Calendário INSS Setembro: 11 saques ainda serão liberados; veja datas

O calendário do INSS é dividido entre segurados que recebem o valor do piso nacional e aqueles que recebem acima dele.

O INSS continua fazendo os pagamentos do mês-base de setembro para aposentados, pensionistas e inscritos no BPC. Nesta sexta-feira (30/09), houve a liberação do benefícios para aqueles que recebem um salário mínimo e possuem o dígito 5 como penúltimo algarismo do NB (Número de Beneficiário).

Leia também

Ao todo, contando com esta sexta, 11 saques ainda serão liberados. Vale lembrar que o calendário INSS leva em conta o penúltimo dígito do cartão de benefício, ou número final, sem considerar o último dígito verificador; ou seja, aquele que aparece depois do traço.

Os pagamentos deste mês foram iniciados na última segunda-feira (26/09) e devem ir até o dia 7 de outubro. Atualmente, mais de 36 milhões de pessoas possuem direito aos benefícios do INSS.

Dentre elas, mais de 60% recebem valores acima de um salário mínimo. Quem recebe o piso nacional ganha parcelas de R$ 1.212 mensalmente, quantidade atualizada desde 1º de janeiro de 2022.

Neste sentido, por questões previstas em lei, tanto as aposentadorias quanto benefícios como auxílio-reclusão, doença ou pensão por morte pagas pelo instituto não podem ser inferiores a um salário mínimo.

No caso dos pensionistas e aposentados recebendo valores acima do piso nacional, os valores sofreram um reajuste de 10,16% na remuneração. Deste modo, o teto passou de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22.

Calendário INSS: mês-base de setembro

É essencial manter em mente que o calendário de pagamentos é organizado com base no penúltimo dígito do cartão de benefício do segurado. Os cidadãos vinculados ao INSS são divididos em dez grupos ao longo do mês, recebendo seus valores em datas específicas para cada lote.

No caso dos beneficiários que recebem mais de um salário mínimo, estes ficam divididos em um calendário de cinco datas, contemplando dois números por vez.

Neste mês, segurados recebendo o piso nacional devem ficar atentos às próximas datas:

  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 5: 30 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 6: 3 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 7: 4 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 8: 5 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 9: 6 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 0: 7 de outubro de 2022.

Já no caso dos que recebem parcelas com valores acima de um salário mínimo, as datas são as seguintes:

  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 1 ou 6: 03 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 2 ou 7: 04 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 3 ou 8: 05 de outubro de 2022
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 4 ou 9: 06 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do Número de Beneficiário 5 ou 0: 07 de outubro de 2022.
Calendário INSS 2022
Calendário INSS 2022. Foto: Divulgação / INSS

Como consultar o benefício do INSS?

Todos os pagamentos do INSS ocorrem em um período de 15 dias após a data de liberação do benefício para os segurados, desde que atendam aos critérios de elegibilidade. A consulta pode ser feita por meio do telefone 135, que funciona de segunda a sábado, entre 7h e 22h.

Igualmente, é possível verificar os valores por meio do site do Meu INSS, ou pelo aplicativo, disponível para sistemas iOS e Android. Para acessá-los, só é necessário fazer o login ou cadastro por meio do Gov.br.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil dobrado em dezembro: veja quem pode receber até R$ 1,2 mil

Auxílio Brasil dobrado em dezembro é uma possibilidade para pessoas que cumprirem regras específicas do programa.

BPC bloqueado ou suspenso? Saiba como reativar o benefício de R$ 1,2 mil

Falta de atualização cadastral é um dos principais motivos para o bloqueio do benefício, pago a um grupo específico de contribuintes previdenciários.

Aposentadoria: saiba quem tem direito ao adicional de 25% no valor

Alguns aposentados do INSS têm direito a receber um adicional de 25% no valor de seus benefícios mensais. Veja como funciona essa regra.

BPC: saiba se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria

Por ter natureza assistencial, o BPC gera algumas dúvidas em seus beneficiários. Uma delas é se o benefício pode ser acumulado com aposentadoria. Se você também tem essa dúvida, confira neste texto a resposta.

Minha Casa Minha Vida: comissão aprova projeto para renegociação de dívidas

O objetivo do projeto é oferecer aos beneficiários a oportunidade de regularizar sua situação com descontos sobre multas e juros moratórios. Descubra neste texto o que falta para o projeto virar lei.

Salário-Maternidade Urbano do INSS: veja regras oficiais e como solicitar

Benefício é cedido a pessoas que precisam se afastar do trabalho ao completarem uma gestação e em outras situações como adoção, por exemplo.