13º salário: 2ª parcela deve ser paga até esta terça (20); saiba calcular o valor

É importante que os trabalhadores fiquem atentos, pois a segunda parcela do 13º salário deve ser paga até amanhã. Leia e confira como calcular o valor a ser recebido.

A espera para receber o pagamento da segunda parcela do 13º salário já vai chegar ao fim. Isso porque a cota do benefício deve ser paga pelas empresas até esta terça-feira, dia 20 de dezembro de 2022.

Vale destacar que o prazo para recebimento da primeira parcela teve seu encerramento no último dia 30 de novembro. Além disso, o tão aguardado dinheiro extra por muitos brasileiros contará com descontos de Imposto de Renda e de INSS na segunda parcela.

Em suma, aproximadamente 85,5 milhões de brasileiros receberão o 13º salário neste ano. Veja a seguir como funciona o pagamento do benefício e como calcular a segunda parcela.

Como é feito o pagamento do 13º salário?

O 13º salário é um benefício concedido a todos os trabalhadores de carteira assinada. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), neste ano, o pagamento desse abono conseguirá injetar na economia brasileira aproximadamente R$ 249,8 bilhões.

Para a realização do cálculo do pagamento do 13º salário em 2022, é preciso realizar o agrupamento de dados através dos seguintes sistemas: Relação Anual de Informações Sociais (Rais), Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PnadC) e Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

Ainda, deve-se levar em conta que, diferentemente da primeira parcela, a segunda parcela do décimo terceiro salário sofre com desconto do INSS e Imposto de Renda.

Como calcular a segunda parcela do 13º?

Para a realização do cálculo da segunda parcela do 13º salário, em primeiro momento você deve calcular o desconto do INSS, pois esse valor é necessário para posteriormente saber o desconto do Imposto de Renda.

Para calcular o desconto do INSS e o valor do 13º proporcional, você deve utilizar o último salário bruto recebido, isto é, relativo ao mês de novembro ou proporcional aos meses trabalhados. Depois, basta dividir o valor do salário bruto por 12 e multiplicar o resultado pelo número de meses trabalhados,

Caso você tenha recebido um aumento entre o pagamento da primeira parcela e o da segunda, todo o reajuste virá no pagamento da segunda parcela. É importante deixar claro que o desconto do INSS teve alterações no ano passado e passou a seguir uma tabela progressiva, que tem alíquotas que variam entre 7,5%, 9%, 12% ou 14% sobre o valor do salário bruto ou proporcional aos meses trabalhados, de acordo com a faixa salarial.

Por exemplo: quem recebe o piso (1.212) terá 7,5% do valor descontado. Além disso, para terminar o cálculo da segunda parcela do 13º salário, basta subtrair o desconto do INSS do salário bruto. O resultado obtido servirá para calcular o valor do desconto do Imposto de Renda.

Por fim, o valor do desconto de Imposto de Renda pode ser entre 0% a 27,5% sobre o salário bruto ou proporcional aos meses em que o trabalhador atuou, descontando INSS segundo a faixa salarial do imposto estabelecida.

Ainda, além das deduções por faixa salarial, existe também o desconto por dependente no Imposto de Renda no valor de R$ 189,59.

Leia também

você pode gostar também

Governo vai realizar pente-fino no Bolsa Família

O pente-fino do Bolsa Família é uma manobra do novo governo para incluir novos grupos necessitados no sistema de pagamentos do benefício social.

Saque-aniversário FGTS já está liberado para novo grupo

Com o início de mais um mês, os trabalhadores que optarem pela modalidade do Saque-Aniversário devem ficar atentos aos prazos de liberação e novos grupos considerados elegíveis.

BPC tem critério de renda: veja como calcular e saber se você tem direito

O Benefício de Prestação Continuada é um programa assistencial da Previdência Social. No entanto, existem critérios de renda que os brasileiros devem atender para ter direito aos pagamentos mensais.

Consulta do abono PIS/Pasep será liberada na próxima semana

Os beneficiários do abono PIS/Pasep devem ficar atentos ao cronograma do benefício, que será liberado para consulta na próxima semana.

Como consultar o Auxílio Gás de fevereiro? Veja se você tem direito

O Auxílio Gás dos Brasileiros é um programa de transferência de renda para atender os brasileiros de baixa renda. A consulta está disponível para os beneficiários que tem direito aos pagamentos de fevereiro.

Inscrição no CadÚnico dá acesso a 15 benefícios federais; veja quais são

A inscrição no CadÚnico é essencial para garantir alguns benefícios do Governo Federal. Confira quais são eles.