Empréstimo BPC é liberado pelo governo; veja como aderir neste mês

Uma nova linha de empréstimo para pessoas de baixa renda já começou a valer em outubro e contempla os beneficiários do BPC.

O governo federal liberou 12 bancos a realizarem o empréstimo BPC (Benefício de Prestação Continuada) no formato consignado. Entre as instituições financeiras participantes, estão a Caixa Econômica Federal, a Crefisa e o Banco Safra. A linha de crédito começa a valer nesta segunda-feira (10/10).

Leia também

A medida integra o Programa Renda e Oportunidade que tem como objetivo incentivar a economia do país e a entrada de mais pessoas no mercado de trabalho. O financiamento especial é uma forma de evitar a inadimplência, já que o pagamento é feito automaticamente por meio de descontos do benefício.

Como aderir ao empréstimo BPC?

empréstimo BPC, empréstimo consignado bpc
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

De acordo com o Ministério da Cidadania, responsável pelo programa, a contratação dos valores é opcional. O titular do BPC poderá solicitar empréstimo a partir de outubro diretamente com a instituição financeira parceira. A Lei 14.431/2022 informa que o crédito deve ter parcelas que equivalham a até 40% do benefício.

Seguindo a regra estabelecida, a parcela máxima deve ser de R$ 484,80 sobre os R$ 1.212 do Benefício de Prestação Continuada em 2022. Diferentemente de outras tipos de financiamento, o empréstimo BPC não requer que o contratante vá ao banco efetivar o pagamento das parcelas.

Isso porque o valor das parcelas será descontado automaticamente do benefício todos os meses até o fim do contrato. A medida determina ainda que esse período máximo deve ser de, no máximo, 24 meses. Ou seja, o pagamento das parcelas precisa ser quitado em até dois anos.

Por ser uma modalidade que abrange pessoas de baixa renda, o empréstimo consignado BPC conta com juros mais baixos. A Portaria n° 816 estabelece taxas limitadas em até 3,5% ao mês. Cada banco poderá escolher e/ou negociar o quanto vai cobrar, desde que não exceda esse percentual.

O Ministério da Cidadania informou ainda que, para solicitar o dinheiro, será necessário responder perguntas sobre a capacidade de administrar o financiamento e outros conhecimentos do tema. Após fazer a contratação do crédito, quantia financiada entra na mesma conta em que o titular recebe o benefício em até dois dias úteis.

Empréstimo do BPC pode mudar em 2023

Como o benefício equivale a um salário mínimo vigente, é possível que haja um reajuste nas parcelas e também no limite autorizado de financiamento. A projeção para 2023, é de que o BPC suba para R$ 1.284,71 considerando um aumento de 6% na inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Como o empréstimo BPC no formato consignado é limitado a 40%, as parcelas descontadas devem passar a ser de R$ 513,88 por mês. No entanto, esses valores são apenas estimativas e podem sofrer alteração. O governo federal deve divulgar as quantias oficiais em janeiro do próximo ano.

Quem tem direito ao BPC?

Para ter acesso ao empréstimo BPC, primeiro é preciso ter direito ao benefício. O pagamento é feito pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para quem tem renda familiar de até 1/4 do salário mínimo por pessoa. Outro requisito é ter inscrição ativa no CadÚnico, com os dados atualizados.

Além disso, é preciso ser pertencente a um dos dois grupos:

  • Idoso com idade a partir de 65 anos; ou
  • Pessoa com Deficiência (PcD) em qualquer faixa etária.

No caso do segundo grupo, o Ministério da Cidadania informa que deve ser feita perícia médica pelo INSS para comprovação de deficiência física, mental, intelectual ou sensorial que cause impedimentos a longo prazo.

Leia também


você pode gostar também

Tarifa Social de Energia: confira as faixas de desconto do benefício

A Tarifa Social de Energia oferece isenções ou descontos na conta de luz para cidadãos que se enquadrem em seus requisitos. Confira quais são.

Novo pente-fino do Auxílio Brasil poderá ser realizado em 2023

Com a transição de governo em 2023, um novo pente-fino do Auxílio Brasil poderá ser realizado para a adequação dos planos do presidente eleito nas últimas eleições.

BPC: saiba quando crianças podem ter acesso às parcelas de R$ 1,2 mil

As crianças podem ter acesso às parcelas do BPC, desde que cumpram alguns critérios de elegibilidade. Confira quais são.

BPC de novembro ainda terá 7 saques; veja calendário completo

Pagamentos do BPC de novembro continuam sendo realizados pelo INSS. Benefício paga um salário mínimo.

O que pode servir como prova de vida do INSS a partir de 2023?

O INSS começará a utilizar as bases de dados públicos para realizar a Prova de Vida. Veja o que servirá para efetivar o procedimento.

PEC da Transição prevê Bolsa Família de R$ 600 e adicional de R$ 150 em 2023

Novo governo espera que PEC de Transição seja aprovada o quanto antes para garantir pagamentos do Bolsa Família de R$ 600 e outras despesas.