Como quitar dívidas e sair da inadimplência? Confira 7 dicas

Se você está no vermelho, fique de olho em nossas dicas sobre como quitar dívidas e sair da inadimplência.

O sonho da maioria das pessoas é ter as finanças sempre em ordem e o saldo positivo na conta bancária. Mas nem sempre isso é possível e, muitas vezes, o descontrole financeiro toma conta. Se você anda com a corda no pescoço e procura uma maneira de quitar dívidas e sair da inadimplência, continue a leitura desse artigo que traz sete dicas de ouro.

Veja dicas de como quitar suas dívidas

1) Organização orçamentária

Para que você consiga quitar dívidas e sair da inadimplência, a primeira coisa a se fazer é identificar os motivos do seu endividamento. Vale destacar que a maioria das dívidas são oriundas da negligência financeira, ou seja, o cidadão gasta mais do que ganha.

Para sair dessa incômoda situação, é preciso adquirir o hábito de controlar todos os seus gastos mensais. Uma boa dica é criar uma planilha de receitas e despesas, para que você consiga gerenciar o seu orçamento. Tendo um panorama geral da sua vida financeira, é possível encontrar alternativas viáveis para colocá-la em ordem.

2) Tente uma renegociação das dívidas de maior valor

Uma outra sugestão interessante para quitar dívidas e sair da inadimplência é tentar fazer uma renegociação dos débitos de valores mais altos (ou com maior incidência de juros) com os credores. Verifique a possibilidade de parcelar o valor total da dívida ou qualquer outra condição que seja justa e interessante para ambas as partes.

Mas vale salientar que toda renegociação de dívidas precisa ser pautada pela transparência e responsabilidade. Deixe bem claro as suas condições financeiras atuais e se comprometa em honrar com o que foi combinado, todos os meses. Caso contrário, vai virar outra bola de neve.

3) Corte os gastos supérfluos

Mais uma dica (que precisa ser seguida à risca) sobre como quitar dívidas e sair da inadimplência. Você sabe que sua vida financeira não está animadora, certo? Então, nada mais sensato do que eliminar todos as despesas desnecessárias do seu orçamento mensal.

A pizza de todas as noites, as idas frequentes ao cinema, o happy hour com os amigos depois do trabalho e aquelas comprinhas no shopping no intervalo do almoço. Tudo isso deve ser cortado da sua lista de despesas, pelo menos até você sair do vermelho. Pode ter certeza: será uma baita economia.

4) Busque uma outra fonte de renda

Você já cogitou a possibilidade de ter uma outra fonte de renda? Essa também pode ser uma solução eficaz para quitar dívidas e sair da inadimplência. Muitas vezes, na sua própria casa existem objetos que estão ocupando espaço à toa e que podem ser vendidos.

Mora sozinho em uma casa grande? Que tal alugar um dos quartos para estudantes universitários? Sabe tocar violão ou fala fluentemente outro idioma? É hora de ganhar dinheiro usando o seu talento. Pense nisso.

5) Estabeleça prioridades

Suponha que você tenha diferentes dívidas. Uma alternativa inteligente é eleger quais delas devem ser pagas primeiro. A dica aqui é sempre priorizar os débitos que têm juros mais altos e, claro, maiores valores.

Na maioria das vezes, a fatura do cartão de crédito é a campeã nesse quesito. Além disso, verifique a possibilidade de pagar as dívidas mais antigas, pois, na maioria das vezes, são mais fáceis de conseguir uma melhor negociação. Dessa forma, priorize sempre os pagamentos em atraso.

6) Estipule um limite de gastos mensal

Essa dica sobre como quitar dívidas e sair da inadimplência pode ser a mais complicada de ser seguida, principalmente se você for um gastador compulsivo. Para sair do vermelho definitivamente, é preciso estabelecer um limite de gastos mensal, querendo ou não.

Se você continuar gastando desenfreadamente (muitas vezes, sem necessidade) vai se enrolar ainda mais com suas finanças. Sendo assim, estipule um limite de gastos mensal e seja obediente a ele. Com um pouquinho de organização, dá para manter um bom equilíbrio.

7) Empréstimo para pagar dívida? Nem pensar

Muita gente, desesperada para sair do vermelho e respirar aliviada acaba recorrendo aos empréstimos para quitar suas dívidas antigas. Mas você jamais deve fazer isso. A contrair um empréstimo bancário, por exemplo, você assume uma dívida para quitar outra. E isso não tem coerência.

Por isso, para quitar dívidas e sair da inadimplência, evite pegar dinheiro emprestado com quem quer que seja. Pode até parecer uma solução viável em um primeiro momento. Mas lembre-se de que essa modalidade tem juros altíssimos que não valem a pena, se você colocar na ponta do lápis.

Leia também


você pode gostar também

Pagam bem: 5 profissões para quem não quer trabalhar com atendimento

Se você é uma pessoa introvertida e não gosta de lidar com público, conheça cinco profissões para quem não quer trabalhar com atendimento.

5 filmes da Netflix para se inspirar e ter motivação nos estudos

Se você anda meio sem inspiração para continuar estudando para as provas do concurso, conheça cinco filmes da Netflix que podem te motivar.

Concurso INSS: o que levar em conta na hora de estudar leis? Veja 5 dicas

Vai prestar o concurso INSS e precisa ser aprovado? Conheça cinco dicas incríveis sobre como estudar leis.

Conheça 7 tipos de aprendizagem e suas vantagens durante os estudos

Está começando a estudar para um concurso público? Conheça os sete tipos de aprendizagem e as vantagens de cada um deles.

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.