Concurso IBGE 2022: novo edital com 192 vagas; ganhos até R$ 4,2 mil

Concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística): publicado mais um edital para a contratação de temporários do Censo 2022.

Atenção, concurseiros, mais oportunidades de renda extra. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística liberou o edital nº 07/2022, com a abertura de 192 vagas temporárias para Agentes e Supervisores, com foco no Censo Demográfico de 2022. Esta nova edição do concurso IBGE está sob os cuidados do IDECAN.

O contrato para Agente Censitário de Pesquisas por Telefone terá uma vigência de até 5 meses, podendo ser prorrogado. Tudo dependerá das necessidades de conclusão das atividades do Censo e, claro, da disponibilidade de recursos orçamentários. Já o contrato com os Supervisores Censitários de Pesquisas e Codificação será durável por até 16 meses, podendo ser prorrogado, com base nas mesmas justificativas.

As retribuições do concurso IBGE chegam a R$ 4.200,00 e, além dessa renda mensal, os contratados terão direito a auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, férias e 13º salário proporcionais.

Concurso IBGE: vagas

Agente Censitário de Pesquisas por Telefone

  • Vagas: 180 no total, sendo 135 de ampla concorrência, 9 para pessoas com deficiência e 36 para candidatos pretos ou pardos;
  • Requisitos: nível médio completo e 1 ano de experiência em teleatendimento/telemarketing ativo ou receptivo nos últimos 5 anos;
  • Retribuição mensal: R$ 998,00, com jornada de 27 horas semanais.

Supervisor Censitário de Pesquisas e Codificação

  • Vagas: 12 no total, sendo 9 de ampla concorrência, 1 para pessoa com deficiência e 2 para candidatos pretos ou pardos;
  • Requisito: nível superior completo em qualquer área de formação;
  • Salário: R$ 4.200,00, com jornada de 40 horas semanais.

Como se inscrever no concurso IBGE

Para se inscrever no concurso IBGE, é necessário pagar uma taxa de R$ 20,00 (Agente Censitário de Pesquisas por Telefone) ou R$ 41,00 (Supervisor Censitário de Pesquisas e Codificação).

Os interessados precisam efetuar a inscrição no site do IDECAN, a partir das 10h do dia 10 de janeiro até 23h59 do dia 02 de fevereiro de 2022.

O edital completo está publicado no site da banca organizadora, indicado logo acima. Para quaisquer dúvidas, entre em contato com o IDECAN pelo e-mail processoibge@idecan.org.br ou pelo telefone 0800-878-2696.

Provas da seleção IBGE

As provas objetivas do concurso IBGE serão de múltipla escolha, tendo um caráter eliminatório e classificatório, para ambas as funções. A previsão é de que elas sejam aplicadas no município do Rio de Janeiro, provavelmente no dia 20 de março de 2022, das 13h às 17h. Os conteúdos cobrados serão estes:

Agente Censitário de Pesquisas por Telefone:

  • Língua Portuguesa – 25 questões;
  • Raciocínio Lógico – 10 questões;
  • Ética no Serviço Público – 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais – 20 questões.

Supervisor Censitário de Pesquisas e Codificação:

  • Língua Portuguesa – 15 questões;
  • Noções de Administração e Situações Gerenciais – 15 questões;
  • Noções de Informática – 5 questões;
  • Ética no Serviço Público – 5 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 20 questões.

O gabarito e o caderno de provas está previsto para ser divulgado no dia seguinte ao da aplicação. Após essa divulgação, os candidatos que se sentirem prejudicados poderão entrar com recursos, dentro do prazo especificado.

O prazo de validade do processo seletivo simplificado do IBGE será de 1 ano, contato a partir da assinatura do primeiro contrato, havendo possibilidade de prorrogação.

Censo Demográfico está atrasado

O IBGE está com outros certames em andamento, totalizando mais de 206 mil vagas temporárias abertas e superando a marca de 650 mil inscrições realizadas até o momento.

Os certames estão a cargo de duas outras bancas organizadoras: a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Leia aqui a íntegra da matéria.

O fato é que o Censo Demográfico está atrasado. Pela legislação vigente, o Censo deve ser realizado uma vez a cada década, periodicidade que já foi extrapolada, em decorrência da pandemia do coronavírus e da ausência de previsão orçamentária para realização do estudo ainda em 2021.

Defasados, os últimos dados populacionais brasileiros datam de 2010, quando foi realizada a pesquisa mais atual disponível. Decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a obrigatoriedade da realização do concurso e do Censo durante este ano.

Considerado a principal fonte de dados sobre a situação de vida da população brasileira, o Censo coleta informações relevantes para a definição de diversas políticas públicas em níveis municipal, estadual e nacional.

Leia também

você pode gostar também