Como saber se o emprego combina comigo? Veja 5 dicas que ajudam

Se você está pensando em uma transição de carreira ou se aperfeiçoando para o mercado de trabalho, conheça dicas sobre como saber se o emprego combina com o seu perfil.

Atualmente, existem profissões que oferecem salários acima da média e bastante demanda de trabalho para os profissionais mais capacitados. Mas uma dúvida que assola milhões de pessoas é: como saber se o emprego combina comigo?

Continue a leitura desse artigo que vai te mostrar cinco dicas úteis que podem te ajudar na escolha certa. Lembre-se de que vai precisar exercer o ofício escolhido durante muitos anos até se aposentar. Por isso, a decisão precisa ser bem pensada. Bora lá conferir?

Como saber se o emprego combina comigo?

1) Invista em autoconhecimento

Se a sua dúvida é “como saber se o emprego combina comigo”, a primeira coisa a se fazer é olhar com bastante carinho para o seu íntimo e fazer uma autoavaliação. Conhecer a fundo a si próprio é o principal alicerce de uma escolha com sabedoria da futura profissão.

Ninguém melhor do que você para compreender qual o seu estilo de vida, as coisas que gosta de fazer, o que lhe dá prazer em exercer e o que tem mais facilidade em realizar. Isso é fundamental antes de escolher uma área na qual pretende trabalhar.

Quando olhamos para dentro de nós, é possível eliminar diversas opções da lista de prováveis profissões que poderiam ser escolhidas erroneamente e manter o foco somente naquelas que podem combinar conosco. E esse processo de eliminação permite uma escolha mais assertiva de um determinado cargo.

2) Considere as perspectivas de emprego no futuro

Outra dica sobre “como saber se o emprego combina comigo” é fazer uma análise do mercado de trabalho. Muitas vezes, esse questionamento não deve ser o único a ser feito, já que outras variáveis também precisam ser levadas em consideração.

Mesmo que você tenha em mente algumas profissões, é preciso analisar as perspectivas de emprego no futuro e o potencial de crescimento delas no mercado, daqui alguns anos. Se você almeja uma carreira que possibilite alçar voos maiores, é preciso pensar nisso com calma.

Se você levar em consideração essas variáveis, certamente a sua escolha pode ser a ideal. Lembre-se de que algumas profissões podem estar com os dias contados e caírem na obsolescência, principalmente por causa dos avanços tecnológicos.

3) Como saber se o emprego combina comigo: Faça um teste vocacional

Essa ferramenta também pode ser eficaz na hora de saber a profissão que mais combina com o seu perfil, o que auxilia a eliminar algumas opções da sua lista de interesses. Se a indecisão tomou conta da sua mente sobre essa ou aquela área, não deixe de fazê-lo.

O teste vocacional leva em consideração os seus traços de personalidade, principais aptidões e gostos pessoais. Em vários casos, dependendo do tipo de teste vocacional aplicado, existe apenas a confirmação das opções de carreira que a pessoa já estava considerando anteriormente.

É conveniente lembrar que ninguém tem vocação para tudo. Algumas áreas você pode ter mais afinidade do que outras. Por isso, o teste vocacional pode ser de grande valia para quem ainda está inseguro em arriscar em uma determinada carreira, por mais que acredite que tenha afinidade.

4) Leve em consideração os seus interesses

Se a sua dúvida ainda é “como saber se o emprego combina comigo”, essa dica pode ajudar. É necessário levar em consideração os seus principais interesses profissionais, para filtrar as suas escolhas. Além disso, é preciso identificar o motivo dos seus interesses.

Dessa forma, é possível entender não só como você vai trabalhar, mas também com o que vai trabalhar, entende? Sendo assim, fica mais fácil ter uma noção dos prováveis obstáculos e desafios que irá enfrentar no dia a dia, bem como as vantagens de cada função.

Por exemplo, se você não nunca teve familiaridade com números, cálculos ou qualquer coisa que envolva Matemática ou Física, certamente a área de Exatas não é o seu forte e, muito menos, do seu interesse. Por isso, é necessário saber o que, de fato, te interessa.

5) Conheça o seu perfil profissional

Por fim, a última dica sobre como “como saber se o emprego combina comigo”. Existem profissões que demandam um determinado perfil que precisa ser compatível com o seu. Caso contrário, a sua escolha poderá não ser acertada.

Dessa forma, é preciso que você conheça (muito bem) o seu perfil profissional. Afinal de contas, não é toda profissão que uma pessoa leva jeito. Por exemplo, de nada adianta querer estudar Medicina se você não aguenta ver sangue ou não tem paciência para lidar com pessoas com problemas de saúde, certo?

Não é recomendado trabalhar na área da Tecnologia se você não tem o mínimo interesse em ficar antenado nas novidades desse ramo, que são praticamente diárias. Ou seja, o seu perfil precisa ser compatível com o da profissão escolhida.

Leia também

você pode gostar também

7 sinais de que você deveria mudar de profissão

Está insatisfeito com o seu atual emprego? Então conheça os sete sinais de que você deveria mudar de profissão e cogite uma transição de carreira.

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.