Descubra para que realmente serve o furo que fica no cadeado

O furo no cadeado é um mistério para muita gente que desconhece as duas utilidades desse mecanismo e como ele auxilia o funcionamento do cadeado.

Você já deve ter reparado que existe um furo na parte de baixo do cadeado. Ele fica ao lado do encaixe da chave. Se nunca viu, pegue o objeto e observe. Aparentemente, esse pequeno orifício parece não servir para nada já que o segredo do cadeado está nas engrenagens que são destrancadas pela chave.

Mas o buraquinho tem uma utilidade muito importante e tem a ver, justamente, com as engrenagens. A verdade é que sem ele um cadeado pode não funcionar como realmente deveria. E não, ele não é uma forma de abertura alternativa. Veja na matéria abaixo para que serve o furo no cadeado.

Qual é a utilidade do furo no cadeado?

Descubra para que realmente serve o furo que fica no cadeado
Descubra para que realmente serve o furo que fica no cadeado. Foto: Pexels

Se você é curioso, já viu esse buraquinho e, com certeza, tentou enfiar um arame ou palitinho para ver o que acontecia. Mas não é assim que funciona. Assim como o furo na tampa da caneta, o do cadeado tem serventia. Os dois objetivos são:

  • Permitir lubrificação;
  • Fazer escoamento de água.

Para você entender melhor, primeiro, é preciso conhecer o funcionamento de um cadeado. Dentro desse objeto, existem pinos e molas que são responsáveis por travar o gancho. Eles são posicionados de forma a se encaixar nos dentes da chave. Quando essa é girada, eles ficam todos alinhados, liberando o gancho.

O mecanismo todo, assim como a carcaça do cadeado, é feito de metal. Assim como outras engrenagens, esse sistema precisa ser lubrificado para funcionar corretamente. Desse modo, a primeira utilidade do furo no cadeado é permitir que entre óleo no objeto para garantir que nenhuma peça irá desgastar ou travar.

O buraquinho serve ainda como uma espécie de ralo, deixando passar toda a água e sujeira que entra dentro do cadeado. Se você tem costume de trancar o portão de casa com um cadeado, sabe muito bem que o objeto fica suscetível a chuvas e poeira. Pense bem, o que aconteceria se a água da chuva não saísse de dentro do cadeado?

Possivelmente, você não conseguiria encaixar a chave ou, se conseguisse, não teria como virá-la, pois o mecanismo ficaria travado pela água. O mesmo serve para poeira e outras partículas que entram nele. Dessa maneira, o furo no cadeado garante que a água escoe e que a sujeira seja liberada.

Como lubrificar um cadeado corretamente?

Agora que você já sabe para que serve o furo no cadeado, vai ficar mais atento ao bom funcionamento dessa tranca. Se esse é um objeto que você usa com frequência, o ideal é fazer a lubrificação com espaços de três a seis meses. Assim, ele sempre continuará funcionando como se fosse novo.

Contudo, é necessário ter atenção ao realizar esse procedimento. Primeiro, você precisa ter um produto adequado. A marca de cadeados, Master Lock, chama atenção para não utilizar grafite seca ou lubrificante com silicone, pois podem atrapalhar o movimento das engrenagens. Com o produto correto, você deve:

  1. Aplicar apenas algumas gotas no furo do cadeado;
  2. Deixar que o liquido entre no interior da peça;
  3. Bater o objeto contra uma superfície para espalhar o produto e soltar as peças travadas;
  4. Encaixar e girar a chave algumas vezes.

Depois, limpe o excesso e deixe o cadeado secar naturalmente.

Leia também

você pode gostar também

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.

11 profissões que você nem sabia que já existiram

Conheça um pouco mais sobre as profissões que você nem sabia que já existiram e que só são relembradas em documentários da TV ou nos livros escolares.

Oscar 2023: lista completa de indicados e onde assistir cada filme

Você sempre foi fã das novidades do mundo do cinema? Então, conheça os filmes indicados ao Oscar 2023 e saiba onde assistir a cada um deles.

Mal ou mau: qual a diferença? Veja exemplos

Uma das maiores dificuldades dos falantes da língua portuguesa é descobrir quando usar corretamente os termos mau ou mal. Para sanar esta dúvida de uma vez por todas, confira algumas dicas para exercitar as palavras.

Recebeu uma multa que não é sua? Veja o que fazer e como recorrer

Se você foi multado, mas a pena foi aplicada de forma equivocada ou indevida, é possível entrar com recurso e regularizar a situação.

Tire estes aparelhos da tomada para Economizar Energia

Economizar energia elétrica pode ser mais simples do que se pensa; veja quais eletrônicos devem ficar fora da tomada.