisão, a sua mente pode ficar preguiçosa na hora de pensar. Sendo assim, lápis, borracha e papel na mão, combinado?

Crie uma rotina de estudos

Se você realmente deseja ser aprovado nas provas do certame, não deve estudar os assuntos de forma aleatória. Tenha organização e estabeleça uma rotina de estudos para cada semana.

Lembre-se de que nenhum conteúdo cobrado deve ser esquecido. Dessa forma, você não fica perdido na hora que for estudar Matemática para concursos. Crie um cronograma (realista) de estudos e mantenha o seu foco exclusivamente nele.

Matemática não se aprende lendo

Não que a teoria não seja importante, já que é preciso entendê-la antes de colocar tudo em prática. Mas o que não vale é ficar somente na leitura e não praticar. A regra é simples: é impossível aprender matemática lendo.

Dessa forma, treine bastante, faça os exercícios dos simulados e as questões dos concursos passados. Se for o caso, refaça tudo quantas vezes forem necessárias. Somente através da prática constante de exercícios é que se torna possível memorizar fórmulas e aplicá-las corretamente nas questões.

E aí, concurseiro, o que achou dos assuntos cobrados nas provas de Matemática para concursos e das nossas dicas? Siga todas elas à risca e boa sorte.

Leia também

você pode gostar também