Saiba como se tornar um Jovem Aprendiz da Caixa e receber R$ 954

O Programa Adolescente Aprendiz da Caixa Econômica Federal oferece remuneração mensal de R$ 954, mas existem regras específicas para se tornar Jovem Aprendiz na instituição.

Para aprender como se tornar um Jovem Aprendiz da Caixa e receber R$ 954 como remuneração mensal, deve-se conhecer mais sobre as carreiras dentro da instituição. Em primeiro lugar, o Programa Adolescente Aprendiz pretende promover a inclusão social dos jovens por meio da profissão.

Leia também

Sendo assim, estabelece como missão proporcionar os conhecimentos teóricos, mas também as informações práticas, para que o Jovem Aprendiz da Caixa tenha um bom desempenho profissional. Assim, pode-se adquirir novas habilidades, a serem desenvolvidas ao longo dos anos. Saiba mais a seguir:

Como se tornar um Jovem Aprendiz da Caixa?

O Programa Adolescente Aprendiz trabalha com a capacitação profissional do Jovem Aprendiz nos serviços bancários, assim como os administrativos. Além disso, estabelece como prioridade que a rotina no trabalho envolva práticas associadas à cidadania, para ensino dos valores éticos.

A contratação desses jovens acontece por meio de uma parceria da Caixa Econômica Federal com as Entidades Sem Fins Lucrativos. Mais especificamente, essas entidades são selecionadas através de uma Chamada Pública. Posteriormente, se tornam conveniadas com essa finalidade.

De acordo com a Lei de Aprendizagem, responsável por regular a modalidade de trabalho do Jovem Aprendiz no Brasil, essas instituições poderão ter entre 5% e 15% de estudantes empregados. Assim, evita-se que haja desigualdade na distribuição das vagas e oportunidades, mas também qualquer tipo de exploração indevida.

Para se tornar um Jovem Aprendiz da Caixa, deve-se atender aos seguintes critérios:

  • Possuir entre 15 anos incompletos e 17 anos completos;
  • Ter uma renda familiar per capita mensal de até 50% do salário mínimo vigente, ou seja, R$ 606 por pessoa;
  • Estar cursando, no mínimo, o 9º ano do Ensino Fundamental ou o equivalente na Educação Para Jovens e Adultos (EJA).

Entre os benefícios previstos no Programa Adolescente Aprendiz está a remuneração mensal de R$ 954. Ademais, é pago um auxílio-alimentação e vale-transporte, mas o Jovem Aprendiz também acessar às férias e possui uma contribuição mensal de 2% para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Para consultar quais são as Entidades Parceiras de Aprendizagem que permitem a contratação de jovens nessa iniciativa, acesse o site da Caixa Econômica. Em casos de dúvidas ou necessidade de suporte, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) da instituição, por meio do número 0800 726 0101.

Quais são os direitos do Jovem Aprendiz no país?

De acordo com a Lei de Aprendizagem, de nº 10,097 e aprovada em 19 de dezembro de 2000, o Jovem Aprendiz é uma categoria prevista na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Neste sentido, é caracterizado especificamente como um trabalhador que possui entre 14 e 18 anos de idade.

Sendo assim, qualquer trabalho para menores de 16 anos fora da condição de Jovem Aprendiz é proibida no Brasil. Portanto, considera-se como trabalho infantil, com punições previstas na legislação vigente do Código Penal.

Sobretudo, a Lei da Aprendizagem pretende proteger os direitos e a integridade dos adolescentes. Por isso, estabelece que o local de trabalho não pode ser prejudicial para a formação acadêmica, desenvolvimento físico, psíquico, moral e social. Além disso, a rotina de trabalho não pode impedir a frequência escolar.

Para isso, os contratos de aprendizagem devem ser escritos considerando essas normas, e também estabelecendo os compromissos da instituição com a formação profissional desse jovem. No entanto, o contrato não poderá ter um prazo superior a 2 anos de duração.

Leia também


você pode gostar também

Americanas abre mais de 460 vagas de emprego; veja cargos ofertados

As Lojas Americanas disponibilizam oportunidades de emprego para diversas cidades do Brasil; veja quais são as vagas e como se candidatar.

Santander abre mais de 450 vagas de emprego em diversos estados do país

As vagas de emprego no Santander contemplam profissionais em várias áreas de atuação, com destaque para Tecnologia.

Assaí Atacadista contrata: 380 vagas de emprego estão abertas pelo país

Oportunidades de contratação imediata são para profissionais de diversos níveis de escolaridade e abrangem estados de todas as regiões.

Portugal facilita visto para estrangeiros que buscam emprego no país

Facilitação nos processos de visto também valerá para os cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o que inclui o Brasil

SEST SENAT tem novas vagas abertas de emprego; veja cargos ofertados

As vagas de emprego no SEST SENAT estão espalhadas por vários estados brasileiros e contemplam profissionais em diversas áreas de atuação.

SineBahia: confira vagas de emprego para o dia 16/11

Vagas de emprego do SineBahia para Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Caetité e várias outras cidades.