Casa Verde e Amarela: conheça 3 benefícios do programa habitacional

Através da regularização fundiária, a melhoria habitacional e a locação social, o programa Casa Verde e Amarela ampliou o acesso dos brasileiros de baixa renda à moradia no país.

A Casa Verde e Amarela é o novo programa assistencial de incentivo à habitação para os brasileiros em situação de vulnerabilidade social. Desenvolvido pelo Governo Federal como instrumento de combate ao déficit habitacional no país, a iniciativa reformulou e ampliou o antigo Minha Casa Minha Vida.

Leia também

Neste sentido, o programa garante aos brasileiros de baixa renda as menores taxas de juros da história no campo do crédito imobiliário para ampliar o acesso à moradia. Atualmente, as regiões Nordeste e Norte do Brasil possuem taxas de até 4,25%, enquanto as demais regiões chegam a ter juros de até 4,5% na negociação dos imóveis.

Em decorrência dessas condições, estima-se que 5 milhões de pessoas foram beneficiadas com a conquista da casa própria. Porém, a expectativa é entregar mais de 1,25 milhão de residências até 2022, com 1,1 mil casas sendo entregues por dia desde o lançamento do programa.

Quais são os benefícios da Casa Verde e Amarela?

Em primeiro lugar, a regularização fundiária e a melhoria habitacional são ações integradas ao programa Casa Verde e Amarela. Desse modo, pretendem promover às famílias de baixa renda no país o direito real sobre o lote adquirido para as famílias, garantindo maior segurança jurídica.

Além disso, a iniciativa reduz conflitos fundiários, ampliando o acesso dessas famílias ao crédito e também incentivando a formalização de empresas relacionadas ao aumento do atual patrimônio imobiliário brasileiro. No que diz respeito à melhoria habitacional, há ainda o projeto de reformar e ampliar imóveis para evitar a deterioração acelerada e a falta de estrutura.

Portanto, desde questões elétricas ou hidráulicas, até o adensamento excessivo dos moradores, o programa Casa Verde e Amarela garante condições básicas para habitação e moradia. Neste caso, há ainda a modalidade de locação social, um benefício que prevê a minimização do ônus excessivo com o aluguel.

Sendo assim, tem como base o caso de famílias que comprometem mais de 30% da renda mensal total para pagar o aluguel. Para auxiliar os brasileiros nessa situação, a locação social é pensada a partir do apoio à estruturação de parques públicos nos municípios e estados brasileiros especificamente para essa modalidade.

Ademais, há ainda o apoio à estruturação de parcerias entre o setor público e privado para garantir valores mais acessíveis no aluguel e também acordo para subsidiar a operação dessas políticas para o público atendido. Sobretudo, o Ministério do Desenvolvimento Regional e o Ministério da Economia são responsáveis pela execução desse benefício.

No total, estima-se que mais de 450 milhões de reais estão sendo investidos para a viabilização dessas iniciativas internas ao programa. Atualmente, os valores são provenientes de um financiamento do Fundo de Desenvolvimento Social.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Gás: o que é, a quem se destina, duração e valor do benefício

Fique por dentro de todas as particularidades que permeiam esse programa social criado pelo Governo Federal.

Pensão alimentícia: o que é, como funciona e dúvidas comuns

A pensão alimentícia é um dos temas que gera mais dúvidas em milhares de pessoas, além de ser bastante corriqueiro no direito de família. Entenda.

13º salário: quem recebe e o que diz a lei sobre a gratificação natalina

Esse benefício trabalhista, previsto na CLT, pode ser parcelado e deve ser pago a todos os trabalhadores que têm carteira assinada. Entenda mais.

Cartão Cidadão: o que é, a quem se destina e como criar a senha

Saiba como emitir o Cartão Cidadão, cadastrar a senha e a quem se destina esse importante documento.

Carnê-Leão 2022: o que é, como funciona e quem deve pagá-lo

Saiba o que é o Carnê-Leão 2022 e conheça todas as particularidades desse pagamento mensal.

Abono salarial PIS/Pasep 2022: como funciona, valores e quem tem direito

Saiba quem tem direito a receber o abono salarial PIS/Pasep 2022, os valores, requisitos e como serão os pagamentos desse benefício.