Fundação Proteção – RS anuncia edital de seleção com salários de até R$ 4,2 mil

Processo seletivo Fundação Proteção do Rio Grande do Sul abre vagas para profissionais de diferentes níveis de escolaridade na área de enfermagem.

Foi divulgado o edital nº 01/2021 referente ao processo seletivo Fundação Proteção, que irá preencher sete vagas para profissionais de níveis técnico e superior. A contratação realizada pela Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul ocorrerá conforme as normas da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

A contratação dos profissionais se destina ao atendimento direto e presencial a pessoas em acolhimento institucional, que podem apresentar casos suspeitos ou confirmados da COVID-19. Dessa forma, fica vedada a contratação de profissionais que façam parte dos grupos de risco para a doença.

Processo seletivo Fundação Proteção: empregos em disputa

Em disputa, o processo seletivo está ofertando quatro vagas para Técnico em Enfermagem, com salário de R$ 2.831,83, e três vagas para Enfermeiro, com salário de R$ 4.269,09.

A jornada de trabalho para ambos os empregos será de 40 horas semanais e poderá se dar em regime de plantão.

Inscrições serão de forma presencial

As inscrições serão realizadas entre os dias 13 e 26 de outubro de 2021, das 08h45 às 11h45 e das 13h30 às 17h, de segunda a sexta-feira, de forma presencial na Sede Administrativa da Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul, que fica na Rua 7 de Setembro, nº 539, Centro Histórico, Porto Alegre – RS, andar térreo.

No ato de inscrição, o candidato deverá entregar cópias da documentação abaixo, que deverá estar em envelope devidamente identificado:

  • Ficha de inscrição preenchida, conforme modelo disponibilizado no Anexo II ou III;
  • Documento de identidade oficial com foto;
  • CPF, se não constar no documento de identidade;
  • Certificado de conclusão da escolaridade exigida;
  • Comprovante de inscrição em situação regular no COREN/RS;
  • Comprovantes dos títulos e/ou experiências para concorrer na avaliação.

Etapas do processo seletivo Fundação Proteção RS

A avaliação dos candidatos se dará por meio de prova de títulos, valendo até 20 pontos para o emprego de nível superior e até 8 pontos para o emprego de nível técnico.

Para ambos os empregos haverá pontuação para a experiência profissional, considerando o tempo de atuação na área em que concorre e/ou na área de Assistência Social.

Para Técnico em Enfermagem, será computado 1 ponto se o candidato estiver cursando a graduação em Enfermagem ou 2 pontos se já tiver concluído o curso.

Já para Enfermeiro, serão computados os cursos de doutorado, mestrado, especialização e/ou residência em enfermagem.

Critérios de desempate

Se houver empate na pontuação obtida por candidatos, terá preferência na ordem classificatória:

  1. Em caso de empate com estrangeiros, prevalecerá a nacionalidade brasileira nos termos do parágrafo único do art. 2º da Lei Complementar Estadual nº 13.763/2011;
  2. Com maior idade considerando ano, mês e dia;
  3. Com maior pontuação na avaliação de títulos e/ou experiência.

Caso persista o empate, será realizado sorteio público.

Outros detalhes sobre o processo seletivo Fundação Proteção

Para conferir o edital na íntegra, acesse o site da Fundação Proteção Especial (FPE) do Rio Grande do Sul. Caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em contato com a FPE pelo telefone (51) 3254-7178.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais