Confira quais são as 10 cidades mais caras do mundo para viver em 2022

As 10 cidades mais caras do mundo para viver em 2022 foram estabelecidas com base em um relatório que analisou o custo de vida global nas principais regiões.

Em primeiro lugar, estima-se que Nova York e Singapura lideram a lista de 10 cidades mais caras do mundo para viver em 2022. O ranking foi elencado com base no relatório da Economist Intelligence Unit (EIU), mas o sumário é a única parte aberta ao público. Portanto, quem quiser acessar a pesquisa completa precisa pagar o valor em dólares.

De acordo com os resultados gerais, a pesquisa de custo de vida mundial da instituições identificou uma disparada de 8,1% dos preços anualmente, em média. Para essa conclusão, foram analisadas as variações em 172 grandes cidades no mundo.

Além disso, o sumário elenca a Guerra na Ucrânia e os problemas contínuos na cadeia de suprimentos como motivos que impulsionaram esse aumento dos preços. Basicamente, as consequências desses eventos afetaram a produção e o comércio mundial.

Em especial, a EIU identificou que o litro da gasolina foi o produto com maior aumento e crescimento em maior velocidade. Segundo as informações oficiais, estima-se que houve um crescimento de 22% por ano, em média.

A quantia foi determinada com base na moeda local das regiões analisadas, mas também dos preços globais mais altos do petróleo. Saiba mais informações a seguir:

Quais são as 10 cidades mais caras do mundo para viver em 2022?

1. Nova York, nos Estados Unidos

Como citado anteriormente, Nova York e Cingapura estão empatadas no primeiro lugar das 10 cidades mais caras do mundo para viver em 2022. De acordo com o Expatistan, calculadora de custo de vida para comparação entre cidades do mundo todo, o valor estimado para uma única pessoa no mês é de, aproximadamente, 6,5 mil dólares.

Em conversão com a o câmbio mais recente, isso equivale a mais de R$ 33.847,45. Atualmente, Nova York é a cidade mais cara de se viver nos Estados Unidos, mas também na América do Norte.

2. Cingapura, no Sudeste Asiático

Cingapura, ou Singapura, é uma cidade-Estado localizada na parte sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático. Segundo os valores atualizados no Expatistan, o custo mensal de vida para uma única pessoa é de 10.582 dólares singapuriano. Em conversão, isso equivale a R$ 40.648,78.

3. Tel Aviv, em Israel

Tel Aviv, ou Telavive, é uma cidade localizada na costa israelense, no mar Mediterrâneo. De acordo com o Expatistan, o custo mensal de vida para uma única pessoa é de 11.932 shekel israelenses. Em conversão, isso equivale a 18 mil reais.

4. Hong Kong, no Japão

A ex-colônia britânica é um território autônomo localizado no sudeste da China. Neste sentido, possui mais de 7,4 milhões de habitantes. As informações do Expatistan preveem um custo mensal estimado para uma única pessoa de 48.761 dólares de Hong Kong, moeda oficial da região. Na conversão, isso equivale a 32,5 mil reais.

5. Los Angeles, nos Estados Unidos

A cosmopolita cidade estadunidense atrai diversos cidadãos do mundo inteiro pela indústria de cinema e entretenimento que se concentra na região. No entanto, o custo de vida mensal para uma única pessoa é de 4.014 dólares americanos, ou R$ 30,8 mil.

6. Genebra, na Suíça

Conhecida como sede das Nações Unidas, e também da Cruz Vermelha na Europa, estima-se que Genebra é o centro financeiro e diplomático do mundo inteiro. Porém, está também entre as cidades mais caras do mundo para viver em 2022.

Mais especificamente, a estimativa é que o custo de vida mensal para uma pessoa seja de 4.654 francos suíços, ou 25,7 mil reais. Ademais, Genebra é a cidade mais cara na Suíça e na Europa Ocidental para se viver.

7. Zurique, na Suíça

A cidade de Zurique é mundialmente conhecida como um centro bancário e financeiro das nações. Com população de 402.762, de acordo com o levantamento realizado pela Organização das Nações Unidas em 2017, estima-se que o custo de vida mensal para uma pessoa é de 4.171 francos suíços ou 23 mil reais, na conversão.

8. San Francisco, nos Estados Unidos

Localizado no norte da Califórnia, essa é uma cidade cercada pelo Oceano Pacífico, mas conhecido principalmente por conta da Baía de São Francisco. De acordo com o Expatistan, o custo de vida faz da região a segunda cidade mais cara nos Estados Unidos, com o gasto mensal estimado em 5.141 dólares, ou R$ 26,7 mil.

9. Paris, na França

A capital da França é uma das cidades mais populares pela relação com aspectos de cultura, gastronomia, moda e arte.

Entretanto, é também um dos destinos com custo de vida mais caro em relação às outras regiões da Europa Ocidental, com custo mensal estimado em 3.175 de euros. Na conversão, isso equivale a R$ 17,3 mil.

10. Copenhagen, na Dinamarca

Por fim, a última das 10 cidades mais caras do mundo para viver em 2022, de acordo com o relatório da Economist Intelligence Unit, é Copenhagen. A capital dinamarquesa possui um custo de vida mensal de 23.206 coroas norueguesas, ou 12 mil reais.

Leia também

você pode gostar também

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.

11 profissões que você nem sabia que já existiram

Conheça um pouco mais sobre as profissões que você nem sabia que já existiram e que só são relembradas em documentários da TV ou nos livros escolares.