Concurso Telebras: edital retificado; remuneração de até R$ 8,7 mil

Concurso Telebras (Telecomunicações Brasileiras S.A.) anuncia 1.181 vagas, incluindo o cadastro reserva. Confira os cargos disponíveis.

Foi divulgada retificação ao edital nº 1/2021 referente ao concurso Telebras (Telecomunicações Brasileiras S.A.). As inscrições foram prorrogadas somente para o cargo de Técnico em Gestão de Telecomunicações – Ocupação: Assistente Técnico. Para disputar essa vagas, é necessário ter ensino médio técnico em Telecomunicações e registro no CRT ou CREA.

Ao todo, o concurso público da Telebras pretende preencher 1.181 vagas (considerando o cadastro reserva) para profissionais de níveis médio, técnico e superior. A lotação será em Brasília e Rio de Janeiro. O Cebraspe – Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos é a banca responsável pela execução.

Concurso Telebras: inscrições

As inscrições somente para o cargo mencionado (Técnico em Gestão de Telecomunicações – Ocupação: Assistente Técnico) custam R$ 70,00 (a mesma cobrada para todos os cargos de nível médio/técnico) e são realizadas via internet pelo site do Cebraspe até 18h do dia 21 de janeiro de 2022.

Para demais cargos, as inscrições ficaram abertas até 18h do dia 27 de dezembro de 2021, lembrando que os cargos de nível superior tiveram uma taxa de R$ 97,00 para os cargos de nível superior.

Todos os cargos do concurso Telebras

O concurso Telebras ofertaou um total de 1.181 vagas, sendo 9 vagas imediatas e 1.172 vagas para formação de cadastro reserva. Veja abaixo a distribuição dessas vagas:

Cargos de níveis médio e técnico

As vagas são para o cargo de Técnico em Gestão de Telecomunicações em duas áreas:

  • Assistente Administrativo: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir o ensino médio completo;
  • Assistente Técnico: cadastro reserva para Brasília e Rio de Janeiro. É necessário possuir curso técnico nas áreas de Telecomunicações, Eletrônica ou Eletrotécnica.

A remuneração é de R$ 3.305,23 para atuação em jornada de 40 horas semanais.

Cargos de nível superior

As oportunidades de nível superior são para o cargo de Especialista em Gestão de Telecomunicações, distribuídas nas seguintes áreas:

  • Advogado: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Analista de Tecnologia da Informação: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Analista superior/Administrativo: 1 vaga imediata + cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em Administração, Psicologia, Gestão de Recursos Humanos, Pedagogia, Arquivologia, Biblioteconomia, Economia, Contabilidade, Engenharia, Comunicação Social, Estatística, Marketing ou áreas correlatas;
  • Analista superior/Auditoria: 1 vaga imediata + cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em Administração, Contabilidade, Economia, Direito ou Engenharia;
  • Analista superior/Comercial: 1 vaga imediata + cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em qualquer área de formação;
  • Analista superior/Estatística: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Analista superior/Finanças: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em Administração, Contabilidade, Economia, Estatística, Engenharia;
  • Analista superior/Marketing: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em Comunicação Social, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Jornalismo e Marketing;
  • Analista superior/Psicologia: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Analista superior/Contador: 1 vaga imediata + cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Engenheiro Aeroespacial: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Engenheiro Civil: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação na área;
  • Engenheiro Eletricista ou Eletrônico: cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica ou Engenharia Eletrônica;
  • Engenheiro de Redes: 2 vagas + cadastro reserva para Brasília. É necessário possuir graduação em Engenharia de Redes de Comunicação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Computação ou Engenharia Elétrica;
  • Engenheiro de Telecomunicações: 3 vagas + cadastro reserva para Brasília e cadastro reserva para Rio de Janeiro. É necessário possuir graduação em Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Redes de Comunicação ou Engenharia Elétrica.

A remuneração é de R$ 8.766,57 para atuação em jornada de 40 horas semanais.

Como será a seleção dos candidatos?

Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva (para todos os cargos), prova discursiva (para os cargos de nível superior) e prova de títulos (para os cargos de nível superior). As provas escritas serão realizadas em Brasília e Rio de Janeiro, conforme opção da vaga.

A prova objetiva será composta por 120 questões, sendo 50 questões de Conhecimentos Básicos e 70 questões de Conhecimentos Específicos. Essa prova valerá no máximo 120 pontos.

As questões de Conhecimentos Específicos variam conforme o cargo em disputa e as questões de Conhecimentos Básicos envolverão as seguintes disciplinas:

Para os cargos de níveis médio e técnico:

  • Língua Portuguesa;
  • Ética na Administração Pública e Legislação;
  • Noções de Licitações e Contratos;
  • Noções de Informática.

Para os cargos de nível superior:

  • Língua Portuguesa;
  • Língua Inglesa;
  • Legislação Específica do Setor de Telecomunicações Brasileiro (exceto Advogado);
  • Ética na Administração Pública e Legislação;
  • Licitações e Contratos (exceto Advogado, Analista Superior/Administrativo e Analista de TI).

Os candidatos que tiverem prova discursiva, deverão redigir um texto dissertativo em até 30 linhas, envolvendo um tema de Conhecimentos Específicos, valendo até 10 pontos.

Já a prova de títulos valerá até 20 pontos, sendo computados os cursos de doutorado, mestrado, especialização e experiência profissional.

Critérios de desempate

Caso ocorra empate no somatório das notas obtidas por candidatos, serão adotados os seguintes critérios de preferência, nesta ordem:

  1. Candidato com idade igual ou superior a 60 anos até o último dia de inscrição no processo seletivo, conforme o disposto no Estatuto do Idoso;
  2. Candidato com a maior nota em Conhecimentos Específicos;
  3. Candidato com o maior número de acertos em Conhecimentos Específicos;
  4. Candidato com a maior nota em Conhecimentos Básicos;
  5. Candidato com a maior nota na prova discursiva, se houver;
  6. Candidato com a maior nota na avaliação de títulos, se houver;
  7. Candidato com a maior idade;
  8. Candidato que tiver exercido a função de jurado, conforme o art. 440 do Código de Processo Penal.

Edital completo e esclarecimento de dúvidas

O prazo de validade do concurso público é de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do seu resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, apenas uma vez.

Todas as informações do concurso Telebras estão disponíveis em seu edital, publicado no site do  Cebraspe. Caso você tenha alguma dúvida, entre em contato com a banca organizadora pelo telefone (61) 3448-0100 ou pelo e-mail [email protected]

Leia também

você pode gostar também