Adicional de R$ 150 do Bolsa Família deve ser pago em março, diz ministro

Famílias que recebem Bolsa Família e possuem crianças de até seis anos em sua composição terão um adicional de R$ 150 a partir de março. Saiba os detalhes.

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, informou que o adicional de R$ 150 do programa Bolsa Família será pago a partir do mês de março. Esse valor será destinado às famílias que possuam em sua composição crianças de até seis anos. Será possível acumular até duas parcelas extras por família.

O anúncio foi feito pelo novo ministro nesta quarta-feira, 11 de janeiro de 2023. Segundo ele, será necessário atualizar o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que é a base para identificar famílias que vão receber o benefício.

Vale salientar que o valor médio do benefício Bolsa Família é de R$ 600 em 2023. Dessa maneira, caso uma família tenha duas crianças ou mais de até seis anos de idade, poderá acumular o repasse de R$ 900 por mês.

Como vai funcionar o adicional de R$ 150 no Bolsa Família

Para receber a parcela extra, é preciso que a família já seja beneficiária do Bolsa Família. Dentre os requisitos, o principal é ter inscrição no CadÚnico com os dados atualizados. Além disso, será preciso estar incluído em um dos seguintes grupos:

  • Situação de extrema pobreza, que corresponde à renda mensal per capita de até R$ 105;
  • Situação de pobreza, com renda mensal per capita que varia de R$ 105 a R$ 210;
  • Regra de emancipação, com renda mensal per capita de até R$ 252,00.

Caso esteja incluído no Bolsa Família, poderá garantir o adicional de R$ 150. É importante salientar que o valor será repassado de maneira automática, com base nos dados do CadÚnico.

Essa quantia extra é destinada ao público infantil, contemplando crianças de até seis anos de idade, e será cumulativa. Os novos repasses devem entrar em vigor em março deste ano. O programa será gerenciado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, sob liderança do ministro Wellington Dias.

Segundo ele, a parcela extra deve ser liberada apenas em março, pois será criado um censo especial que irá catalogar as famílias com crianças beneficiárias de até seis anos em sua composição. A ideia é mapear os cadastros de maneira correta para evitar pagamentos indevidos.

Além disso, uma série de mudanças podem ser feitas nos requisitos de elegibilidade. O plano do governo é retornar com as exigências básicas do programa Bolsa Família na manutenção de saúde e educação dos beneficiários. Entre os critérios, podem ser exigidos exames de pré-natal para mulheres gestantes, cartão de vacinação e comprovante escolar para as crianças cadastradas.

Os dados dos atuais beneficiários do Bolsa Família também estão sendo avaliados. Segundo o ministro responsável, há 10 milhões de famílias que apresentam indícios de irregularidades no Cadastro Único. Dessa maneira, todas essas informações serão analisadas para excluir pessoas inelegíveis e adicionar outras com direito ao auxílio.

Calendário Bolsa Família para o mês de janeiro de 2023

A Caixa Econômica Federal já confirmou as datas dos pagamentos do Bolsa Família que serão repassados durante todo o ano de 2023. Como de praxe, os beneficiários são escalonados conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Confira o calendário completo do Bolsa Família para o mês de janeiro:

  • Beneficiário com NIS de final 1: 18 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 2: 19 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 3: 20 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 4: 23 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 5: 24 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 6: 25 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 7: 26 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 8: 27 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 9: 30 de janeiro de 2023;
  • Beneficiário com NIS de final 0: 31 de janeiro de 2023.

Para saber se está incluído na próxima rodada de pagamentos, é possível realizar consulta no aplicativo do Auxílio Brasil, disponível para Android e iOS.

Calendário de pagamentos do Auxílio Brasil em 2023, Calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2023
Calendário de pagamentos do Bolsa Família / Auxílio Brasil em 2023 – Imagem: Ministério da Cidadania

Leia também

você pode gostar também

Auxílio Gás terá sua primeira parcela de 2023 em fevereiro; confira o valor

O pagamento do Auxílio Gás, benefício destinado às famílias de baixa renda, ocorre a cada dois meses. A primeira parcela deste ano será paga em fevereiro.

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.

Calendário Bolsa Família de Janeiro: veja todas as datas

O valor médio do Bolsa Família atualmente é de R$ 614,21; veja quem vai receber o pagamento nesta quinta-feira.

Aposentadoria INSS: veja quem terá as parcelas ainda nesta semana

Além da aposentadoria, o INSS também paga auxílio-doença e pensão aos segurados; confira o calendário de janeiro a seguir.

Prova de Vida: INSS terá 10 meses para provar que segurado está vivo

Saiu uma portaria que regulamenta os novos procedimentos necessários para realizar a prova de vida do INSS dos segurados.

Extrato da aposentadoria do INSS já pode ser consultado via app

Benefício recebeu reajuste, consequência da alta do salário mínimo, que passou a vigorar no começo de 2023.