Existe um jeito certo para calibrar os pneus do carro? Aprenda agora

Todos os motoristas proprietários de veículos devem aprender a calibrar os pneus do carro, que deve ser feito de forma adequada para evitar problemas futuros.

Fazer a calibragem dos pneus com certa regularidade é essencial para manter o bom funcionamento do veículo. Por meio deste procedimento, o motorista pode diminuir o desgaste do conjunto, bem como quaisquer riscos de acidente na pista. É necessário, porém, entender que cada pneu possui uma calibragem específica; além disso, existe uma forma ideal de calibrar os pneus do carro.

Todos os motoristas devem aprender a realizar esta tarefa com base em seu topo de pneu, e isso inclui seguir o passo a passo. Assim, é importante saber como calibrar o pneu e entender a pressão correta para cada carro, seja na estrada, na cidade, com ou sem peso.

Quando calibrar os pneus?

Antes de mais nada, é essencial entender qual a frequência correta para fazer a calibragem, uma das maiores dúvidas dos cidadãos habilitados. Afinal, não basta saber o procedimento; também é preciso ter em mente quando ele deve ser feito.

Ao contrário do que muitos imaginam, saber a frequência de calibragem não é algo complicado. No geral, é recomendado que isso seja feito a cada 15 dias, em condições normais de uso do veículo. Em situações mais específicas, porém, este número pode mudar um pouco.

Veículos com pouco uso mensal, por exemplo, devem ter os pneus calibrados a cada 30 dias. Já os de circulação constante, o ideal é realizá-lo após 500 km rodados.

O jeito certo de calibrar os pneus do carro

Para se certificar de que a calibragem dos pneus foi feita da forma correta, basta se ater a quatro passos simples, mas indispensáveis no processo. Confira abaixo:

1. Faça a calibragem com os pneus frios

Esta é a informação mais básica a respeito deste procedimento. Para calibrar os pneus, eles devem estar frios, afinal, quanto maior a temperatura, maior será a pressão. Este problema pode influenciar diretamente na calibragem correta. Então, é recomendado que o veículo percorra uma pequena distância antes da calibragem.

Caso isso não seja possível, porém, basta acrescentar duas ou três libras em relação à pressão necessária.

2. Utilize a pressão ideal

Calibrar os pneus com periodicidade pode não adiantar muito sem saber qual a pressão correta a ser utilizada. Igualmente, essa informação é tão importante que não sabê-la pode gerar vários problemas, como direção pesada, desgaste prematuro dos pneus, instabilidade do veículo em curvas e outros.

Para entender mais sobre a pressão ideal, é necessário observar as recomendações do fabricante. Normalmente, elas estão disponíveis no manual do proprietário, na parte interna da porta do motorista ou na tampa do tanque de combustível.

3. Lembre-se do peso sendo carregado

Também no manual do proprietário, existem informações a respeito do peso carregado por um veículo. Ele deve ser levado em consideração durante a calibragem; caso o carro esteja sem carga, a pressão obviamente será menor do que seria com ocupantes ou bagagens, por exemplo.

Da mesma forma, é necessário verificar em qual dos pneus será preciso aumentar a pressão. Dependendo de onde o peso estiver localizado, é recomendado que se altere a pressão apenas nos dianteiros ou nos traseiros.

É comum que a pressão do pneu traseiro seja mais elevada do que a do dianteiro. Mesmo assim, a recomendação é que sejam colocadas duas ou três libras a mais nos traseiros, especialmente durante transporte de cargas.

4. Procedimento final

Após entender que os pneus devem ser calibrados enquanto frios, a pressão ideal para os pneus e tudo aquilo que foi recomendado, basta partir para o passo a passo. Também é recomendado que este procedimento seja feito em um posto não tão distante do local onde o motorista está. Confira:

  • Digite o número no visor do calibrador e acione o aparelho;
  • Retire a tampa da válvula do pneu;
  • Aperte a trava na ponta do calibrador, caso exista;
  • Encaixe a mangueira na válvula;
  • Aguarde o apito do equipamento, que deve indicar a pressão ideal;
  • Retorne a tampa da válvula para seu lugar.

Leia também

você pode gostar também

7 sinais de que você deveria mudar de profissão

Está insatisfeito com o seu atual emprego? Então conheça os sete sinais de que você deveria mudar de profissão e cogite uma transição de carreira.

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.