Inteligência Lógico-Matemática: o que é e como desenvolvê-la no dia a dia

Ainda que pareça limitada aos cálculos matemáticos, essa habilidade permite noções amplas de observação, raciocínio lógico, organização e análise em diferentes circunstâncias.

A Inteligência Lógico-Matemática consiste na capacidade de manipular números e padrões lógicos através do raciocínio crítico. Neste sentido, envolve uma habilidade de analisar situações de forma abstrata, utilizando conceitos científicos para solucionar problemas ou acessar diferentes perspectivas.

Sobretudo, pessoas com essa habilidade têm maior facilidade para realizar cálculos, mas de um ponto de vista subjetivo tendem a ser mais analíticas. No geral, essa capacidade faz parte da Teoria das Inteligências Múltiplas, cunhada por Howard Gardner a partir da década de 1980.

Como a Inteligência Lógico-Matemática se manifesta?

Em primeiro lugar, a Inteligência Lógico-Matemática envolve um domínio de noções de quantidade e medidas específicas. Sendo assim, conseguem adivinhar a distância exata entre dois pontos e até mesmo se aproximar muito do peso de objetos simplesmente ao segurá-los.

Como consequência, conseguem entender melhor as noções relativas ao tempo, espaço, causa e efeito. Além de serem calculadoras humanas, realizando cálculos complexos mentalmente e em pouco tempo, conseguem interagir facilmente com as diferentes grandezas na natureza.

Outra característica interessante refere-se ao raciocínio lógico, pois pessoas com ampla Inteligência Lógico-Matemática tendem a encontrar soluções mais rápidas para os problemas no cotidiano. No geral, isso decorre da alta capacidade de raciocínio, oferecendo uma perspectiva mais ampla sobre os problemas.

Nesse caso, a habilidade com números e cálculos matemáticos também oferecem uma facilidade em estabelecer padrões, conexões e criar categorias a partir de diferentes elementos. Portanto, trabalham bem na organização de informações, muitas vezes com sistemas próprios.

Essa característica relacionada à organização e categorização permite que pessoas com a Inteligência Lógico-Matemática desenvolvida consigam ter bons desempenhos em jogos e desafios que envolvem raciocínio. Ainda que sejam expostos a muitos estímulos, conseguem trabalhar a absorção de informações de modo específico para encontrar respostas e caminhos novos.

Por fim, tendem a ter uma consciência mais ampla, porque lidam constantemente com a observação, controle e pensamento. Assim, conseguem compreender melhor os próprios erros, tendo uma conexão pessoal desenvolvida e um amplo autoconhecimento.

Como desenvolver essa habilidade?

A inteligência é uma habilidade adquirida, treinada e aperfeiçoada ao longo da vida. No caso da Inteligência Lógico-Matemática, estímulos como jogos de raciocínio lógico e cálculo são ferramentas interessantes para desenvolver essa capacidade.

Desde clássicos como o Sudoku ou xadrez até desafios mais atuais, o interessante é encontrar uma atividade lúdica e pedagógica.

A organização da rotina também estimula essa capacidade, pois demanda a capacidade de categorização e trabalha uma perspectiva mais ampla.

Comumente, o indivíduo precisa encaixar as atividades do cotidiano em caixas de tempo e administrar cada uma ao longo do dia. Desse modo, é comum criar mecanismos e técnicas próprias que se relacionam diretamente com a lógica e o raciocínio.

Atividades de lazer, como visitar museus e exposições, também ajudam nesse processo, porque trabalham diretamente com a análise e observação do indivíduo. Mais do que apreciar uma obra de arte, por exemplo, é interessante pensar em entender a composição, estudando a história e o autor.

No geral, ser um grande curioso e questionador permite que a pessoa entre em contato com outras experiências, perspectivas e informações. Assim, pode trabalhar a categorização, organização de informações e aprender no processo. Portanto, faça perguntas e interaja com pessoas que sabem mais do que você sobre diferentes áreas do conhecimento.

Leia também

você pode gostar também

5 truques para acelerar os estudos faltando 3 meses para a prova

Se você é um concurseiro que procura uma forma de acelerar os estudos para as provas do certame, conheça cinco truques infalíveis.

5 truques essenciais para planejar uma rotina mais saudável e feliz

Para que você consiga planejar uma rotina mais saudável e feliz, conheça cinco dicas de ouro e aumente suas chances de passar no concurso.

Estes 5 sinais indicam que você não está feliz com o relacionamento

Se você é um concurseiro que está envolvido em uma relação amorosa, conheça cinco sinais que indicam que não está feliz com ela.

Quantas horas devo estudar por dia para garantir bons resultados?

Conheça as variáveis que podem indicar o número de horas de estudo por dia, para garantir a aprovação do concurseiro.

7 hábitos para manter uma boa saúde mental durante os estudos

Conheça dicas incríveis sobre como o concurseiro pode manter uma boa saúde mental durante os estudos, para aumentar as chances de aprovação.

Estas 5 atitudes te ajudam a ter mais autoestima e ser mais feliz em 2022

Conheça cinco dicas valiosas que podem te ajudar a ter mais autoestima e ser mais feliz em 2022.