Estas 3 dicas te ajudam a tomar boas decisões e ser mais assertivo

Se você colocar em prática essas três dicas para tomar boas decisões e ser mais assertivo, a sua carreira profissional vai decolar.

É bastante provável que você já tenha se questionado sobre como é possível tomar boas decisões e ser mais assertivo na vida, certo? Isso é absolutamente natural. Tudo é uma questão de posicionamento, inteligência emocional e domínio de habilidades comportamentais. Por isso, elaboramos esse post que vai te dar três dicas de ouro sobre como tomar decisões mais assertivas no âmbito profissional e pessoal. Confere aí.

Leia também

Dicas estratégicas para você tomar boas decisões

1) Tenha em mente que você não sabe tudo

Por mais que muita gente por aí não acredite nessa teoria, é humanamente impossível saber tudo. Se você tiver em mente que os seus conhecimentos são limitados e que não é capaz de dominar todas as áreas do conhecimento, vai ter mais cautela em suas decisões do cotidiano.

O motivo é simples: quando conhecemos as nossas limitações intelectuais, a tendência é que pensemos bem mais antes de agir, principalmente quando não temos nenhum tipo de experiência em uma determinada atividade, por exemplo.

A nossa capacidade de tomar uma decisão assertiva está diretamente ligada ao nosso nível de conhecimento. Sendo assim, quando temos a consciência de que a nossa mente pode nos enganar (vez ou outra), geralmente tomamos decisões mais certeiras.

Saiba que é sempre possível aprender bastante com as outras pessoas ao seu redor. Por isso, seja uma pessoa receptiva ao aprendizado, para tomar boas decisões e ser mais assertivo.

Mesmo que você tenha algo de bom para ensinar (o que é extremamente bem-vindo), saiba reconhecer o momento certo de aprender. Somente dessa forma, as suas decisões poderão ser mais assertivas e benéficas para a sua carreira profissional.

2) Saiba aceitar as críticas

Outra das dicas sobre como tomar boas decisões e ser mais assertivo pode até ser difícil de ser colocada em prática, mas é fundamental que você consiga. Cometer erros faz parte da vida de todo ser humano. Por isso, ninguém pode “atirar a primeira pedra” por causa disso. Isso é um fato inquestionável.

A grande questão é que muitas pessoas não sabem aceitar as críticas que lhe são proferidas. Torcer o nariz por causa de uma crítica (que pode ser até construtiva) não vai deixar suas decisões mais certeiras. Mas se você passar a aceitá-las e fazer uma minuciosa análise delas, poderá aprender muito.

Vale destacar que o principal desafio para o ser humano não é acertar mais e sim errar menos. Quer queira quer não, os erros fazem parte da nossa vida. Mas para tomar boas decisões e ser mais assertivo em sua vida, é fundamental aceitar as críticas, por mais que seja algo complicado.

Se você analisar o teor da mensagem de uma determinada crítica recebida no trabalho, por exemplo, poderá perceber que, muitas vezes, o autor dela tinha toda razão. Sendo assim, jamais se ache inatingível ou o dono da verdade, pois nem sempre acertamos.

A dica aqui é não levar para o lado pessoal (ou se deixar ofender), mas aceitar a crítica com a máxima serenidade.

3) Não seja impulsivo

A nossa última dica sobre como tomar boas decisões e ser mais assertivo diz respeito à tão prejudicial impulsividade. Uma pessoa impulsiva de natureza, na maioria das vezes, costuma tomar decisões equivocadas, seja na vida pessoal ou no trabalho. E isso está longe de ser saudável.

Quando for tomar uma decisão (por mais corriqueira que possa ser), não se deixe levar pela impulsividade. Ou seja, pense duas ou mais vezes antes de agir. Se deixar levar pelo “calor” das emoções ou deixá-las falarem mais alto não é o mais recomendado. Em suma, agir antes e pensar depois pode sair bem caro para você.

Sabemos que não é fácil dominar a impulsividade diante de determinadas situações, principalmente se elas forem estressantes. Mas para tomar uma decisão certeira, você não deve ser uma pessoa impulsiva. Analise as consequências negativas que são oriundas da impulsividade e veja se elas valem a pena.

Para não ser impulsivo no dia a dia, vamos te dar duas dicas valiosas. A primeira é ter mais empatia pelos outros ao seu redor. Quando nos colocamos no lugar de uma outra pessoa e compreendemos suas emoções e sentimentos, a impulsividade some por completo. A segunda é exercitar a sua inteligência emocional. Conseguir dominar as emoções garante que as suas decisões poderão ser mais maduras e, sobretudo, sábias.

Viu como não é assim tão complicado tomar boas decisões e ser mais assertivo no dia a dia? Agora é deixar as dicas acima fazerem parte da sua vida e desfrutar dos benefícios.

Leia também


você pode gostar também

Estas 7 leis Bizarras já existiram no Brasil; a 5ª é surpreendente

As leis mais estranhas são de autoria das Câmaras Municipais de Vereadores pelo Brasil, onde costuma ter uma aprovação mais fácil.

9 livros emocionantes que vão te deixar inspirado e mais otimista

Precisa de um pouco mais de inspiração e otimismo na sua rotina de preparação para as provas do concurso? Conheça nove livros emocionantes.

Consegue responder? Veja as 5 adivinhas mais DIFÍCEIS do mundo

Se você gosta de desafios, uma boa maneira de se divertir e exercitar o raciocínio ao mesmo tempo é por meio de adivinhas difíceis.

9 coisas que você precisa fazer todo dia para ficar ainda mais inteligente

As coisas que você precisa fazer todo dia para ficar ainda mais inteligente envolvem mudanças na sua rotina para exercitar as habilidades associadas a essa capacidade.

Eleições 2022: posso votar de bermuda e chinelo?

De acordo com as questões estabelecidas pelo TSE, é preciso cumprir determinadas regras no dia de votação com relação às vestimentas. Descubra se é possível votar de bermuda, entre outros detalhes.

Precisa estudar o Código Civil? Advogada lista dicas que ajudam

O Código Civil é um dos conteúdos mais cobrados dentro da matéria de Direito Civil, que possui diversas ramificações.