Conheça 5 profissões para quem quer se aposentar mais cedo

As profissões que se aposentam cedo não são necessariamente atividades de grande risco, estando disponíveis tanto por meio de planejamento quanto pela aposentadoria especial.

O direito à aposentadoria é o sonho de todos os trabalhadores, principalmente quando se trata de profissões que permitem menor tempo de contribuição. No geral, são cargos que envolvem alguma espécie de risco ao trabalhador, permitindo que a exposição seja reduzida, mas considerando o período de atuação como suficientes para ter direito a esse benefício previdenciário.

Seja através da aposentadoria especial por tempo de contribuição ou através de planejamentos específicos, existem profissões que demandam somente 25 anos de contribuição, enquanto outras oferecem salários vantajosos para construção de uma previdência privada.

As mudanças causadas pela Reforma da Previdência atingem principalmente o tempo mínimo de contribuição, mas também oferecem mais flexibilidade aos profissionais liberais para o encerramento da carreira.

5 profissões que permitem se aposentar mais cedo

1) Modelo profissional

No mercado artístico da moda não existe uma regra de aposentadoria por idade, porque o encerramento da carreira depende do perfil de cada modelo e também do planejamento. Neste caso, é possível construir uma renda e uma reserva que permita aposentar aos 30 anos de idade, como aconteceu com a supermodelo Gisele Bundchen.

Sobretudo, deve-se considerar que a rotina de desfiles, publicidade, ensaios fotográficos, comerciais e viagens exige muito do corpo após certo período. Porém, a ascensão das redes sociais tem oferecido maior flexibilidade nos planos de carreira desses profissionais.

2) Bombeiros

No geral, essa profissão é considerada de baixo risco, mas permite aposentadoria após 25 anos de atividade. Comumente, começam a carreira ganhando cerca de R$ 1,8 mil, mas podem se aposentar com salários de até R$ 4,5 mil, dependendo da área de atuação.

Sendo assim, a área civil e militar possuem graus de exposição e demandas profissionais diferentes. Porém, os bombeiros militares são funcionários públicos concursados, mas em qualquer caso não há exigência de nível superior.

3) Atletas de alto rendimento

Os atletas de alto rendimento costumam ter um período máximo de atividade por conta do condicionamento físico, de modo que a carreira não costuma ultrapassar os 30 anos de idade em certas modalidades. Nesse caso, constroem condições de aposentadoria desde o início da carreira.

Porém, é comum que continuem trabalhando após o encerramento da carreira profissional, seja no ramo da publicidade quanto atuando como comentaristas esportivos. Além disso, alguns casos célebres entram para o empreendedorismo, tornando-se agentes ou empresários no ramo dos esportes.

4) Aeronautas

Esses profissionais têm direito à aposentadoria especial por conta da exposição à pressão atmosférica anormal, comum para comandantes de aeronaves, co-pilotos e comissárias de bordo. No entanto, trabalhadores que atuam com agentes nocivos, como óleo e ruído na área de mecânica das aeronaves também podem se aposentar mais cedo.

Nestes casos, a contribuição varia entre 20 e 30 anos, com planos de aposentadoria associados aos planos de carreira das principais linhas aéreas em atividade atualmente. Porém, os valores das aposentadorias variam de acordo com o cargo na aeronáutica.

5) Eletricistas

Por fim, outra profissão que permite solicitação de aposentadoria especial por tempo de contribuição envolve o contato direto com redes elétricas de alta tensão, tanto para instalação quanto para manutenção. Neste sentido, a profissão envolve riscos à saúde e integridade física, permitindo que o profissional contribua somente por 25 anos.

Leia também


você pode gostar também

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.

Concurso INSS: veja 5 dicas infalíveis para aplicar durante os estudos

As dicas infalíveis para aplicar durante os estudos do concurso INSS permitem que o concurseiro tenha mais organização nas etapas de aprendizagem e revisão do conteúdo.

Veja 5 coisas que você não pode colocar no seu currículo em 2022

Está procurando emprego? Saiba o que não colocar no currículo em 2022 e aumente as chances de ser convocado para uma entrevista.

5 profissões que pagam bem aos que desejam ter jornada de 20 horas semanais

Se você sempre sonhou em ter um alto salário mas sem trabalhar demais, conheça cinco profissões que pagam bem e trabalham pouco.

Profissões de Humanas: veja os 5 cargos mais bem pagos do Brasil

Sonha em começar uma carreira que paga um alto salário? Conheça cinco profissões de Humanas que podem transformar isso em realidade.